domingo, 27 de novembro de 2011

ALB-MG-AGRADECIMENTOS PRIMEIRO ENCONTRO SOCIOCULTURAL-RESTAURANTE MINAS TENIS II-BH-dia 26 de novembro de 2011. - Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil.-INFORMATIVO Nº 142/2011/CBLP /ALB/ Ano 04- BH, 27 de novembro de 2011




-*-
INFORMATIVO Nº 142/2011/CBLP /ALB/ Ano 04- BH, 27 de novembro de 2011 SEÇÃO: DIVULGAÇÃO CULTURAL DE UTILIDADE PÚBLICA INFORMAÇÕES ALB-MG

------------------------------------
Sílvia Araújo Motta/PhI-Diretoria de Relações Institucionais/DRI/ALB
Presidente–Fundadora–Vitalícia da ALB-MG-a partir de 23-08-2011.

------------------------------------


Foto 1-ODE À ALEGRIA Poema de Silvia Araújo Motta


ALB-MG-AGRADECIMENTOS - PRIMEIRO ENCONTRO
SOCIOCULTURAL - RESTAURANTE MINAS TÊNIS II-BH-
Data: Belo Horizonte, 26 de novembro de 2011.
Acróstico-informativo nº 4.119
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil,
Presidente-Fundadora-Vitalícia da ALB-MG.
-
A-Academia de Letras do Brasil-Minas
G-Gerais reveste-se do encantamento;
R-Regozija-se junto aos convidados,
A-Acadêmicos para este agradecimento,
D-Das presenças, todas fotografadas
E-E também filmadas, com assinaturas
C-Comprovadas. Aplausos alcançados!
I-Inesquecível I Encontro Sociocultural ALB-MG.
M-Manoel Dias de Oliveira,Presidente-Executivo,
E-Em Palestra positivou seu compromisso,
N-No biênio 2011-2013, com agendamentos.
T-Traduziu postura acadêmica-ativa-positiva
O-O Mestre de Cerimônia da ALB-MG:
S-Sensacional Cícero Moteran Ramos.
-
P-Presenças marcantes do Vice-Presidente-ALB/MG,
R-Reconhecidos Acadêmico Álvaro Nicolau e esposa.
I-Irradiando alegria, entregou vários Diplomas do Vaebrasil,
M-Marcando presença a Acadêmica Léa Lúcia-(Lealu).
E-Em poema-acróstico, a presidente-fundadora ALB/MG
I-Impressionada com tantas presenças e participações
R-Realmente, Sílvia Araújo Motta ficou emocionada,
O-Ofertou cópias e declamou: (Ode à Alegria Acadêmica.)
-
E-Elegantemente trajados com fardão oficial,
N-Nossos Acadêmicos despertaram emoção...
C-Carlos Felipe, o Acadêmico cantor da canção
O-Óh! MINAS GERAIS, fez transbordar a alegria!
N-No fundo musical, digno da filmagem-gravação,
T-Transcendendo paz ao som do violão de sete cordas...
R-Revelou-se exímio violonista Antônio Barcelos para
O-O Acadêmico Paulo Geraldo Correa, na declamação:
S-Sensacional e inédita a apresentação poética musical.
O-O Grupo da cantora Rosa Helena deu um show especial.
C-Convidado especial GUTO Fernandes e sua BANDA
I-Incrementaram o ambiente e sortearam seus lindos CDs.
O-O Acadêmico Ronaldo Aguiar Vieira, foi aplaudido
C-Com seu POEMA premiado e publicado em seu livro.
U-Um convite a mais para o evento da UFMG/Medicina.
L-Livros e Cds foram distribuídos para todos os presentes:
T-Tivemos 142 livros em exposição, à altura dos convidados!
U-Um litro de wisky, também foi sorteado entre os presentes.
R-Recomendamos a leitura e audição do material distribuído.
A-A proposta para homenagear Carlos Drummond/2012 foi
L-Liberada e aplaudida por todos os acadêmicos e leitores.
--
R-Reconhecemos o valor do poema-fato-verídico, na participação
E-Especial do Acadêmico Josemar Alvarenga ALB/MG. Da
S-SOBRAMES, ele ofertou exemplares da IV Jornada GR/2011.
T-Também a Acadêmica Léa Lu,Acadêmico Kid Moreira,
A-Acad. João Wilton Alves, Acad. Zeni de Barros Lana
U-Uniram esforços na doação de livros para a exposição.
R-Risonhos e reunidos esposa, filho e neto da Família do
A-Acadêmico Eurípedes Santos Zumpano...
N-Na apresentação poética da artista Sol Ramalho
T-Tivemos muitos aplausos para a convidada,
E-Entre os fotógrafos, destaques para Sirlene e JB:
-
M-Mostrando elegância, ao lado da esposa, o
I-Indispensável Acadêmico Gilberto Madeira Peixoto!
N-Na participação elegante de Glória Starling,
A-A esposa do Acadêmico Ronaldo, fez a divulgação,
S-Sobre o próximo livro que será lançado na UFMG.
-
T-Toda a decoração do ambiente da Academia,
E-Em local adequado exclusivo no Scoth Bar,
N-Notadas 2 bandeiras da ALB-MG e do CBLP,
I-Inúmeras informações distribuídas pela Acadêmica
S-Sílvia Araújo Motta, com os 43 links da ALB-MG.
-
B-Blogspot da ALB-MG nesta data já tem 528 postagens!
H-Hoje, completamos 9.368 leituras! Muito obrigada!
-
Belo Horizonte, MG, 26 de janeiro de 2011.

