sábado, 6 de agosto de 2011

POSSE DO GOVERNADOR -ESCRITOR/HISTORIADOR DE MG - FALTAM 18 DIAS PARA A SOLENIDADE DE INSTALAÇÃO E POSSE DOS ESCRITORES IMORTAIS EM BH. - Acróstico para Anais da ALB-MG nº 3813



 ANTONIO AUGUSTO JUNHO ANASTASIA
EXCELENTÍSSIMO GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS
CAD. 01-IHGMG-PATRONO JOÃO PINHEIRO
------------------------------------------------------

DR. JORGE LASMAR
PRESIDENTE DO INSTITUTO HISTÓRICO E 
GEOGRÁFICO DE MINAS GERAIS
----------------------------

Governador Anastasia recebendo os comprimento do professor Jorge Lasmar
Créditos da Foto e reportagem: Wellington Pedro/ImprensaMG
BELO HORIZONTE (06/08/11) - O governadorAntonio Anastasia tomou posse, neste sábado (6), como Associado Efetivo e Presidente de Honra do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais (IHG-MG). O governador ocupará, de maneira vitalícia, a cadeira nº 1, que teve como primeiro ocupante o presidente do Estado de Minas Gerais, João Pinheiro, em 1907. O último a ocupá-la foi seu neto, Paulo Emílio Nelson de Senna. O instituto mantém 100 cadeiras de associados.
Antonio Anastasia foi condecorado com a MedalhaJoão Pinheiro, honraria instituída pelo instituto em 1960, em comemoração ao centenário de nascimento de João Pinheiro. O governador recebeu também a Medalha Comemorativa ao Centenário do IHG-MG, celebrado em 2007.
Participaram da solenidade o presidente do instituto, professor Jorge Lasmar; os presidentes eméritos Marco Aurélio Baggio e Fernando Antônio Xavier Brandão; o presidente benemérito, professor Hebert Sardinha Pinto; a esposa de Paulo Emílio Nelson de Senna, Maria Letícia Nelson de Senna; o superintendente do Ministério da Fazenda em Minas, Eugênio Ferraz; a secretária de Cultura Eliane Parreiras; o chefe do Gabinete Militar do Governador, coronel Luis Carlos Martins, e demais membros do Instituto e autoridades políticas.
O Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais (IHG-MG) reúne pessoas interessadas em preservar e cultivar a memória mineira. Estuda, pesquisa e divulga assuntos sobre história, geografia, geologia, arqueologia, antropologia, sociologia, paleontologia, heráldica, genealogia, medalhística, indigenismo e estatística.
Fonte:
---------------------------------------------
DR. MARCO AURÉLIO BAGGIO
ORADOR QUE FARÁ A SAUDAÇÃO AO  EMPOSSANDO
---------------------------

DISCURSO DE DR. MARCO AURÉLIO BAGGIO:

                                               ANASTASIA

DISCURSO DE SAUDAÇÃO AO GOVERNADOR ANTÔNIO AUGUSTO JUNHO ANASTASIA PELA POSSE NA CADEIRA DE NÚMERO UM DO INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE MINAS GERAIS.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROFESSOR JORGE LASMAR, DIGNÍSSIMO PRESIDENTE DO IHGMG.

ELEVADAS AUTORIDADES PRESENTES.

DISTINTOS COLEGAS ASSOCIADOS DO IHGMG.

SELETOS CONVIDADOS

SENHORAS E SENHORES.

BOM DIA,

É com alegria que eu, Marco Aurélio Baggio, orador oficial desta Casa de Cultura saúdo o Governador Antônio Augusto Junho Anastásia ao assumir a cadeira de número um de nossa colenda instituição, cujo patrono é o primeiro Presidente desta casa, o estadista João Pinheiro da Silva.
        Ás vésperas de comemorar os 104 anos de existência, a mais vetusta instituição cultural do Estado de Minas Gerais recebe a honra  e a distinção de acolher em seus quadros como membro efetivo este homem de cultura que governa nosso Estado.
        Desde a gestão do Governador Aécio Neves, Antônio Anastásia demonstra particular carinho e interesse por nosso sodalício. Revelou desde então seu particular pendor de homem que valoriza e cultiva a História, a Geografia e as  inúmeras manifestações dos costumes que vicejam em nosso território.

