sexta-feira, 3 de abril de 2015

SEMANA SANTA-PAIXÃO E MORTE DE CRISTO QUE RESSUSCITA EM TODOS OS MOMENTOS NOS CORAÇÕES


SEMANA SANTA-PAIXÃO E MORTE DE CRISTO QUE RESSUSCITA EM TODOS OS MOMENTOS NOS CORAÇÕES


-

Sexta-feira Santa é uma festa religiosa cristã que relembra a crucificação de Jesus Cristo e sua morte no Calvário. O feriado é observado sempre na sexta-feira que antecede o Domingo de Páscoa, o sexto dia da Semana Santa no cristianismo ocidental e o sétimo no cristianismo oriental (que conta também o Sábado de Lázaro, anterior ao Domingo de Ramos). É o segundo dia do Tríduo Pascal e pode coincidir com a data da Páscoa judaica1 2 3 .
Este dia é considerado um feriado nacional em muitos países pelo mundo todo e em grande parte do ocidente, especialmente as nações de maioria católica.
-
[...]

DIA DE JEJUM

A Igreja Católica trata a Sexta-feira Santa como dia de jejum, o que, na Igreja Latina, é compreendido como sendo um dia em se faz apenas uma refeição (menor do que uma refeição normal) e duas colações (um pequeno repasto que, contados juntos, não perfazem uma refeição completa), todas sem carne. É por conta desta tradição que em muitos restaurantes em países católicos servem peixe neste dia. Nos países onde não é feriado, o serviço litúrgico das três da tarde é geralmente atrasado algumas horas..
[...]

LITURGIA:
A liturgia da Sexta-feira Santa está dividida em três partes: a Liturgia da Palavra, a Veneração da Cruz e a Sagrada Comunhão.
  • A "Liturgia da Palavra" é um ritual no qual o clero e os ministros ajudantes param de cantar e entram num silêncio completo. Sem nenhum ruído, prostram-se como sinal do "rebaixamento do 'homem terreno'13 e também o pesar e tristeza da Igreja"14 . Segue-se a oração da coleta e a leitura de Isaías 52:13-Isaías 53:12Hebreus 4:14-16Hebreus 5:7-9 e o relato da Paixão no Evangelho de João, tradicionalmente recitado por três diáconos15 ou pelo padre, um ou dois leitores e a congregação, que lê a parte da "multidão". Esta parte do ritual termina com as orationes sollemnes, uma série de oração pela Igreja, o papa, o clero e os leigos da Igreja, os que estão se preparando para o batismo, a unidade dos cristãos, os judeus, os que não acreditam em Cristo, os que não acreditam em Deus, os que prestam serviço público e os que precisam de ajuda imediata16 . Depois de cada uma destas intenções, o diácono conclama os fieis a se ajoelharem por um breve período de oração individual; o padre celebrante então encerra com uma oração conjunta.
  • A "Veneração da Cruz" apresenta um crucifixo, não necessariamente o que está normalmente no altar ou perto dele em situações normais, que é solenemente desembrulhado e mostrado para a congregação e venerado por ela, individualmente se possível, geralmente através de um beijo, enquanto se cantam hinos, a Improperia ("censuras") e o Trisagion17 .
  • A "Sagrada Comunhão" é celebrada com base no rito do final da missa, começando com o Pai Nosso, mas omitindo a "Partilha do pão" e seu cântico, o "Agnus Dei". A Eucaristia, consagrada na Missa da Ceia do Senhor da Quinta-feira Santa, é distribuída neste momento18 . Antes da reforma do papa Pio XII, apenas o sacerdote recebia a comunhão, um rito chamado de "Missa do Pré-santificado", que incluía as orações normais do ofertório, inclusive o vinho no cálice11 . O padre e a congregação se despedem em silêncio e a toalha do altar é retirada, deixando o altar limpo, exceto pelo crucifixo e duas ou quatro velas19 .
  • [...]
RELIGIÕES PRTESTANTES:
Muitas comunidades protestantes celebram serviços litúrgicos específicos na Sexta-feira Santa também. Morávios realizam uma festa específica ("Festa do Amor") na sexta e comungam na quinta. Os metodistas comemoram a Sexta-feira Santa com um serviço de adoração, geralmente baseado nas sete frases de Jesus na cruz20 . Não é raro também encontrar celebrações multi-denominacionais em algumas comunidades neste dia.
Alguns batistas21 , pentecostais e igrejas não-denominacionais são contrários à observância da Sexta-Feira Santa, considerando o feriado uma tradição papistae, ao invés disso, observam a crucificação na quarta-feira, na mesma data do sacrifício judaico do cordeiro pascal (que os cristãos acreditam ser uma referência no Antigo Testamento à Jesus Cristo). A crucificação na Quarta-feira Santa permite ainda que se acomode a tradição de que Jesus teria passado "três dias e três noites" no túmulo, como o próprio Jesus afirma em Mateus 12:40 e não duas noites e um dia como no caso da crucificação na Sexta-Feira Santa (vide artigo)22 .
http://pt.wikipedia.org/wiki/Sexta-feira_Santa
-













-

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA SANTA:

29.03-2015
7h – Bênção dos ramos na Praça da Basílica, procissão para a Matriz de Nossa Senhora da Conceição e Santa Missa.