---***---










Acadêmico Cícero Moteran Ramos-demonstrou AMPLA experiência como MESTRE DE CERIMÔNIA.
PONTUOU TODO O PLANEJAMENTO COM POSTURA ELEGANTE E DIGNA DE AGRADECIMENTO PÚBLICO. MUITO OBRIGADA!

---***---

FOTO 3-ODE À ALEGRIA Poema de Silvia Araújo Motta
---***---








Acadêmico da ALB-MG: Dr. RONALDO VIEIRA DE AGUIAR


COMENTÁRIO RECEBIDO:

Prezada Sívia,

Aí vai o que me pede para o blogspot da ALB-MG.

Segue o meu soneto declamado em nossa última reunião de 26-11-2011.

Abraços do
Acadêmico Ronaldo Aguiar e da minha esposa Glória Starling.


DEVANEIOS

Das vindas e idas fluem tais ações.
A cor do mel, a cor azul do céu
navegam, bailam no ar, aos sons, ao léu.
Nas mãos, os ramos gris, reféns de opções,

afagam mitos, tramam tais lições.
Atingem o alvo, tomba o ser, troféu.
As sume a marcha, cai, e passa a réu.
Desonra marcas, tolos ais, pulsões.

De novo, os ramos gris de tons antigos
fustigam o imo, sina quase finda,
que quer domar, tombar algoz, perigos.

As ondas vagam, ferem o ar, e ainda
os sonhos vivem, são até castigos;
além do mar, do céu, da luz infinda.

Ronaldo Vieira Aguiar


-----------*----------




Acadêmico JOSEMAR ALVARENGA-ALB-MG


COMENTÁRIO RECEBIDO:

Sílvia,
Conforme solicitação,
ai vai O POEMA: DAMA DO SOBRETUDO,
lida no almoço sociocultural da ALB-MG,
no Restaurante do Minas II,
dia 26-11-2011.
Josemar Alvarenga.

------


A DAMA DE SOBRETUDO*

Josemar Alvarenga
BH/Venda Nova 02/08/10 às 6:30 h.