Chefe não é para arrecadar vantagens mas  para emendar o defeituoso.

        Antônio Augusto Junho Anastásia é belo-horizontino, advogado doutor em Direito, professor de administração pública. Tem por lema  e dístico, identificar-se como sendo servidor público. Professor arguto, tornou-se administrador da coisa pública, passando por sucessivos cargos tais como: Presidente da Fundação João Pinheiro, Secretário de Estado da Cultura, Secretário de Estado de Defesa Social, entre outros. 
Numa trajetória de crescente competência, Anastásia foi Coordenador do Programa do   Governo de Aécio Neves, quando criou e acionou o Choque de Gestão na administração das coisas públicas estaduais, saneando as finanças, induzindo a melhoria da qualidade do gasto público e colocando Minas na vanguarda para obter financiamentos e investimentos produtivos.

Eleito Vice-Governador em 2006, assumiu a coordenação do Programa Estado para Resultados que tanto êxito trouxe para  a administração pública em Minas. A partir de janeiro de 2011, Anastasia governa Minas Gerais com o discernimento de que governar é fazer rodar, equilibrados e em harmonia, dezenas de pratos ou de itens que implica a moderna governança.           
        Sabemos que o estado mineiro lastreia sua economia em 34% de seu PIB com a atividade agropecuária e a silvícultura.No entanto, sabe o Governador que a riqueza de um povo é constituída pela atividade industrial. É a industria o carro- chefe, o motor, a locomotiva que transforma insumos em toda ordem de produtos de utilidade, dotados de mais elevados valores agregados. Por sua vez, a atividade industrial é consequência da educação e da pesquisa autóctone, que fundamenta a capacidade produtiva de um povo.
        Desde Juscelino Kubitschek como Governador, implementando o binômio ENERGIA E TRANSPORTE, a partir de 1950, Minas Gerais caminhou para a industrialização. É a industria mineira que sustenta e faz expandir o terceiro setor, a área nobre dos SERVIÇOS, responsável pela maioria dos empregos em nossa sociedade.
        Água da COPASA, energia da CEMIG e da GASMIG, estradas e telecomunicações, se juntam à um povo ordeiro e operoso para fundamentar a expansão de nossos parques industriais, hoje bem disseminados pelas várias Minas, pelas distintas regiões do Estado.

        Com a casa arrumada na novíssima CIDADE ADMINISTRATIVA, assessorado por um corpo seleto de secretários e de funcionários de carreira, gozando de boa sustentação legislativa e de elevado prestígio junto ao poder judiciário, o Governador Anastasia saiu pelo mundo afora, do Japão à Alemanha, na busca de ampliar e consolidar investimentos industriais de qualidade para gerar riqueza, renda e emprego para nosso povo.
        Com sua simpatia de homem tranqüilo, que sabe apontar seu intelecto e seu empenho para aquilo que faz acontecer e frutificar a partir da liderança que exerce sobre nosso Estado,     Anastasia injeta um novo ânimo e expande nosso orgulho de sermos mineiros, cada vez mais inseridos no cenário internacional de relações.
        Sabe nosso Governador que é a consolidação e a construção do parque industrial mineiro o meio e o veículo incisivo de promoção e de fomento do desenvolvimento econômico. Este é a base de criação de riqueza imprescindível para melhorar o índice de desenvolvimento humano- IDH - de nossa gente.

Diante da ameaça do dragão chinês de provocar a desindustrialização no Ocidente, Anastasia posta-se como baluarte dos melhores interesses de Minas.

        Homem dotado de inteligência arguta e desassombrada, o Governador Antônio Anastasia acaba de propor o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado  (PMDI) – 2011 2030, como a ambiciosa terceira geração do Choque de Gestão, agora denominado
Gestão para a Cidadania.  

