quinta-feira, 2 de abril de 2015

Sobre a brevidade da vida carta III-Sêneca



-//-



3745-HÁ TEMPO PARA TUDO
 -
Acróstico-informativo nº  3745
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
H-Há uma reflexão de Salomão, em Eclesiastes:
Á-A explicação sobre as vicissitudes a passar:
 -
T-Tempo para nascer,crescer e tempo para morrer...
E-Espalhar pedras para depois ajuntar aquelas pedras;
M-Mas de sofrer e curar, tempo de buscar e perder.
P-Palavras para falar exigem um tempo de calar-se.
O-O tempo de amar tem seu tempo de aborrecer.
 -
P-Para plantar, tempo de arrancar, podar e de colher;
A-Aguardar o tempo de sorrir e também o de chorar;
R-Receber a guerra, enfrentá-la para encontrar a Paz!
A-Abraçar e afastar-se; de usar, rasgar e de costurar...
 -
T-Tudo tem seu tempo certo, determinado, entende?
U-Um tempo de propósito debaixo do sol ardente:
D-Dizer que tudo é VAIDADE, em tempo presente!
O-O melhor é ouvir o sábio que aconselha e repreende!
-
Belo Horizonte, 15 de agosto de 2005.


-//-

3687-TUDO É VAIDADE-(Eclesiastes,1,Prólogo)
-
Acróstico-filosófico nº 3687
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
T-Tudo passa, mas a Terra subsiste.
U-Uma geração vai e outra vem...
D-Dia chega, mas também a noite existe;
O-O vento faz circuitos e volta também.
 -
É-E o que foi é o que será: o que acontece na
 -
V-Vida é o que há de acontecer. Nada é novo
A-Abaixo do sol que se levanta ao amanhecer,
I-Irradia esperanças e se põe com lembranças...
D-Diante da alegria, o homem ora, agradece,canta...
A-A tristeza faz chorar, orar e então ele se dispõe
D-Determinar ao refletir: “Vaidade das Vaidades”
E-Enfim, na vida terrena, “TUDO É VAIDADE!”
-
(Fonte: BÍBLIA: ANTIGO TESTAMENTO)
Belo Horizonte, Minas Gerais,BR, 20 de maio de 2011.
-*-


3682-AINDA BEM QUE TUDO PASSA
-
Poema de versos livres nº 3682
Por Sílvia Araújo Motta
-
Ainda bem que tudo passa...
No canto da mente,
eu conto também
a saudade que perpassa
na cama vazia,
de tristeza somente...
Perdi a conta
das horas perdidas
tentando saídas...

Ainda bem que tudo passa
na enxurrada, rio ou mar.
As águas que espero
chegam transparentes;
trazem o que quero
das boas sementes:
saúde, paz, amizade que faz
curtir as paixões
que espantam a dor...
-
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil,
quarta-feira, 18 de maio de 2011.
-


5755-NADA ALÉM DE UMA ILUSÃO
-
Acróstico nº 5755
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
N-{NADA além de uma linda ilusão!}
A-Acreditei nas mentiras do AMOR!
D-Dei todos os meus planejamentos,
A-Assinei documentos de sofrimentos;
 -
A-Assim, não quero mais ter AMOR!
L-Linda ilusão é apenas o que mereço!
É-Eu me entreguei totalmente...e afinal?
M-Molhei lenços e não quero mais chorar!
 -
D-Decepção? Não pretendo mais ter!
E-Eu cansei de esperar a esperança!
 -
U-Uma lembrança sequer, tenho
M-Mais daquela ALIANÇA que usei!
A-As mãos não usam nenhum anel!
 -
I-Impossível será aceitar colocar de novo
L-Lindas joias de brilhantes! Doei todas!
U-Um dia prometi que eu a usaria todo dia!
S-Se o amor só me causou dor foi melhor
Ã-A ilusão passar! Devagar voltarei à alegria!
O-Os dedos escrevem o que a decepção me diz!
---TUDO PASSA...EU TAMBÉM PASSEI!---
-
Belo Horizonte, MG, 29 de janeiro de 2015.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5119033