Fria manhã, ao trabalho,

na Praça da Matriz neblina,

dois casais de rua-sina

jogam xadrez; ainda orvalho!…



Homens de pé, aos tragos,

cortejam silhueta feminina;

Chapéu pano-preto, largo,

airosa em desdita; os fascina!…



Sobretudo longo cinza/opala,

corte de cobertor São/Vicente;

debruns da gola aos pés, talha

de botões negros na frente!…



Luvas pretas… furadas!…

Angélica, ao cigarro, excita;

incensa as coxas cruzadas,

torneadas pernas, havaianas de chita!…



A outra, do Camisa/branca, ela anula;

mais atrevida, encena e se apura!…

E ao Camisa/azul, jogador oponente,

do seu olhar se vê o ardor, oferente!…



Hirtos tragam, da garrafa no gramado,

o sonho, do copo-plástico ao drama…

Camisa/azul arrebatou-a, embebedado…

Oh doce ilusão!… doidivana.



No ar, ouço; xeque-mate.

Camisa/azul, abraçando-a, fita a arte!…

Em grei, pondera, pensa; estuda o lance…

E, no abraço do instante, tomba o rei!…



Então, tenta beijá-la; ela se esquiva…

No outro banco, ao Camisa/branca livra

da súdita, em abonada semelhança;

ao vencedor, louvor e boa-venturança!…



Nisso, sensual o agarra em beijos ardentes…

E se levantam entrelaçados, sem pejos.

Saem aos passos, sob olhares silentes,



às carícias, aos afagos de alegria e,

o grupo mudo a tremer de agonia,

retesado revela… só desejos!…



* Nesta data, ao trabalho, deparei-me com inusitado grupo de rua jogando xadrez, na Praça da Matriz. O observei em companhia da minha filha, Flávia. Depois, soube; a Dama de Sobretudo, antiga gerente de banco, separa-se do marido. Deprimida, namorado crackadito viciou-a. Virou mulher de rua, apesar de mãe de alto executivo, gaucho.

---***---



Foto-LEALU PREENCHENDO OS DIPLOMAS

---***---


FOTO DA POETA SOL RAMALHO-Convidada especial:
autora do poema declamado:


RETRATO DE PLANALTINA DE GOIÁS
Autora Sol Ramalho ( essa que ela falou)

Planaltina não tem mar
Mas tem cachoeira e lagoa
Onde o sol é mais quente
e a água é corrente
Do rio Maranhão
é abastecida a cidade
e mata a sede da população.

Minha querida Planaltina
Apesar de não ser daqui,
Sinto-me como filha tua
Pois me deu guarida e me acolheu...
Alegro-me em saudar-te
És berço de uma grande nação.

---***---


Foto 12-Lea e Sol Ramalho.

---***---


Foto 6-ALB-MG Lea -Sol e Sirlene e o violonista Antonio Barcelos (Artista das Sete Cordas)

---***---


FOTO 11-ALB-MG CONVIDADOS E ACADÊMICOS

---***---



FOTO 19-19-ALB-MG SILVIA ARAUJO MOTTA RECEBE HOMENAGEM DO VAEBRASIL


---***---


FOTO 8-ALB-MG ALMOÇO 26-11-2011 NO RESTAURANTE MINAS 2

---***---

FOTO ALB-MG ACAD~EMICA LEALU PRESTA HOMENAGENS ESPECIAIS

---***---


FOTO-10-ALB-MG CARLOS FELIPE CANTA Ó MINAS GERAIS AO LADO DO ACADÊMICO DEIWSON MAGALHÃES

---***---


Foto 18-A-Poemas do ACADÊMICO DA ALB-MG DEIWSON FERREIRA MAGALHÃES:

VAZÃO

Autor: Deiwson Ferreira de Magalhães
Acadêmico da ALB-MG:

Às vezes somos tomados
Por uma impulsiva inspiração
Que nos sufoca e necessitamos
Dar vazão e essa agonia sufocante
Daí, encontramos no papel em branco
E na grafite a válvula de escape
Permitimo-nos à irresponsabilidade
De nos virarmos ao avesso
Sem culpa,
Arrancamos de nosso ventre
Aflições,
Amores,
Sonhos,
Frustrações,
Pecados,
E transformamos em versos
Em prosa
E nos entregamos a compor
Até que passe a agonia...
Até que chegue uma nova impulsão...