Ali naquel´horinha – meu senhor – foi que eu lambi idéia de como ás vezes devia de ser bom ter grande poder de mandar em todos, fazer a massa do mundo rodar e cumprir os desejos bons da gente. GSV.  P. 287


Meus caros amigos, prezados confrades: o senado da elite intelectual mineira que é nosso Instituto Histórico e Geográfico, engalana-se de justo orgulho,  ao receber, aqui hoje, um cidadão dotado dos muitos atributos que nele convivem e se harmonizam.
Servidor publico, gestor pioneiro moderno da complexa coisa publica, Antônio Augusto Anastásia é um polímata, um metieta, um ginasta capaz de manter funcionando em sintonia as dezenas de engrenagens que constituem o Estado moderno.
        Anastásia é o primeiro Governador de Minas a torna-se sócio efetivo de nosso silogéu. Vem somar-se ás trezentos e trinta e sete das mais expressivas inteligências e personalidades mineiras que constituem os quadros de nossa egrégora, nestes 104 anos de vida.
        A cadeira número um, até recentemente ocupada por nosso querido Paulo Emilio Nelson de Sena, tem como patrono João Pinheiro da Silva. Agora ocupada por vossa excelência, Governador Anastásia, fica esta cadeira fundante reservada a governantes que se alçam á estatura de ESTADISTAS.
       
É no junto  do que  sabe bem, que a gente aprende o melhor...p. 361

Senhor Governador, esse nosso  mundo é muita doidera e pouca razão.

Tanta gente – dá susto se saber – e nenhum se sossega: todos nascendo, crescendo, se casando, querendo colocação de emprego, comida, saúde, riqueza, ser importante, querendo chuva e negócios bons...
                        JGR- Grande sertão: veredas, p. 31

Ao descrever os catrumanos do Sucruiu, o grande sábio mineiro profetizou, há 55 anos atrás, o que se tornaria grande parte do povo brasileiro:

E  de repente aqueles homens podiam ser montão, montoeira, aos milhares mís e centos milhentos, vinham-se desentocando e formando, do brenhal, enchiam os caminhos todos, tomavam conta das cidades. Como é que iam saber ter poder de serem bons, com regra e conformidade, mesmo que quisessem ser? Nem achavam capacidade disso. Haviam de querer usufruir depressa de todas coisas boas que vissem, haviam de uivar e desatinar.Ah, e bebiam, seguro que bebiam as cachaças inteirinhas da Januária.  GSV. p. 406

Cabe a todos nós ir descascando esse feio mundo morrinhento. Mesmo por que, todos, de todos somos garantia. P.175
 Sim, senhor Governador, porque todos percebemos e intuímos, com Guimarães Rosa que:

- aí foi que eu pensei o inferno feio deste mundo: que nele não se pode ver a força carregando nas costas a justiça, e o alto poder existindo só para os braços da maior bondade.  GSV. p.406

Por isso, para vencer justo, o senhor não olhe e nem veja o inimigo, volte para sua obrigação. GSV. p. 521

Sim porque comandante é preciso, para aliviar os aflitos, para salvar a idéia da gente de perturbações desconformes.GSV.  p.102

Colega Antônio Augusto, se assim posso chama-lo, o guia mor de sabedoria em nossa nacionalidade, o psicopompo João Guimarães Rosa nos indica:

Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende.

E nos oferece a suprema diretriz de comandamento político:

Por que é que todos não se reúnem, para sofrer e vencer juntos de uma vez? GSV.  p. 326

Senhor novo associado Governador Anastásia, a Casa de João Pinheiro, paladina da alta cultura, é o lugar adequado para abrigar a sede da Historiografia mineira, o único espaço capaz de empreender a avaliação oficial do desempenho histórico dos diferentes governantes mineiros.     
Senhor Governador, é praxe que Institutos Históricos e Geográficos recebam benesses de lúcidos governantes, a exemplo do Instituto Histórico e Geográfico do Ceará, em boa hora instalado em adequado monumento arquitetônico em Fortaleza. Igualmente, o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro recebeu por dotação, sua portentosa sede na Praça Paris, na cidade do Rio de Janeiro.
È com esse espírito que os membros e a Diretoria do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais postulam a transferência de sua sede para o Corredor Cultural da Praça da Liberdade, tendo em vista a recente desocupação do Palacete Dantas, casa impregnada de sólidas tradições históricas.
Sabemos que é  o  conhecimento das coisas tal como elas são, a cultura enfim, o cimento que junge, articula e soluciona os componentes em diversidade e em incompatibilidades que vicejam em uma sociedade.
É a cultura de nossa sociedade que possui o poder pontífice para suplantar nossos conflitos e compassar nossos anseios.
Sabemos que governar é prever e prover para as futuras gerações.
Neste momento em que Minas e o Brasil, por seus méritos próprios duramente aprendidos, sobrenadam por sobre a avassaladora circunstância de que povos e países, em todo mundo, gastaram mais do que produziram, temos certeza e confiança de que, a partir de hoje, possamos empreender decisões de elevado cunho político, seguindo os preceitos que nortearam o menino adamantino:
Seja ligeiro e certo.
E que, com a maturidade, se tornaram o lema do Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira:
Pra frente é que se anda.