-

4491-TUDO QUE NÃO CONSEGUIR SER
-
Acróstico-filosófico nº 4491
Por Sílvia Araújo Motta-BH/MG/Brasil
-
T-Tempo passa e deixa das ilusões,
U-Últimas lembranças registradas
D-Dos momentos idos e bem vividos...
O-Oferecem exercícios das emoções!
 -
Q-Quantas páginas em branco, viradas
U-Uma ou outra a mostrar vitória
E-E leva tudo para a própria história.
 -
N-No pequenino grão de areia na pedra,
Ã-Alimentado pelo raio do Rei Sol
O-Ostenta radiante seu aspecto brilhante
 -
C-Com a magnitude das estrelas;
O-O universo comprova nossa pequenez...
N-Nós somos imperfeitos...Perfeito?
S-Somente UM que cria e rege o mundo;
E-Em SEU TRONO dá-nos livre arbítrio,
G-Garantindo SEU Amor profundo...
U-Uma oportunidade ao SER e FAZER...
I-Infelizmente, TUDO vai passando...
R-Recordar é bom... mas faz avaliar
 -
S-Sempre o que não conseguimos SER!
E-É difícil aceitar imposições, lições,
R-Razões de sobra ao sofrer ingratidões.
-
Belo Horizonte, 26 de junho de 2012.
-
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/3745323
---***---



3870-VENTURA É FEITA DE AMANHÃS
-
Acróstico  nº 3870
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
V-Vesti-me de esperança e alegria
E-E quis correr o risco de acertar...
N-Na manhã azul ensolarada
T-Tudo a meu favor para o amor!
U-Um minuto de sabedoria
R-Recomendei ao coração
A-Aliado à minha boa sorte!
 -
É-Enfrento a luta e persisto!
 -
F-Felicidade não depende de acaso...
E-E por isso, tenho a coragem
I-Irresistível, sem cansar-me
T-Trago a meta do saber querer...
A-Agora, resta-me planejar
 -
D-Dias venturosos e sonhar
E-Entre o possível e o impossível,
 -
A-A realização do bem fundamental;
M-Mágoas, não cabem neste espaço!
A-A nova pulsação leva à meta futura:
N-Navegar é preciso! Depende de mim!
H-Hoje meu erro, transforma a pura
Ã-Alteração da experiência natural:
S-Sou pó! Poeira! Tudo vai passar!
-
Belo Horizonte, 5 de setembro de 2011.

---***---


5778-TOMADA DE DECISÃO
-
Acróstico nº 5778
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
T-Tomar decisão consciente é AGIR!
O-O largo passo da opção é o melhor:
M-Marca a atitude após um reagir...
A-Aqui, agora deves dizer: Eu te amo!
D-Deixar para depois? Não vale mentir!
A-Amanhece, entardece e anoitece...
 -
D-De repente descobres:-A vida é breve!
E-Então, carregues bem a tua CRUZ!
 -
D-Deves por LUZ e FÉ no que fazes!
E-Esperança é a meta que te conduz.
C-Com certeza, o TEMPO está a passar;
I-Infelizmente, nunca mais voltará...
S-Sabe-se que a oportunidade que passou,
Ã-Agora é tarde para reclamar:-Passarão
O-Os que foram ÁGUA em minha VIDA!
---A PONTE CONTINUA NO MESMO LUGAR!---
Belo Horizonte, MG, 10 de fevereiro de 2015.
-
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5132475

-

4156- TRAMA SIMBÓLICA
-
Acróstico informativo nº 4156
Por Sílvia Araújo Motta
-
T-Tramas? Traumas? Dramas?
R-Refletem nos sintomas cruéis...
A-Apresentam dor ao que se passa:
M-Males do interior do indivíduo,
A-As decepções amorosas, acidentes,
 -
S-Sentimentos inexplicáveis, perdas,
I-Insistentes cobranças financeiras,
M-Modos diversos de ações pendentes,
B-Bloqueios por males circunstanciais...
Ó-O ser humano deveria tentar evitar
L-Liberação dos inimigos sintomáticos!
I-Indiscutível visão milenar pode ensinar:
C-Certamente não existe nenhuma pessoa sã:
A-A doença é uma Trama Simbólica.
-
Belo Horizonte, 19 de dezembro de 2011.