---***---






O BALÉ DAS BORBOLETAS

Autor: Deiwson Ferreira de Magalhães
Acadêmico da ALB-MG.

Invólucros,
Castas
Armaduras
Seio em rusticidade
Repulsante
Contrapondo ao belo
Detritos sem vida
Guarida da vida
Silêncio
Imobilidade da criação
Transformação.
Do rastejo às alturas
De um canto ao encanto

M
E
T
A
M
O
R
F
O
S
E

Véus simétricos
Movimentos coordenados
Cores suspensas
Desenho de poesia
Leveza sem resistência à gravidade
Delicadezas num espaço desordenado,
Com sutileza absorvem o perfume e
Aromatizam corações
Carregam nas asas os sonhos
Transformam os erros em plumas
E esculpem um arco-íris
No vazio de uma atmosfera míope.
-*-





Acadêmico CARLOS FELIPE MELLO, o acantor de ÓH! MINAS GERAIS DURANTE A REUNIÃO da ALB-MG-26-11-2022.Levou para serem distribuídos entre os acadêmicos e convidados: 30 LIVROS DE SUA AUTORIA E CDS COM SEUS POEMAS E TEXTOS.

---***---



Acadêmica Léalu declamou poemas de sua autoria, distribuiu Diplomas do seu projeto VAEBRASIL, organizou a exposição dos livros, fotografou, documentou, levou convidados especiais. Obrigada Léalu.

Poema declamado por Léalu:

Um amor...
Com carinho me quer
Querer, é claro que quero
Muito mais do que pensou
Me dou pra você
e sei porque
Você deseja e me quer
E eu mulher
Faço o que puder
Pra esse sonho
que eu suponho
Ser tão bom pra mim
real se tornar
Te dou tudo
Mas contudo
Quero tudo
Tudo,
que o amor nos der
Se acaso vier
Este sonho acontecer
Eu...
Serei bem mais mulher.

Léa Lu


SE O AMOR...

Se o amor...
fosse vermelho
Seria como o meu sangue
Se o amor fosse rosa
O maIs lindo do jardim
Se o amor fosse verde
Seria como a esperança
Se o amor fosse azul
Seria lindo como o céu
Se fosse branco
Seria como a paz
Mas...
Se o amor fosse cinza
Seria como a dor
Mas...
Como o amor
é incolor
e não tem cor
Eu o aceito
da maneira que for.

Léa Lu



---***---



Foto ACADÊMICO KID MOREIRA-José Moreira Alves


NO MESMO PASSO

POEMA DE KID MOREIRA:
ACADÊMICO DA ALB-MG

Ambos... assim no mesmo passo
iremos seguir a mesma estrada,
tu, pelo meu braço, amparada,
eu amparado no teu lindo braço.

Ligados neste ânimo, embora escasso,
venceremos as urzes da jornada.
tu te sentirás menos cansada,
e eu não sentirei o meu cansaço.

E assim... ligados pelos bens supremos
que para mim o teu carinho trouxe,
placidamente pela vida iremos

Calcando mágoas, afastando espinhos,
como se a escarpa desta vida fosse..
o mais suave de todos os caminhos.



---***---


FOTO 19A-

ENGRENAGEM

JOÃO WILTON ALVES
ACADÊMICO DA ALB-MG

ENGRENAGEM
Estou perdido
Numa selva de engrenagens
Homem
Robô
Ouvindo estou
Um vôo metálico
Na era do plástico
Compreendo mais ninguém
Estou falando numa multidão
Ninguém ouve
Ninguém vê
Só você
Ainda consegue se concentrar
Em toda dispersão
Tão normal
Vejo você
Você não me vê
Eu choro
Grito
Sei sentir


---***---


-*-



RECORDANDO O CONVITE DIVULGADO...

I ENCONTRO GASTRONÔMICO/CULTURAL
(Palestra-Música-Literatura)

Valor individual: R$ 30,00 (TRINTA Reais)
SORTEIO DE BRINDES:
(De acordo com a ASSINATURA NO LIVRO DE PRESENÇAS)

Tema: COMIDA MINEIRA
Promoção: Academia de Letras do Brasil
ALB-Minas Gerais.

