segunda-feira, 16 de outubro de 2017

DIMARRYE CARABAJAL - Homenagem-Acróstica Nº 6599 Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil



-



-






6599-DIMARRYE CARABAJAL

-

Homenagem-Acróstica Nº 6599

Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil

-

D-Dimarrye, és a mais nova princesa univérsica,

I-Iluminada para a trajetória da anuência cósmica!

M-Movimento Nacional dos Elos Literários, neste dia,

A-Assumiu o lançamento de tua Medalha, na certeza

R-Recomendada "à pureza da resposta das crianças"

R-Referência pela presença nos EVENTOS ELISTAS;

Y-Yes! És a estrela do lindo amor, real, incondicional:

E-Ela, Mãezinha Dra. Dinalva e ele, Dr. Mário Carabajal,

 -

C-Com todas as honrarias, alegrias do Patrono do MNEL,

A-Aceito e eleito por unanimidade, na Grande Síntese da Verdade;

R-Recebendo versos nas pétalas perfumadas da primavera;

A-Aqui espargindo olor da gratidão, enorme expressividade

B-Belorizontina da ALB/MG e da ALBRMBH, nas Minas Gerais!

A-A brisa metafísica traz a voz de Vovó Manuela Cacilda sorrindo,
J-Jamais esquecida, por unidos laços, molhados pela emoção:
A-"A bênção, netinha; que DEUS te proteja e aos teus pais com
L-Luz, Paz, União, Amizade, Confiança, Perdão, Paciência..."
                  ---SEJAM MUITO FELIZES!---
Belo Horizonte, MG, Brasil, 14 de outubro de 2017.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/6144671
-
https://academiadeletrasdobrasildeminasgerais.blogspot.com.br/2017/10/dinamarrye-carabajal-homenagem.html
-

-


-








quinta-feira, 12 de outubro de 2017

FELICIDADE - Noneto-Poético-Teatral Nº 86-Soneto nº 6.596 Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil

-
FELICIDADE
-
Noneto-Poético-Teatral Nº 86-Soneto nº 6.596
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
Gravitação dos corpos leva o ser
a dirigir-se com esperança ao fim;
a mente humana sempre quer vencer...
Felicidade sei achar em mim.
-
É o otimista que consegue ver
cumprir os planos com o valor do sim,
simples instante faz causar prazer;
vale o arremesso à meta, ao alto, enfim:
-
_Quem é feliz aplaude cada cor!
Todo começo é impulso à nova ação
do Criador que é Nosso Rei e Senhor.
-
Fugaz momento, o tempo vem propor,
saborear o que detém na mão:
_Felicidade está na Paz e Amor.
-
Email:clubedalinguaport@gmail.com
Belo Horizonte, MG, 12 de outubro de 2017.
-
(*)Soneto-Clássico-sáfico- heroico; com sílabas fortes na 4ª, 6ª, 8ª; e 10ª sílabas - Rimas: ABAB, ABAB, CDC, EDE; Noneto com 9 solos: jogral-teatral-toante-cantante-poético: CORO:Rimas: AACEE-somente uma voz com apenas 5 instrumentos musicais . SOLOS: Rimas: BAB-BAB-DC-D-9 vozes acompanhadas por solos de instrumentos musicais. (Noneto musical criado por Villa Lobos). (Noneto poético recriado por Silvia Araújo Motta). Mensagem conclusiva no 14º Verso (Último do segundo terceto).Email:clubedalinguaport@gmail.com
-
http://www.recantodasletras.com.br/sonetos/6140760
-
https://academiadeletrasdobrasildeminasgerais.blogspot.com.br/2017/10/felicidade-noneto-poetico-teatral-n-86.html
-

Consagração à Nossa Senhora com o Papa Francisco

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

SONETO À VERDADE XLIX-PRESUNÇÃO - Noneto-Poético Nº 84-Soneto nº 6.594- Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil Interação da reflexão de Klinger Sobreira de Almeida

-

6594-SONETO À VERDADE XLIX-PRESUNÇÃO
-
Noneto-Poético-Teatral Nº 84-Soneto nº 6.594
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
Interação-interpretativa da reflexão de
Klinger Sobreira de Almeida, Cel.PM.Ref.
-
Toda imodéstia impede ter sucesso;
a petulância ofende, afasta e nega;
a liderança forte, fácil, meço;
obreiro cresce e seu valor carrega.
-
Que presunção: querer só ter excesso;
acertar algo, quando se erra a entrega;
simplicidade, ao meu Senhor eu peço!
Fugaz riqueza, em vida, sempre cega.
-
O presunçoso cria seu castelo;
do patamar tão alto o tombo é certo,
quando o poder cai, surge novo elo.
-
O humilde sábio não se julga rei;
sabe entender com seu olhar aberto:
_Na presunção só reina o tolo, sei.
-
-Email:clubedalinguaport@gmail.com
Belo Horizonte, MG, outubro de 2017.
http://www.recantodasletras.com.br/sonetos/6137473
-
https://academiadeletrasdobrasildeminasgerais.blogspot.com.br/2017/10/soneto-verdade-xlix-presuncao-noneto.html
-
Prezadas leitoras,
No rastreamento da verdade, não temos a pretensão de detê-la; trata-se de uma incógnita fugidia. Todos os temas - exercício de reflexão! - estão sujeitos ao contraditório, pois, reprisando, “é do entrechoque de ideias que nasce a luz”. O tema XLIX: PRESUNÇÃO→Reino dos Tolos - colocado à sua apreciação, adentra à seara da tolice, que, infelizmente, adorna parte da humanidade.
Saudações Acadêmicas,

