sábado, 8 de fevereiro de 2014

VOCÊ ESTÁ DENTRO OU FORA DA CAVERNA? BUSCA A LUZ DO CONHECIMENTO?Mito da Caverna - Platão - Myth of the Cave - Plato-




http://www.youtube.com/watch?v=WkWQ6jB3jm0

-//-


NINGUÉM DESEJA VIVER NA ESCURIDÃO
-
Acróstico-filosófico nº 5515
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG
-
N-Não aspiramos à escura ignorância do ser humano:
I-Ideia reflexiva e proclamada por Aristóteles, por
N-“Natureza, todos os homens desejam conhecer”
G-Garantida pela constante busca  da SABEDORIA.
U-Uma estreita relação traz o valor das sensações
É-Entre o CONHECIMENTO e o PRAZER de VIVER,
M-Mostrando que o VER somente não nos basta:
 -
D-Devemos OLHAR atentamente para SABER,
E-Especialmente, o que está nas entrelinhas...
S-Sem sombras de dúvidas, escondidas por detrás do
E-Espantoso, do fenomenal, do raro, do admirável!
J-Jogo da aparência inicial pode até tentar impedir
A-Análise do fenômeno do olhar, com atenção.
 -
V-Ver além das aparências é ver a LUZ que
I-Ilumina TUDO na transparência da VERDADE.
V-Viver na ESCURIDÃO é aceitar a cegueira,
E-Evidenciada por não querer ver a REALIDADE,
R-Resultado da RAZÃO obscurecida, vivida
 -
N-Na caverna de Platão: presos viam sombras e
A-Até um pequeno facho de luz de uma lareira
 -
E-Enganosa para que não vissem a luz do SOL!
S-Sem a educação do olhar, faltará a ação/reação;
C-Coragem para exercitar o nível da consciência;
U-Uma libertação do olhar faz gerar VONTADE;
R-Reavalia a importância da reflexão que mostrará
I-Inspiração para instigar o rompimento de barreiras;
D-Determina o planejamento que sempre alimenta
Ã-A mente, a razão, a ética, a busca da felicidade
O-O sentimento humanitário da paz e da cidadania.
-
Belo Horizonte, sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4682969



-//-




MITO DA CAVERNA REFLEXÃO FILOSÓFICA (Livro:Direito & Poesia-Uma Metáfora)

Acróstico Nº 1768
Por Sílvia Araújo Motta

M-Mito da Caverna é uma exposição platônica,
I-Indagação destinada a buscar a razão e a verdade.
T-Três atividades filosóficas sobre a realidade,
O-O saber e a ação: análise, reflexão e crítica.
 -
D-Denominada no livro VII da “República” de Platão
A-Alegoria da teoria do conhecimento e sua paideia.
 -
C-Caverna? É o mundo sensível das aparências em que se vive.
A-As sombras? Coisas materiais e sensoriais na percepção.
V-Vários preconceitos, opiniões, imposições são cadeias...
E-Em nossa percepção, o que nos leva a crença é a
R-Realidade. O prisioneiro que se liberta da caverna,
N-Na verdade é o FILÓSOFO inconformado, que escapa,
A-Apesar do sofrimento físico tem a mente aberta.
 -
R-Razões de sobra apontam condições adversas;
E-Enfrentar com razão, obstáculos externos no caminho
F-Feio, íngreme, difícil para chegar à essência da ideia:
L-Liberdade.O sol é a luz plena do ser, o BEM,
E-É a verdade. O sol da verdade no mundo é o
X-“X” da questão: FILOSOFIA é o instrumento
Ã-Apropriado para libertar o acorrentado,rebelde,curioso e
O-Os outros prisioneiros, pela dialética,rumo à realidade.
 -
F-Filosofia é a “busca do FUNDAMENTO”
I-Indagando: “princípios, causas e condições”
L-Logo “busca também o SENTIDO das coisas”
O-O que é? Como é? Para que? Por que é?
S-“Significação e finalidade” produzem reflexões!
Ó-O homem é um ser pensante, agente,
F-Falante. Filosofia é a arte do bem-viver.
I-Indagações filosóficas são sistemáticas
C-Com “enunciados precisos,rigorosos, corretivos.”
A-A busca exige fundamentação racional.
-
Belo Horizonte, 24 de fevereiro de 2008.