Data: 26 de novembro de 2011, sábado.
Horário: De 12:00h às 14:h (prazo máximo até 15:00h)

Local:Av. Bandeirantes,2323-Serra.
Local: SCOTH BAR do MINAS 2
Próximo à Praça da Bandeira(alto da Av.Afonso Pena, à esquerda)
Belo Horizonte-Minas Gerais/Brasil.

Cardápio:
*Coquetel de entrada (Frios e Assados).* Salada contemporânea.
*Sobremesa:(Torta de coco com abacaxi-Mousse de chocolate)
*BEBIDAS. (Cobradas à parte).

CONTAMOS COM AS HONROSAS PRESENÇAS DOS ACADÊMICOS, FAMILIARES E AMIGOS.

Nota:Para melhores esclarecimentos, falar com

*Dr. Manoel Dias de Oliveira:Presidente Executivo da ALB-MG- Fone:3327 6768 ou 3282 7663
3292 1373-(10:00 h às 12:00h e de 13:00h às 17:00h
R. Mato Grosso 539-Sala 1105- Ed. Mondrian-Barro Preto/BH.
(Próximo da Pça. Raul Soares.) Email: drmanoel@hotmail.com

*Sílvia Araújo Motta:Presidente-Fundadora-Vitalícia da ALB-MG
Fone: 9928 2798
clubedalinguaport@gmail.com


---***---



DISCURSO DO PRESIDENTE DA ALB-MG

LIDANDO COM AS NOSSAS EMOÇÕES


Nobres Colegas Imortais constituintes desta Mesa Diretora
Ilustríssimos confrades e confreiras,
Meus senhores, minhas senhoras.

Pretendo que este meu discurso se revista de um forte apelo motivacional. Esta é a primeira vez que lhes dirijo minha voz na condição de presidente. Inicialmente, quero lhes dizer que não me imaginava membro da Academia de Letras do Brasil e, surpreendentemente, em 2008, tornei-me um imortal desta notável Academia.

Dado às minhas muitas ocupações na presidência de outras instituições, nunca acalentei no meu ego o projeto de candidatar-me à presidência desta instituição acadêmica, e agora vejo-me seu presidente. Recebi isto como um propósito e como um desafio divinos. Aliás, desde cedo na minha vida e do alto dos meus 63 anos bem vividos, sempre me vi chamado por Deus para enfrentar desafios.

Em função desta vivência factual, duas grandes lições tenho aprendido: primeira, Deus nunca chamou e não chama pessoas desocupadas para enfrentar desafios; segunda, o homem foi feito para enfrentar desafios, e não para fugir deles.

Neste últimos dias, tenho convivido com pessoas fantásticas. Como psicanalista, tenho podido analisar a manifestação egóica de humanismo e o espírito solidário que norteia o seu caráter, ao mesmo tempo em que posso admirar a inteligência, e a sapiência de homens e mulheres, estes verdadeiros luminares da intelectualidade e da cultura mineira.

São homens e mulheres cada qual com uma história de vida, cujas vivências são constituídas de dificuldades, mas de conquistas; muitas vezes de dores e de lágrimas, mas de gozos e de alegres cantos de vitória.

São exemplos de vidas que nos motivam a jamais perder a esperança. Muitas de suas experiências nos faz lembrar o que disse o salmista e rei Davi: “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã” (Sal. 30.5). E aqui, dentre nós, com certeza, estão provas incontestabilíssimas de que sempre podemos acreditar e esperar manhãs de alegres cantos de vitórias.

Posso lhes falar disto ex-cátedra. Ao seis meses de idade perdi minha mãe, o que me obrigou a ser criado por parentes até os meus 14 anos, na baixada fluminense, no Rio de Janeiro. A partir daí, tive de percorrer sozinho as minhas estradas, os meus valados e caminhos. Isto significa que ainda um adolescente, tive que aprender a lidar com as minhas emoções.

