sexta-feira, 20 de maio de 2016

"Sorri" ( Smile ) by Cauby Peixoto.


-


SORRI
SMILE


SORRI - Versão: João de Barro (Braguinha)

Sorri
Quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos, vazios
Sorri
Quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador
Sorri
Quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados, doridos
Sorri
Vai mentindo a tua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz


ORIGINAL-CHARLES CHAPLIN


Smile
Smile, though your heart is aching
Smile, even though it's breaking
When there are clouds in the sky
You'll get by...
If you smile
With your fear and sorrow
Smile and maybe tomorrow
You'll see the sun come shining through, for you
Light, up your face with gladness
Hide, every trace of sadness
Although a tear may be ever so near
That's the time you must keep on trying
Smile, what's the use of crying?
You'll find that life is still worthwhile
If you'll just smile
That's the time you must keep on trying
Smile, what's the use of crying?
You'll find that life is still worthwhile
If you'll just smile.

Sorria
Sorria, embora seu coração esteja doendo
Sorria, mesmo que ele esteja partido
Quando há nuvens no céu,
Você conseguirá...
Se você sorrir
Com seu medo e tristeza
Sorria e talvez amanhã
Você verá o sol brilhando, para você
Ilumine seu rosto com alegria
Esconda qualquer traço de tristeza
Embora uma lágrima possa estar tão próxima
Esse é o tempo que você tem que continuar tentando
Sorria, o que adianta chorar?
Você descobrirá que a vida ainda continua
Se você apenas sorrir
Este é o momento que você tem que continuar tentando
Sorria, de que adianta chorar?
Você descobrirá que a vida ainda continua
Se você apenas sorrir


Enviado em 10 de fev de 2011
Para homenagear o grande Cauby Peixoto no dia de seu aniversário, resolvi colocar aqui uma raridade: "Sorri", versão em português de "Smile", música composta por Charlie Chaplin com letra feita por John Turner e Geoffrey Parsons .

A versão para o português feita por João de Barro.

Esta é uma de minhas músicas favoritas do imortal Cauby.

Espero que vocês gostem!

Parabéns, Cauby!