domingo, 10 de julho de 2011

CLÉRIO (JOSÉ) BORGES (DE SANT ´ANNA)-GALERIA DOS ESCRITORES IMORTAIS DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL-SECCIONAL ESTADUAL MINAS GERAIS-ALB-MG -MEMBRO CORRESPONDENTE -VITÓRIA -ES


ESCRITOR IMORTAL
CLÉRIO BORGES-ES
MEMBRO CORRESPONDENTE  ALB-MG 
----------------------







---***---




-----------------


CLÉRIO (JOSÉ) BORGES (DE SANT ´ANNA)

Historiador, Escritor, Poeta Trovador Capixaba.
CLÉRIO BORGES : PRESIDENTE-FUNDADOR DO CLUBE DOS TROVADORES CAPIXABAS-ES,
Formou-se Técnico de Contabilidade.
É Escrivão de Polícia Civil desde 28 de março de 1975, tendo recebido as Medalhas de Bronze, Prata e Ouro, por 30 anos de serviços prestados a Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.
1-MEMBRO EFETIVO DA ACADEMIA DE LETRAS DA SERRA-ALEAS-SERRA
2-PRESIDENTE –FUNDADOR DO CLUBE DOS TROVADORES CAPIXABAS-CTC-ES
3-SÓCIO DO INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DO ESPÍRITO SANTO-IHGES-VITÓRIA/ES.
4-ACADÊMICO DA ACADEMIA DE LETRAS HUMBERTO DE CAMPOS” –VILA VELHA,ES.
5-ASSOCIAÇÃO DA FEDERAÇÃO BRASILEIRA SDE ENTIDADES TROVISTAS, FEBETY-RIO DE JANEIRO, RJ.
6-CÃMARA SDE LITERATURA DO CONSELHO ESTADUAL DE CULTURA DO ES, 1989 A 2002.
7-CONSELHEIRO TITULAR DA CÃMARA DE LITERATURA DO CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA DA SERRA, DESDE A FUNDAÇÃO EM 1998 A 2009.
8-CIDADÃO SERRANO, TÍTULO CONFERIDO PELA CÃMARA MUNICIPÁL DA SERRA, EM 26/DEZ/1994.
9)SENADOR DA CULTURA DO CONGRESSO DASOCIEDADE DE CULTURA LATINA DO BRASIL, MOGI DAS CRUZES, SP, REPRESENTANDO O ESPÍRITO SANTO.10-MEMBRE D´HONNEUR DO CLUB DÊS INTELLECTUELS FRANÇAIS, Nº 101, PARIS, FRANÇA.Como jornalista, já trabalhou nos jornais A Tribuna e O Diário, de Vitória, ES.Também atuou como professor nos Colégios: Agenor de Souza Lee, de Vila Velha; Comercial Brasil de Cobilândia; Instituto Educacional Rio Doce, de Santo Antônio; Colégio Clóvis Borges Miguel, da Serra e Instituto de Educação, da Praia de Santa Helena, em Vitória.Foi Conselheiro Titular do Conselho Estadual de Cultura do Espírito Santo, durante cinco anos, de 04/01/1989 a 18/02/1993, onde foi eleito e atuou como Secretário e Vice-presidente do CEC-ES.
Após 18/02/1993 e até o ano 2000, passou a pertencer à Câmara de Literatura do referido Conselho, CEC-ES.
Editou o jornal alternativo Beija-flor e o Jornal dos Trovadores.Organizou os “Seminários Nacionais da Trova”, realizados anualmente em Julho, de 1981 ao ano 2000, no Espírito Santo. Publicou onze livros.

Literatura de Cordel.

Um dos LIVROS PUBLICADOS:

HISTÓRIA DA SERRA-Serra-ES
Editora CTC-2008.
História
200p.
Autor: Clério José Borges-Jornalista-Trovador

--------------*--------------



---------------*-------------



---**---


---***---


---***---


---***---


---***---


---***---


---***---

Foto 1: Acadêmico Imortal, Clério José Borges sendo cumprimentado pelo Dr. Mário Carabajal, Presidente Nacional Fundador da ALB - Academia de Letras do Brasil no momento em que recebia a Medalha Afonso Pena, sob o olhar da Acadêmica Imortal Silvia de Lourdes Araújo Motta. Foto 2 - Clério mostrando a Medalha Afonso Pena que foi recebida do Presidente, Dr. Mário Carabajal e que lhe foi colocada por asua esposa Zenaide.