Senhor Governador Antonio Augusto Junho Anastásia, o exercício do poder é para fazer acontecer o bom, o belo, o justo e o benfazejo. Mais uma vez, é um prosoema do sábio Guimarães Rosa que bem articula os paradoxos do exercício da governança:

Ser chefe – por fora um pouquinho amarga; mas, por dentro, é rosinhas flores. GSV.  p.100   

Senhor Presidente Jorge Lasmar,
Distintas Autoridades,
Senhoras e Senhores,

É com jubilo que recebemos o novo associado, Governador Antônio Augusto Junho Anastásia para engrandecer nosso cenáculo.
Saúde e paz
Corações ao alto
Obrigado.
Marco Aurélio Baggio, cadeira número dez.
 Patrono Presidente Antônio Carlos Ribeiro de Andrada.

 Belo Horizonte, 6 de Agosto de 2011.
        -*-
Sobre Doutor Marco Aurélio Baggio:


 Prezado amigo
 Pequeno estudo sobre  a cultura e o poder em G. Rosa
Cordialmente
 
Dr. Marco Aurélio Baggio
Psiquiatra, escritor
Membro da Academia Mineira de Medicina
Presidente Emérito do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais
Ex-presidente da Arcádia-MG. Do Instituto Mineiro de História da Medicina.
Membro da Faleng, da Abrames e da UBE-RJ
Hoorário da Sociedade Eça de Queirós do RJ.
Presidente da SOBRAMES

-----------------------



FALTAM 18  DIAS PARA A SOLENIDADE DE INSTALAÇÃO E POSSE DOS ESCRITORES IMORTAIS EM BH, NA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL-SEÇÃO MINAS GERAIS
-
Acróstico para Anais da ALB-MG nº 3813
SEIS DE AGOSTO DE 2011
por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
Presidente-fundadora, pro tempore da ALB-MG.
-
S-Seis de Agosto de 2011-IHGMG:
E-É a nossa Casa Mineira Centenária:
I-Instituto Histórico e Geográfico/MG,
S-Sob a Presidência de Dr. Jorge Lasmar,
 -
D-Diante da Posse do Senhor Governador
E-Excelentíssimo Antonio Augusto Junho
 -
A-Anastasia, à Cadeira nº 01, com a honra
G-Garantida do Patrono Doutor João Pinheiro,
O-O Associado Doutor Marco Aurélio Baggio
S-Será o Orador, saudação em nome do sodalício.
T-Temos prazer de participar desta solenidade,
O-O local será o mesmo:faltam 18 dias para nossa festa!
----------------------------

ANTONIO AUGUSTO JUNHO ANASTASIA-GOVERNADOR ESCRITOR/HISTORIADOR DE MINAS GERAIS TOMA POSSE NO IHGMG-HOMENGEM ACRÓSTICA Nº 3814/BH/MG/BRASIL

