quarta-feira, 27 de agosto de 2014

LIVRO: TEMPO DE ESPERA-VALE A PENA CONFERIR-23ª BIENAL DO LIVRO DE SÃO PAULO



-Visite e divulgue para os amigos.
Bienal do livro de São Paulo... Tempo de Espera: Estande G671.




-Fabricante: Garcia edizioni
Modelo:
 978-85-65490-91-7
Disponibilidade:
 Em Estoque 
Frete Gratis
Preço: R$ 26,00 
GARCIA edizioni © 2014
Loja Virtual BrasVirtual.com

-
-
Tempo de espera
FORMATO 15X21 | 146 PÁGINAS
Welis Couto tem um estilo despretensioso e simples, mas escreve com firmeza e talento, atingindo o objetivo almejado, o de fazer um bom romance. Há facilidade na condução dos diálogos e os múltiplos personagens vão aparecendo como se fossem figuras de um painel ou mural.
Tempo de Espera, o mais recente romance de Welis Couto, tem como cenário uma típica cidade do interior goiano, onde os habitantes sobrevivem em torno da prefeitura e de um prefeito corrupto que domina todas as ações em uma quase epopeia de trapaça, dominação e vício do poder.
Porém, um encontro inesperado pode mudar o rumo dessa história. Mariano se divide entre combater os vícios e trapaças do prefeito e conquistar e preservar o amor de uma jovem local. Os sentimentos lacerados do viajante podem ser o instrumental de que precisa o prefeito para continuar suas ações ou o fortalecimento dos ideais do jovem administrador.

WELIS COUTO

Welis Soares Couto nasceu em Alvinópolis, Minas Gerais, no dia 07 de setembro de 1963. Literariamente, assina, apenas, Welis Couto.
Pertence à Academia Municipalista de Letras de Minas Gerais, com sede em Belo Horizonte (MG), ao GEL - Grêmio de Estu­dos Literários de João Monlevade e à Casa do Escritor, São Roque (SP). Exerceu a presidência do GEL no biênio 1989/91.
Obteve boas classificações em concursos literários em João Monlevade, em Alvinópolis, em Araguari - Concurso Nacional Antônio Brasil e em diversas outras cidades brasileiras. Com destaque para os primeiros lugares no Concurso Nacional de Literatura Brasileira da Escola Técnica e Faculdades Oswaldo Cruz, em São Paulo (SP) e no Concurso Nacional para Livros Editados, com "Memórias de um Parafuso", promovido pelo Jornal Correio de Poesia - João Pessoa (PB). Possui nove prêmios literários.


Fonte:

-//-