O USO CONSTRUTIVO DAS EMOÇÕES

Desde muito cedo tive de aprender a fazer uso construtivo das minhas emoções. E cada ser humano tem necessidade desse aprendizado. Há três atitudes perante as emoções que permitem o seu uso construtivo. Vejamos quais são essas atitudes:

1. É humano e natural sentir emoções – Qual é o interesse humano de uma história sem dor e raiva, amor e alegria? As emoções são o sal da vida.
2. Você tem o direito de sentir o que quer que seja, quer as emoções se justifiquem ou não – Nem você nem ninguém possui o direito de lhe dizer que não deve se sentir como está se sentindo.
3. As emoções negativas são uma grande oportunidade para aumentar o autoconhecimento – É somente através da aceitação de nossas reações a nós mesmos, a situações e aos outros, que podemos discriminar os escusos departamentos do ego. Somente quando o ego, com seu medo e isolamento, é deixado de lado, é que podemos experimentar nosso estado natural de paz de espírito. As emoções positivas [amor, alegria, paz] são expressões do self, ou seja, do mais profundo do ser. Elas estão sempre presentes e têm oportunidade de expressarem-se quando as libertamos.
O MITO DAS EMOÇÕES NEGATIVAS
As emoções negativas não são no seu todo ruins, pois elas são humanas. Na sua maioria, são adequadas. Por exemplo, quando um ser amado morre, passamos a experimentar um tempo de tristeza, dor e luto, se não se permitir sentir a dor, ela surgirá de outras maneiras, e esta ferida não se curará. Quando alguém sofre uma perda, a resposta mais natural é sentir-se deprimido,
Embora não precisem ficar presas a esses sentimentos, é por aí que muitas pessoas começam os seus quadros psicossomáticos.
Esconder as emoções acreditando que não tem o direito de senti-las, é o que leva a um estado emocional mais perigosos, pelo menos em alguns casos, a um pior prognóstico.
As emoções negativas não o prejudicarão se você expressá-las de forma adequada e em seguida abandoná-las, pois reprimi-la é muito pior.
O amor e o riso são, obviamente, as atitudes-chave para a cura, mas apenas podemos experimentá-los após abandonarmos os padrões negativos que bloqueiam sua expressão. Não se pode sobrepor a felicidade à dor, tal qual uma bandagem, e esperar bons resultados. É preciso paciência para trabalhar e aprender a lidar com as nossas emoções

Para obter equilíbrio emocional, você precisa entender seu atual padrão emocional. Você as nega, reprime, ou reage exageradamente?

O problema em relação às emoções não é que nós as vivenciemos. É necessário experimentar as emoções para o nosso crescimento pessoal. Isto é puramente humano

Nobres colegas acadêmicos – nada tenho de mais importante a lhes oferecer, a não ser o compromisso de depositar nesta nossa Academia de Letras tudo o que aprendi no decorrer dos anos de minha vida, e tudo que sei, que não é muito, mas é o meu único patrimônio. Talvez tenha que vos fazer muitas perguntas impertinentes, buscando obter respostas pertinentes, pois, quem não pergunta não aprende, afinal, hoje quem não busca aprender ou não busca conhecimentos, vira absoleto.

Nossos desafios podem ser novos. Os instrumentos com os quais nós os enfrentamos podem ser novos. Mas aqueles valores dos quais nosso sucesso depende – trabalho, honestidade, coragem, responsabilidade, tolerância, lealdade, unidade e companheirismo – essas coisas são antigas. Essas coisas são verdadeiras.
Fazendo minhas as palavras do Presidente Barac Obama, “ ... não há nada tão satisfatório para o espírito, tão definidor de nosso caráter, do que dar tudo o que podemos numa tarefa difícil. Este é o preço da cidadania”.
Precisaremos contar com o companheirismo e o empenho uns dos outros, pois isto consolidará a nossa persistência. Robert Half disse: “A persistência é o que torna o impossível, possível; o possível, provável; e o provável, definitivo”.
Penso que assim haveremos de superar mais facilmente os desafios que tenhamos de enfrentar, e de fazer acontecer com menos sofreguidão os projetos da Academia, como também os nossos projetos pessoais. Aproveito para citar aqui Zig Ziglar, que no seu livro O Que Aprendi no Caminho Para Topo, diz: “Não é o que lhe acontece que determina até que ponto você chega na vida, mas o que você faz com o que lhe acontece na vida”.