Segunda – feira Santa: 30/03
19h – Santa Missa na Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Em seguida, procissão com a imagem do Cristo Flagelado até a Praça da Basílica do Senhor Bom Jesus com o Sermão do Pretório.
Terça – feira Santa: 31/03
18h30 – Santa Missa na Basílica do Senhor Bom Jesus. Em seguida procissão com a imagem do Senhor dos Passos até a Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Apresentação das figuras bíblicas e o Sermão do encontro.
19h –SantaMissana Igreja de Nossa Senhora do Rosário e procissão com a imagem de Nossa Senhora das Dores até a Matriz de Nossa Senhora da Conceição.
Quarta – feira Santa: 01/04 - Dia de Nossa Senhora das Dores
19h – Santa Missa na Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Em seguida procissão com a imagem de Nossa Senhora das Dores até a Basílica do Senhor Bom Jesus e sermão das Sete Dores de Maria.
Quinta – feira Santa: 02/04 – Dia da Eucaristia
20h – Santa Missa do Lava-pés e Instituição da Eucaristia na escadaria da Matriz de Nossa Senhora da Conceição.
22h – Encenação bíblica na Praça da Matriz de Nossa Senhora da Conceição.
Sexta – feira Santa: 03/04 - Dia da Paixão e morte de Jesus Cristo.
15h – Celebração, adoração a Santa Cruz,ação Litúrgica na Matriz Nossa Senhora da Conceição.
19h – Na Basílica do Senhor Bom Jesus, encenação da Condenação, Paixão e Morte de Cristo.
20h – Sermão do Descendimento da Cruz. Em seguida, procissão do enterro até a Matriz de Nossa Senhora da Conceição.
Sábado: 04/04 – Dia da Vigília Pascal
20h – Vigília Pascal na Matriz de Nossa Senhora da Conceição.
Domingo da Ressurreição: 05/04
5h30 – Solene Missa da Ressurreição na Praça da Matriz Nossa Senhora da Conceição e em seguida procissão para a Basílica do Senhor Bom Jesus com a benção do Santíssimo Sacramento.
10h – Santa Missa na Basílica do Senhor Bom Jesus e Encenação Bíblica da Ressurreição de Cristo.
18h – Procissão do Triunfo de Nossa Senhora, saindo da Basílica do Senhor Bom Jesus rumo a Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Em seguida, Santa Missa, celebrada na Praça da igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição.
-







-

5521-JESUS ABENÇOA OS MANSOS DE CORAÇÃO
-
Acróstico nº 5521
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
J-Jesus, manso, humilde de coração,
E-Eterno Deus, Uno e Trino, Senhor
S-Sobre todas as coisas da criação,
U-Único Filho de Deus Pai, Rei do Amor,
S-Seja de nossa Família, o Protetor:
 -
A-Abençoa-nos, dando-nos inteligência,
B-Banindo para longe a VAIDADE;
E-Ensina-nos o CAMINHO da PAZ
N-Na humanidade onde a violência
Ç-Chega mais perto de cada um de nós!
O-O Senhor é nosso Pastor celestial:
A-Abra nossos corações à humildade;
 -
O-Ó Jesus Redentor, unido à Igreja,
S-Seja a força na Unidade total de Amor;
 -
M-Mostra-nos atividade apostólica
A-Ao dar testemunhos de vida,
N-No exercício da Fé e da Caridade;
S-Seja nosso GUIA da ESPERANÇA;
O-Ó Sagrado Coração de Jesus,
S-Santíssimo Sacramento, Filho
 -
D-Do Coração Imaculado de Maria
E-E de seu castíssimo esposo José,
 -
C-Conserve em nós a obediência:
O-Os Mandamentos da Lei de Deus,
R-Realize em nós os méritos da vivência;
A-A graça nesta vida e a glória eterna,
Ç-Complacente seja, com nossos erros;
Ã-Assegura-nos o perdão, a saúde e a
O-Oportunidade de aceitá-los sem resistência.
-
Belo Horizonte, 12 de fevereiro de 2014
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4690731