sábado, 14 de novembro de 2015

RASTREANDO A VERDADE (I) - Introdução-Klinger Sobreira de Almeida – Militar Ref./PMMG e membro ALJGR-Noneto Nº 20-Soneto nº 6.066-Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil





Rastreando a Verdade (I)
- Introdução -
“Quando eu saí em direção ao portão que me levaria à liberdade, sabia que, se não deixasse minha amargura e meu ódio para trás, ainda estaria na prisão” (Nelson Mandela)
Na série anterior – Falácias da Vida Humana – após uma introdução, alinhavei, a meu ver, as quatorze principais falácias: (1) Entronizar o TER... Em detrimento do SER; (2) Dinheiro Traz Felicidade... (3) Detentor do Poder... Dono da Verdade!... (4) À Violência!... Opõe-se a Violência; (5) Tive Sorte!... Fui Azarado!... (6) Cinismo!... Atitude Padrão; (7) “Estopim Curto”! Atributo Positivo; (8) Resignação! Uma Virtude... Ou Revolta! Válvula de Escape... (9) Meu Karma; (10) Problemas/Perdas! Fuga Como Solução; (11) Verborragia! Característica de Afirmação; (12) Meio!... Influência Inelutável; (13) QI Elevado! Sucesso na Vida; (14) Medo da Morte.  
Encerrando a série, alertei que, arrolando as falácias de maior incidência, outras poderiam ser agregadas ao rol. Ficou, assim, um campo aberto à reflexão, pois as falácias que, muito vezes nos fazem perder uma travessia humana, são introjetadas  no viajor terrestre por uma vasta gama de situações individuais: baixo nível consciencial (moral), caráter inconsistente ou frágil, ignorância prevalecente, pendor aos atrativos ilusórios, ego exacerbado (egoísmo), domínio do medo por fraqueza psíquica etc.
Agora, com o mesmo propósito – abertura à reflexão, discussão, debate, contestação, entrechoque de ideias – desenvolvo uma nova série: Rastreando a Verdade. Inspira-me, na abordagem do tema, aquela convocação milenar do Mestre dos Mestres: “Se permanecerdes na minha palavra, sois realmente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8:31,32). Sim! A Verdade liberta, Jesus sintetizou. Ele e outros avatares que iluminaram períodos da humanidade vêm mostrando-a, colocando-a no painel da vida – Khrisna, Sócrates, Confúcio, Lao Tse, Buda, Kardec, Hermann Hesse, Gibran, Gandhi, Rohden, Emmet Fox... – porém o Ser Humano em sua viagens evolutivas, a maioria ainda engatinhando em estatura moral, não a entende, nem a compreende nem a internaliza. Isto, apesar de ouvi-la até insistentemente, lê-la com assiduidade e, muitas vezes, estudá-la na fonte.
Conhecer a verdade vai muito além do ouvir, ler, estudar... Não é o conhecimento linear que abre as veredas da verdade. Por exemplo: Um pequeno  documento histórico fácil de ler, e muito lido – Sermão do Monte, Mt  Cap V a VII) – contém todas as “verdades” que, se praticadas integralmente, impulsionarão o Ser Humano aos píncaros da glória cósmica. Quem pratica as “verdades” incontrastáveis contidas no Sermão do Monte? Quem as internalizou na plenitude? Uma minoria insignificante. A maioria, quando não as compreende nem as entende, preconiza impossível cumpri-las.
Rastreando a Verdade, tendo por fonte os mensageiros iluminados – filósofos, escritores, missionários, profetas...–  estarei refletindo sobre a melhor via de compreensão e entendimento da “Verdade Real”, aquela que liberta, aquela que não se apresenta como falácia enganadora e ilusória.

Klinger Sobreira de Almeida – Militar Ref./PMMG e membro ALJGR
-



SONETO À VERDADE [1º DA SÉRIE]
-
Noneto-Poético-Teatral Nº 20-Soneto nº 6.066
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil(*)
Comentando [Rastreando a Verdade] [I]
De Klinger Sobreira de Almeida.
-
klinger Almeida, em quinze e belos textos
mostrou [Falácias], causas...seus efeitos,
porque a mentira esconde mil pretextos;
-Os argumentos firmes são perfeitos.
-
Vem [Rastreando] fontes; tem contextos
nos hipertextos, temas são eleitos,
pura [VERDADE] colhe vez; pós-textos
trazem questões, renovam meus conceitos.
-
Falar verdade é simples, fácil, sim!
A liberdade traz a paz, liberta;
a realidade é um templo dentro em mim.
-
Razão propõe resposta, então revela,
Verdade quer luz, mente clara, aberta:
-Somente DEUS está acima dela.

-
Belo Horizonte, sexta-feira, 6 de novembro de 2015.
-
(*)Soneto-Clássico-sáfico- heroico; com sílabas fortes//
na 4ª, 6ª, 8ª; 10ª sílabas  Rimas: ABAB, ABAB,CDC, EDE;
Noneto com 9 solos: jogral-teatral-toante-cantante-poético:
CORO:Rimas: AACEE-somente uma voz com apenas 5 instrumentos musicais apenas.
SOLOS: Rimas: BAB-BAB-DC-D-9 vozes acompanhadas por solos de instrumentos musicais.
(Noneto musical criado por Villa Lobos)
(Noneto poético recriado por Silvia Araújo Motta)
Mensagem conclusiva no 14º Verso( Último do segundo terceto).
-
http://www.recantodasletras.com.br/sonetos/5455161