sábado, 6 de junho de 2015

Poemagem Nº 04-ÁGUIAS SÃO INCOMPREENDIDAS NA SOLIDÃO-Acróstico Nº 5924-Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil


-


-


Poemagem Nº 04-ÁGUIAS SÃO INCOMPREENDIDAS NA SOLIDÃO-Acróstico Nº 5924-Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-

ÁGUIAS SÃO INCOMPREENDIDAS NA SOLIDÃO
-
Acróstico-filosófico Nº 5924
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
Á-Águia pode levar até um ano para voar alto,
G-Garante seu tempo certo de amadurecimento;
U-Uma PESSOA verdadeira deve saber buscar,
I-Insistentemente, vencer seu ideal positivo...
A-Águias ensinam: -Não tenham medo de ficar
S-Só! Elas não andam em bandos...e nem
 -
S-Se fatigam só porque, sempre confiam nelas!
Ã-Aos HOMENS que estão incompreendidos: -Basta
O-Olhar à frente, e pensar que tudo é possível,
 -
I-Independente de serem criticados, continuam
N-Na utilização das últimas forças humanas...
C-Conscientes enfrentam qualquer luta terrível ,
O-Oferecem o corpo e a mente à PAZ de Deus!
M-Muito corajosas, as águias saem vitoriosas:
P-Podem perder as penas, mas vão sem medo
R-Revelam esperança, amor no que fazem
E-E seguem em frente...voam altíssimo...
E-E alcançam os picos, antes inatingíveis;
N-Não se lamentam, principalmente no momento
D-Da partida desta terra! O Profeta Isaías
I-Indica-nos seguir o exemplo das ÁGUIAS:
D-Destemidas, temidas e condenadas voam
A-Acima das tempestades e das nuvens, pois o
S-Sol brilha após o Caminho das Tormentas.
-
Belo Horizonte, sábado, 6 de junho de 2015.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5267939
-
http://academiadeletrasdobrasildeminasgerais.blogspot.com.br/2015/06/poemagem-n-04-aguias-sao.html