-
Homenagem-histórica-acróstica nº 3814
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil(*)
-
A-Antonio Augusto Junho Anastasia,
N-Nosso Excelentíssimo Governador/MG
T-Toma Posse à Cadeira nº 1, no IHGMG:
O-O sodalício centenário cultural mineiro,
N-Nomeado Casa do Patrono João Pinheiro:
I-Instituto Histórico e Geográfico de MG,
O-Onde o presidente é o Doutor Jorge Lasmar.
 -
A-Aplausos entre brasileiros Historiadores,
U-Uníssonos no horizonte de Minas Gerais,
G-Galardão de estrelas entre Pesquisadores,
U-Unidos à Academia de Letras do Brasil,
S-Seção Minas Gerais, Escritores Imortais,
T-Trovadores, Poetas Del Mundo, incluindo
O-O Clube Brasileiro da Língua Portuguesa,
 -
J-Juntos trazemos os efusivos PARABÉNS:
U-Um Advogado graduado pela UFMG/1983,
N-Na Faculdade, melhor Aluno da Turma com
H-Honroso prêmio BARÃO do RIO BRANCO!
O-O Mestre em Direito Administrativo/UFMG.
 -
A-Apresentou Dissertação: Regime Jurídico Único!
N-No berço natal familiar, filho de Dante Anastasia,
A-A Mãe Professora D.Ilka e Avó-materna Professora;
S-Sua irmãs e ele, também Professores Universitários.
T-Técnico da Fundação João Pinheiro, após Graduação
A-Assinou Projetos da Administração Pública de MG; Na
S-Secretraia de Estado de Planejamento e Coord. Geral
I-Implementou Medidas da Constituição Mineira Estadual.
A-Aos 23-08-2011, 18h30 receberá a Comenda Internacional da
-Academia de Letras do Brasil-Seção Minas Gerais, no IHGMG.
                                     ---PARABÉNS!---
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil,
Sábado, dez horas, seis de agosto de 2011.
-
(*)Sílvia Araújo Motta-PhI-
Presidente-Fundadora (pro tempore) da ALB-MG:
De 21-09-2010 a 23-8-2011).
Acadêmica: Cadeira 02/ALB/MG/2008
Honoris Causa, pela Academia de Letras do Brasil,
Doutora em Filosofia Universal/Literatura/2009;
Presidente do Clube Brasileiro da Língua Portuguesa;2000;
Acadêmica-Árcade: Cadeira 8 de Edson Chrisóstomo Moreira/1992;
Acadêmica:Cadeira 14-Vice-Presidente da Academia Mineira de Trovas/1995;
Acadêmica:Cadeira 24 da Academia Brasileira de Trovas/RJ/2010;
Embaixadora Universal da Paz/Brasil/França/Suissa/2009;
Acadêmica: Cadeira 33 da Academia Poçoense de Letras e Artes/Bahia/2008;
Acadêmica : Cadeira 442 na Academia Brasileira AVBL/2005;
Acadêmica: Cadeira 84: Academia AVPB
Título Honorífico da Academia ANELCA-2005
Cônsul de Poetas Del Mundo para BH/2007, quatro idiomas;
Assessora da Presidência Internacional de AIPM/2010;
Presidente-Benemérita da Galeria dos Trovadores do Brasil/1993;
Magnífica Amiga dos Trovadores/CTC/1994;
Elos Clube de BH/Língua Portuguesa/Diretora Cultural/1994;
Grã-Trovadora no CLMM/Formiga/MG/1997;
Benemérita da TROVA-UBT/BH/MG/Brasil/2002;
Autora de cinco mil poemas em 35 livros de sua autoria.
clubedalinguaport@gmail.com
-------------------------------------


A TODOS,
NOSSOS AGRADECIMENTOS ESPECIAIS!
-
Entrada do prédio do IHGMG:
INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE MINAS GERAIS
CASA CENTENÁRIA DE JOÃO PINHEIRO
Sede Provisória da 
ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL SECCIONAL ESTADUAL MINAS GERAIS
----------------------------

SOLENIDADE de Instalação e Diplomação da
Academia de Letras do Brasil
Seção Estadual Minas Gerais.
-
Local: Salão Nobre do IHGMG:
Instituto Histórico e Geográfico de MG:
à  Rua dos Guajajaras-1268-Santo Agostinho-BH
(Ao lado da Praça Raul Soares)
-
Data: Belo Horizonte, 23 de agosto de 2011, terça-feira,
Horário: às 18:00 horas.
-
Siga-nos:
http://www.academiadeletrasdobrasildeminasgerais.blogspot.com
-
Email para comentários:
clubedalinguaport@gmail.com
Fone: Vivo: (31) 9928 2798
Fone Oi fixo (31) 32952798

---***---