---***---


5472-VIVER É MORRER A CADA DIA
-
Acróstico-filosófico nº 5472
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
V-Viver é morrer a cada dia e, por isso,
I-Insisto para ser mensageira da alegria!
V-Vale a pena valorizar a hora inteira
E-Em que a felicidade faz-nos companhia!
R-Rir, amar, cantar e perdoar, sobremaneira...
 -
É-E até mesmo quando a dor vier nos visitar,
 -
M-Mostrar que a água do mar é passageira...
O-O próprio viver traz o caminho do morrer!
R-Recordando o português Fernando Pessoa
R-Reavaliamos o curto tempo desde o nascer...
E-Esperançoso para conseguir cumprir o porvir,
R-Reescrito nas entrelinhas prontas para ler
-
A-A página virada que é excluída do calendário
 -
C-Contando a lua cheia ou quarto-minguante...
A-À espera da lua nova ou no crescente diário;
D-Dias e noites, para um sonho lendário cantante,
A-Apontam soluções para ver o ideal realizado...
 -
D-Diversas reflexões deixam-nos úteis lições:
I-Importa é saber que cada segundo é um passado
A-A menos a bater forte no coração predestinado!
      ---VALE A PENA VIVER CADA DIA!---
Belo Horizonte, Minas Gerais, 17 de janeiro de 2014.



1768 –MITO DA CAVERNA REFLEXÃO FILOSÓFICA (Livro:Direito & Poesia-Uma Metáfora)

Acróstico Nº 1768
Por Sílvia Araújo Motta

M-Mito da Caverna é uma exposição platônica,
I-Indagação destinada a buscar a razão e a verdade.
T-Três atividades filosóficas sobre a realidade,
O-O saber e a ação: análise, reflexão e crítica.
 -
D-Denominada no livro VII da “República” de Platão
A-Alegoria da teoria do conhecimento e sua paidéia.
 -
C-Caverna? É o mundo sensível das aparências em que se vive.
A-As sombras? Coisas materiais e sensoriais na percepção.
V-Vários preconceitos, opiniões, imposiçãos são cadeias...
E-Em nossa percepção, o que nos leva a crença é a
R-Realidade. O prisioneiro que se liberta da caverna,
N-Na verdade é o FILÓSOFO inconformado, que escapa,
A-Apesar do sofrimento físico tem a mente aberta.
 -
R-Razões de sobra apontam condições adversas;
E-Enfrentar com razão, obstáculos externos no caminho
F-Feio, íngreme, difícil para chegar à essência da idéia:
L-Liberdade.O sol é a luz plena do ser, o BEM,
E-É a verdade. O sol da verdade no mundo é o
X-“X” da questão: FILOSOFIA é o instrumento
Ã-Apropriado para libertar o acorrentado,rebelde,curioso e
O-Os outros prisioneiros, pela dialética,rumo à realidade.
 -
F-Filosofia é a “busca do FUNDAMENTO”
I-Indagando: “princípios, causas e condições”
L-Logo “busca também o SENTIDO das coisas”
O-O que é? Como é? Para que? Por que é?
S-“Significação e finalidade” produzem reflexões!
Ó-O homem é um ser pensante, agente,
F-Falante. Filosofia é a arte do bem-viver.
I-Indagações filosóficas são sistemáticas
C-Com “enunciados precisos,rigorosos, corretivos.”
A-A busca exige fundamentação racional.
-
Belo Horizonte, 24 de fevereiro de 2008.

Para reflexão:

1-A paidéia, alegoricamente, descrita no mito, é "uma conversão no olhar", isto é, a mudança na direção de nosso pensamento, que, deixando de olhar as sombras (pensar sobre as coisas sensíveis), passa a olhar as coisas verdadeiras (pensar nas idéias). Vale refletir por que a maioria prefere ficar prisioneira na caverna.Comodidade é mais fácil...

2-Paidéia relacionada de forma intrínseca à Alétheia que é o que foi arrancado do esquecimento e do ocultamento, fazendo-se visível para o espírito, embora invisível para o corpo. Alétheia é uma palavra negativa (a - létheia), significando o não esquecido, não escondido.
A verdade é uma visão, visão da idéia, do que está plenamente visível para a inteligência e, por ser visão plena, a verdade é evidência. A luz é a meditação entre aquele que conhece e o aquilo que se conhece.

3- A Filosofia é educação ou pedagogia para a verdade?
Proposta de analogia entre os olhos do corpo e os olhos do espírito/alma quando passam da obscuridade à luz: assim como os primeiros ficam ofuscados pela luminosidade do Sol, assim também o espírito sofre um ofuscamento no primeiro contato com a luz da idéia do Bem que ilumina o mundo das idéias.