Foto 3: Clério José Borges recebendo de sua esposa Zenaide a Medalha Afonso Pena, na Sede do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais. Foto 4: Clério José Borges com Zenaide Emília Thomes Borges, no dia 23 de Agosto de 2011, mostrando a Medalha Afonso Pena. Nas duas fotos aparece atrás, o Dr. Mário Carabajal, Presidente Nacional Fundador da Academia de Letras do Brasil, ALB

---***---


Foto 5 e Foto 6: Público presente no evento realizado na Sede do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, na Rua Guajajaras 1268, (sobreloja), Belo Horizonte, Minas Gerais, no dia 23 de Agosto de 2011. Auditório lotado. Mesa presidida pelo Dr. Mário Carabajal, Presidente Nacional Fundador da ALB - Academia de Letras do Brasil e com a coordenação geral da Acadêmica Sílvia de Lourdes Araújo Motta

---***---

Belo Horizonte, MG, dia 23 de Agosto de 2011 - Em solenidade presidida pelo Dr. Mário Carabajal, Presidente Nacional Fundador da ALB - Academia de Letras do Brasil e com a coordenação geral da Acadêmica Sílvia de Lourdes Araújo Motta, Escritora, Poeta, Doutora em Filosofia Universal, Cadeira 2 (dois) de Minas Gerais, Presidente “pro tempore” da ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL-ALB de MINAS GERAIS, realizada na sede do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, na Rua Guajajaras 1268, (sobreloja), Belo Horizonte, Minas Gerais, receberam a Medalha do Mérito Cultural AFONSO PENA e foram empossados como Acadêmicos Imortais, seguidores de Platão, os Escritores Capixabas, CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT ANNA e KÁTIA MARIA BOBBIO LIMA, respectivamente Presidente e Vice Presidente do CTC, Clube dos Poetas Trovadores Capixabas. A solenidade que foi muito bem organizada contou com a Diplomação de mais 38 Acadêmicos Imortais entre as quais a premiadíssima Escritora de Minas Gerais, Zeni de Barros Lana. No evento duas brilhantes apresentações musicais, inclusive a do Coral Luís de Camões, (Foto abaixo) que foi aplaudido de pé por todos os presentes.
FONTE:
http://www.clerioborges.com.br/academiabelohorizonte.html


---***---


---***---



---***---






NOTÍCIA DO WEB SITE "BH EVENTOS" - A Academia de Letras do Brasil (ALB), seção Minas Gerais, realizou na noite de ontem (23), solenidade de instalação e posse dos seus escritores imortais em Belo Horizonte. O evento ocorreu no Auditório do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, e contou com a participação de 40 acadêmicos, entre eles desembargadores e administradores, que se prepararam para receber os diplomas e medalhas, bem como o Escritor Capixaba e Presidente do Clube dos Trovadores Capixabas, CTC, Clério José Borges e a Escritora Cordelista do Espírito Santo, Kátia Bobbio. A solenidade também contou com a presença do coral Luís de Camões e a banda de música da Polícia Militar de Minas Gerais.
Presente em todo o território nacional e mais 13 países, a ALB existe há 34 anos e surgiu como o objetivo de estimular a literatura entre as pessoas e, também, despertar a consciência política da sociedade. O presidente nacional da Academia, Mário Carabajal Lopes, explica que “a Academia tem uma participação politicamente ativa. Nossa contribuição vai desde oferecer espaço para novos autores a criar projetos que visem a erradicação da pobreza, a melhoria na educação, apoio à diversidade cultural entre outros”, disse.

FONTE:
http://www.blogger.com/post-edit.g?blogID=3369552356276991450&postID=1391762005039141063