A minha expectativa, é que saibamos o que fazer com o que haverá de nos acontecer durante a nossa caminhada, para que juntos e unidos no amor pela causa cultural e literária possamos romper trilhas, vencer estradas, singrar oceanos e alcançar belos horizontes.

Finalmente, quero agradecer. Agradecer primeiramente a Deus, autor, criador, sustentador da minha vida e doador dos dons que possuo. Recusar crer em Deus, seria recusar o ar de que dependo para respirar e continuar a viver; tirar Deus da minha vida, seria como tirar o sangue que corre nas minhas veias; seria como tirar o verde da grama e a beleza das rosas; seria como tirar as águas dos rios, dos lagos e oceanos; seria como tirar o sol, a lua e as estrelas da abóboda celeste... Como fazer isto e continuar havendo vida? Como fazer isto, se Ele é a gênese causal da vida de toda a natureza e de tudo que existe?...

Agradecer ao Dr. Wyller Braulio a indicação de meu nome, à Drª Silvia de Lourdes Araújo Motta, Presidente Pró Tempore, pelo encaminhamento do processo eleitoral, e ao Dr. Mário Carabajal que deferiu sua aprovação ao meu nome, tornando assim possível minha eleição para presidir este Silogeu de Imortais, qual seja, a Academia de Letras do Brasil-Minas Gerais.

Pela consolidação dos pilares morais e dos princípios cristãos da família, pela ética na sociedade e pela preservação e valorização da cultura mineira, encerro minhas palavras deixando um pensamento para todos aqui refletirem:

“Você se torna grande ao fazer coisas pequenas em grande estilo”.

Muito Obrigado!

Manoel Dias de Oliveira-Presidente-Executivo ALB-MG Biênio 2011-2013


---***---


INFORMATIVO Nº 142/2011/CBLP /ALB/ Ano 04- BH, 27 de novembro de 2011
SEÇÃO: DIVULGAÇÃO CULTURAL DE UTILIDADE PÚBLICA INFORMAÇÕES ALB-MG
------------------------------------
Sílvia Araújo Motta/PhI-Diretoria de Relações Institucionais/DRI/ALB
Presidente –Fundadora –Vitalícia da ALB-MG- 23-08-2011.
-----------------------------------
Prof. Dr. Mário Roberto Carabajal Lopes PhD-PhI–
Fundador-Presidente Nacional e Internacional da ALB/CONFALB
-----------------------------------
Patrono Internacional da ALB:
Miguel Máximo Angel Robles Tejada –PhI-CAUSAS IMORTAIS-
*1922: Venezuela - † 12-Mar-2001: Boa Vista / Roraima / Brasil.
-----------------------------------
Patrono Nacional da ALB: Carlos Reinaldo Carabajal Lopes-PhI
Patrono do CONALB: Carlos Lucas de Sousa-PhI
Patrono Estadual da ALB de Minas Gerais: Affonso Penna, o Presidente da República do Brasil.(*30-11-1847-Santa Bárbara/MG)---(†14-06-1909 RJ).
-------------------------------------
ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL
ALB-PRIMEIRA ACADEMIA MUNDIAL DA ORDEM DE PLATÃO-
Organização Cultural Politicamente Ativa
Instituição Internacional de Cultura –CNPJ - 04.749.257/0001-00
Brasília, Distrito Federal – http://www.academialetrasbrasil.org.br
Atividade Principal:80.30-6/00:
Egrégore literária e científica, formação superior e pesquisas
ALEA JACTA EST-SPENS MENS IN SEMINE
--------------------------------------
Siga-nos:
http://www.academiadeletrasdobrasildeminasgerais.blogspot.com