4- A verdade é uma visão, visão da idéia, do que está plenamente visível para a inteligência e, por ser visão plena, a verdade é evidência.

Fonte: Afirmações do FILÓSOFO ALEMÃO MARTIN HEIDEGGER, num ensaio intitulado "A DOUTRINA DE PLATÃO SOBRE A VERDADE".
http://www.comunidade.sebrae.com.br/educacao/Artigos/8150.aspx
---***---
Curiosidades/Pequenas diferenças:
Do grego “alethéia”=Significa descobrimento.Verdade descoberta pela razão.
Em latim “veritas” = Verdade assumida pelos fatos, pela comprovação dos fenômenos
Verdade do árabe “emunah”= verdade, porém a busca da verdade pela confiança.
Fonte:
http://paideiadigital.blogspot.com/2006/03/emunah.html

---***---


SE EU PUDESSE... 

Se eu pudesse dizer tudo que sinto, diria palavras bonitas em seu ouvido. Cantaria letras de músicas e te faria chorar emocionada.

Escreveria poemas que teriam seu nome, só pra poder dizer o quanto é especial. Te chamaria pra sair na chuva e, de mãos dadas, não te largaria mais.
Se eu pudesse te abraçaria todo dia e beijaria seu rosto bem forte. 

Te desejaria bom dia, boa tarde e boa noite. Faria surpresas, daria um bombom como presente e em troca só iria querer um beijo. Ah, se eu pudesse ser seu anjo da guarda, não desgrudaria de ti um segundo que fosse. Te levaria para voar o mais longe que quisesse e, como crianças, dançaríamos entre nuvens e céus. 

Pediria a Deus o seu sorriso pra mim e guardaria numa caixinha que eu jamais perdesse... Nos piores dias da vida, abriria e iria sorrir também, com certeza. 

Se eu pudesse fazer tudo que tenho vontade, te seqüestraria e fugiria contigo pra bem longe. Viveria o resto de minha vida ao teu lado, porque só assim eu morreria feliz. 

Faria sonhos bonitos pra você, para que estivesse sempre perto de mim e nunca se esquecesse que existo. Te faria triste pelo menos um dia, para saber que não sou perfeito, e que me preocupo contigo. E o resto dos dias, tentaria ser o mais perfeito possível. 

Te pediria em namoro todos os dias, e com rosas e poesias iria tentar te conquistar. Se eu pudesse, te telefonaria toda noite pra dizer um “oi, bons sonhos”. 
Seria seu melhor amigo e te contaria todos meus segredos... E iria adorar ouvir os seus; Como adoraria ter segredos com você, só seus e meus. 

Se eu pudesse, conversaria com você horas e horas. Te faria rir sem parar, e também te faria fechar os olhos ao saber o quanto fui triste até tal momento. 

Contaria toda minha vida, e veria que nada foi tão importante quanto você. 

Se eu pudesse, seria pequeno para que você cuidasse de mim. Pediria suas mãos em meu cabelo, e sua respiração em meu ouvido. Ficaria doente um pouco todo dia, e faria de ti minha cura. 

Sentiria frio com tua ausência, e gritaria bem forte para que viesse correndo me aquecer. 

Sim sim, se eu pudesse, escreveria teu nome em todo lugar. Na minha mão, carteira de escola, folhas de papéis e muros da cidade. 

Ficaria ansioso e colocaria a minha melhor roupa, usaria o perfume mais gostoso que tenho, só para te encontrar. 

Se pudesse, sentiria ciúmes e demonstraria a você, e como adoraria que você tivesse ciúmes de mim também. Diria a todo instante o quanto está linda, e te pediria pra vir correndo para ver o quanto me sinto bonito também. 

Faria de teus olhos o meu paraíso, de tua boca meu pecado, de seu coração... Somente meu. Me esqueceria de tudo e de todos.

Fecharia meus olhos e seguiria em frente com você, sem medo de cair ou chorar.
Faria de cada momento ao teu lado, infinito, eterno. 
Se eu pudesse, fingiria que tudo é verdade e pensaria em ti como só minha... 

Somente minha e de mais ninguém. Se eu pudesse, só te amaria e mais nada. Ah! Se eu pudesse...


Meck


http://www.jcnet.com.br/editorias_noticias.php?codigo=122574&ano=2008