sexta-feira, 24 de junho de 2011

INFORMATIVO Nº 096 /2011/CBLP /ALB/ Ano 04-ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL SEÇÃO-MINAS GERAIS 33-ROBERTO CARVALHO Escritor Imortal na ALB-MG

INFORMATIVO Nº 096 /2011/CBLP /ALB/ Ano 04
Sílvia Araújo Motta/PhI-Diretoria de Relações Institucionais/DRI/ALB
Presidente “pro tempore” da ALB-MG: De 21-09-2010 a 23-08-2011.
----------------------------------------------------------------------------------
Prof. Dr. Mário Roberto Carabajal Lopes PhD-PhI–
Fundador-Presidente Nacional e Internacional da ALB/CONFALB
--------------------------------------------*--------------------------------------
Miguel Máximo Angels Robles Tejad –PhI-CAUSAS IMORTAIS-
Patrono Internacional da Academia de Letras do Brasil
*1922: Venezuela - † 12-Mar-2001: Boa Vista / Roraima / Brasil.
--------------------------------------------*--------------------------------------
ALB - Primeira Academia Mundial da Ordem de Platão Organização
Cultural Politicamente Ativa
Instituição Internacional de Cultura –CNPJ - 04.749.257/0001-00
Brasília, Distrito Federal – http://www.academialetrasbrasil.org.br
---------------------------------------------*---------------------------------------

QUARENTA MEMBROS EMPOSSADOS NA ACADEMIA DE LETRAS
DO BRASIL-SECCIONAL ESTADUAL DE MINAS GERAIS-ALB-MG-
DIA 23-AGO-2011 Recepção às 18 horas.Início da Solenidade: 18h30min
------------------------------------------------------------------
ALB-MG:PATRONO MINEIRO: AFONSO PENA
____________________***___________________

ALEA JACTA EST- SPENS MENS IN SEMINE.
____________________***___________________

ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL
SEÇÃO-MINAS GERAIS

33-ROBERTO CARVALHO
Escritor Imortal na ALB-MG

PATRONO: ARY BARROSO

Vice-prefeito de Belo Horizonte, reconhecido como uma das mais expressivas lideranças do Partido dos Trabalhadores em Minas Gerais, Roberto Carvalho iniciou cedo a participação política, tendo como bandeira de luta a defesa da educação. Integrante, em Minas, do grupo que fundou o Partido dos Trabalhadores, nasceu em Ubá. Formado em administração de empresas .Veio para Belo Horizonte, em 1972, quando começou a atuar em movimentos jovens em igrejas, em especial no bairro Caetano Furquim. Naquela época, marcou presença no Movimento Justiça e Não-Violência. Dedicou-se também à retomada do sindicalismo, na década de 80, tendo sido presidente do Sindicato dos Servidores do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), além de vice-presidente da Federação das Associações dos Servidores Públicos de Minas Gerais (Faspemig). Foi fundador e presidente da Coordenação Sindical dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Minas Gerais e da Central Única dos Trabalhadores (CUT-MG).A militância sindical deu-lhe notoriedade na defesa dos interesses populares e abriu o caminho para a Câmara dos Vereadores. Em 1988, Roberto Carvalho elegeu-se vereador em Belo Horizonte, sendo o mais votado da capital mineira. Juntamente com Patrus Ananias, então colega de bancada, foi co-autor do projeto que extinguiu a Caixinha dos Vereadores, acabando com a aposentadoria de parlamentares com apenas oito anos de mandato. Foi eleito deputado estadual em 1990, sendo autor de projetos relevantes para o Estado. Um deles foi a criação do Conselho Deliberativo Metropolitano, com o objetivo de facilitar a integração dos municípios da região metropolitana de Belo Horizonte. Outra luta de Roberto foi a conclusão do Centro Metropolitano de Especialidades Médicas, que ficou pronto em 2006. Ainda na área da saúde, Roberto trabalhou para o saneamento da Santa Casa e do Hospital da Baleia. No caso da Santa Casa, no auge da crise, com a instituição ameaçada de fechamento, Roberto criou na Assembléia uma comissão especial para discutir os problemas da entidade e propor soluções. Com a ação conjunta entre Prefeitura, governo do Estado e União, a crise foi superada. Foi o idealizador do Projeto Maioral, uma iniciativa que promove a integração entre pessoas da terceira idade por meio da valorização da vida e da cidadania. Hoje, existem 126 grupos envolvidos no projeto, somente em Belo Horizonte. Aliás, uma das características da ação parlamentar de Roberto Carvalho é o estreito relacionamento que sempre manteve com os movimentos sociais.
Na administração do prefeito Patrus Ananias, assumiu a Secretaria Municipal de Esportes (1995-1997). Chegou à presidência do PT de Belo Horizonte numa chapa histórica, sendo eleito por unanimidade. Exerceu três mandatos como deputado estadual. Além de vice-prefeito, Roberto Carvalho foi designado pelo prefeito Marcio Lacerda para coordenar os assuntos referentes à Região Metropolitana de Belo Horizonte e um projeto inovador de qualificação profissional.
O Vice-Prefeito de Belo Horizonte, Roberto Carvalho, revela sua alma poética e lança seu primeiro livro, Partilha, em que reúne cem poemas escritos ao longo de sua trajetória política e cultural. O lançamento será no Museu de Artes e Ofícios, no dia 30 de novembro de 2010 às 19h.É com a necessidade de partilhar sentimentos, angústias e sonhos de um mundo melhor que o vice-prefeito de Belo Horizonte e ex-deputado estadual Roberto Carvalho estréia no universo literário.

Um dos LIVROS PUBLICADOS:

PARTILHA-RABISCOS DA ALMA E DO CORAÇÃO.
Produção:Branco Monteiro
Catalogação dos Poemas: Ana Paula Castro
Prefácio de Fernando Antônio Fagundes Reis
Procurador da Justiça de MG e
Prof Universitário.
Orelha:Ângelo Oswaldo.
Nov-2009.
Autor: Roberto Carvalho-
Administração de Empresas
Vice-Prefeito de Belo Horizonte.
-*-
Resumo:
O lançamento de Partilha aconteceu no dia 30 de novembro de 2010, às 19h, no Museu de Artes e Ofícios, na Praça da Estação. Catalogação: Ana Paula Castro. Capa; Roberto Carvalho.Preço: R$ 25,00. –Produção: Branco Monteiro.
* Toda a renda arrecadada com a venda do livro revertida para a Associação São Vicente de Paulo


--------------*--------------