PUBLICADO EM:
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/873305

---***---



Para reflexão:

1-A paideia, alegoricamente, descrita no mito, é "uma conversão no olhar", isto é, a mudança na direção de nosso pensamento, que, deixando de olhar as sombras (pensar sobre as coisas sensíveis), passa a olhar as coisas verdadeiras (pensar nas idéias). Vale refletir por que a maioria prefere ficar prisioneira na caverna.Comodidade é mais fácil...

2-Paidéia relacionada de forma intrínseca à Alétheia que é o que foi arrancado do esquecimento e do ocultamento, fazendo-se visível para o espírito, embora invisível para o corpo. Alétheia é uma palavra negativa (a - létheia), significando o não esquecido, não escondido.
A verdade é uma visão, visão da ideia, do que está plenamente visível para a inteligência e, por ser visão plena, a verdade é evidência. A luz é a meditação entre aquele que conhece e o aquilo que se conhece.

3- A Filosofia é educação ou pedagogia para a verdade?
Proposta de analogia entre os olhos do corpo e os olhos do espírito/alma quando passam da obscuridade à luz: assim como os primeiros ficam ofuscados pela luminosidade do Sol, assim também o espírito sofre um ofuscamento no primeiro contato com a luz da idéia do Bem que ilumina o mundo das idéias.

4- A verdade é uma visão, visão da ideia, do que está plenamente visível para a inteligência e, por ser visão plena, a verdade é evidência.

Fonte: Afirmações do FILÓSOFO ALEMÃO MARTIN HEIDEGGER, num ensaio intitulado "A DOUTRINA DE PLATÃO SOBRE A VERDADE".
http://www.comunidade.sebrae.com.br/educacao/Artigos/8150.aspx
---***---
Curiosidades/Pequenas diferenças:
Do grego “alethéia”=Significa descobrimento.Verdade descoberta pela razão.
Em latim “veritas” = Verdade assumida pelos fatos, pela comprovação dos fenômenos
Verdade do árabe “emunah”= verdade, porém a busca da verdade pela confiança.
Fonte:
http://paideiadigital.blogspot.com/2006/03/emunah.html

---***---





SOMBRAS NA VIDA CONSCIENTE GERAM PODER
-
Acróstico-para-reflexão- Nº 4659
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
S-Sombras não exigem ação!
O-Os olhos, apenas imaginam
M-Movimentos dos fantasmas...
B-Bem simples é a rejeição:
R-Ressentimentos que perpassam,
A-Alimentam mistérios das almas
S-Sofredoras pelo inconsciente!
 -
N-Na verdade, o mito da Caverna
A-Apresenta a lição de Platão:
 -
V-Vale a pena buscar a LUZ,
I-Inventar o fio que a conduz!
D-Dizem que na vida eterna
A-As boas ações prevalescerão...
 -
C-Carl Jung viu em si mesmo:
O-O [Ego e a Sombra são pares.]
N-Nevoeiro denso tem consciência do Eu
S-Sempre iluminando a verdade;
C-Com o superior, universal e humano,
I-Interação é que serve os espelhos
E-E traz a natureza da realidade,
N-Nas mensagens criadas pelo interior...
T-Tristeza da sombra coletiva mundial
E-Esquece o bem e valoriza o mal;
 -
G-Garante a representação simbólica
E-Efêmera dos inimigos da civilização;
R-Realização repleta de sombras e terror...
A-Ancestrais biológicos humanos
M-Mostram a validade do AMOR!
 -
P-Personalidade exige: Nada em excesso!
O-O abuso sinistro das próprias forças,
D-Doenças psicossomáticas e depressão
E-Empanturram o corpo de negação:
R-Revelam compulsão ao sofrimento!
---Aprenda conviver com sua sombra!---
-
Belo Horizonte, 13 de novembro de 2012.
-
A sombra do homem, penso eu, é a sua vaidade.
Friedrich Nietzsche
-
Essa sombra, eu a reconheço como coisa minha.
William Shakespeare
-
Jung disse:
"A sombra é simplesmente todo o inconsciente!"
-
Todo homem tem uma sombra e, quanto menos ela se incorporar à sua vida consciente, mais escura e densa ela será. De todo modo, ela forma uma trava inconsciente que frustra nossas melhores intenções.                                              CG. Jung

-
PUBLICAÇÃO EM:
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/3983061