Klinger Sobreira de Almeida – Cel. PM QOR
Presidente da Academias de Letras João Guimarães Rosa/PMMG
Membro Correspondente Academia Valadarense de Letras
-
Rastreando a Verdade (XLIX)
PRESUNÇÃO→Reino dos Tolos
Presunção, na objetividade de Houaiss, é “opinião demasiado boa e lisonjeira sobre si mesmo (...) demonstração pública dessa opinião; imodéstia, pretensão, vaidade...” Presunçoso: “... aquele que se supõe melhor, mais bonito, superior, mais inteligente, mais capaz...”
Há muitos anos, quando do momentoso caso do mensalão, li uma reportagem investigativa, em que o jornalista garimpou a vida daquele que ensinava o “mapa da mina” aos políticos e empresários. O personagem, hoje cumprindo pesada pena, estava no auge da riqueza e era tido como superdotado de inteligência.
Segundo o repórter, o orientador das grandes tramoias que, habilidosamente,  lesava o erário da nação, estudara em escola pública. Era aluno das melhores notas. Certa feita, o professor questionara-o sobre inobservância da recomendação para levar borracha durante a prova. Sua resposta, em alto e bom tom: - não preciso de borracha; eu não erro. Por sua atitude, vaidosa e petulante, recebeu o apelido de BG (Bom Geral). Foi esse BG, que se reputava o mais inteligente dos homens – o consultor-mestre dos meandros da corrupção – que viu o mundo ruir diante de sua presunção.
Há um grande contingente de seres humanos que, alcançando sucesso ou êxito nos empreendimentos da travessia – político, econômico, sindical, estudantil etc – se inebriam, julgam-se donos da sabedoria terrena e/ou os mais poderosos. Navegam em egoísmo. Não erram. Apresentam-se como imbatíveis. Inteligência privilegiada. Donos do segredo da vida. Situam-se nos patamares fictícios de superioridade.
Não só nos altos estamentos sociais ocorre o fenômeno do “achar-se superior em tudo e absoluto nas verdades”. Mesmo em funções subalternas na área de operações, tal ocorre, e até com certa frequência. Às vezes um obreiro simples, que tem convivência harmônica com seus companheiros de trabalho, quando alçado a uma situação de fiscal de setor ou supervisor, torna-se “senhor absoluto”: só ele sabe das coisas; é o superior em poder, inteligência... Logo, logo, atrita e fica sem condições de liderar. Tive experiências com mecânicos e motoristas no meu tempo de dirigente de transportes.
A vida, segundo o dito popular, dá, nega e tira. Um dia, o castelo desaba. Assim, foi com Napoleão que, julgando-se o estrategista supremo, defrontou-se com um desconhecido e humilde anti-herói inglês e foi abatido. Assim tem sido com muitos ditadores, empresários, funcionários, políticos e pseudolíderes que, no auge do poder ilusório, encontram seu Waterloo.
O autêntico sábio é humilde; nunca arrota superioridade.  Conhece, na infinitude cósmica, seus limites no finito. Veja o exemplo de Sócrates: Só sei que nada sei. Na sua linha seguiram Abraham Lincoln, Albert Einstein, Mahatma Ghandi...
           Presunção é o insidioso vírus que se apega ao ignorante, ao ingênuo, ou ao descuidado. Também se apossa de todo aquele que, embora tenha alguma inteligência ou sagacidade, não alcançou um razoável nível consciencial.
            O Presunçoso sempre pensa que É o mais... Porém, vivendo no reino da tolice, É apenas um tolo. Ilude-se a si próprio: Não É o que pensa que É.    


Klinger Sobreira de Almeida – Mil. Ref./ Membro ALJGR/PMMG


sábado, 7 de outubro de 2017

Sessão Solene Outubro/07/2017 na ALJGR-Academia de Letras João Guimarães Rosa da PMMG

































-

Enviado: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 14:21
Para: Jair Barbosa da Costa, Presidente Ad Vitam, sua Família, seus amigos, confrades e confreiras,

07 de outubro p. vindouro, sábado, de 08h30 às 10h30, estaremos comemorando os 22 anos. 06 personalidades serão agraciadas com a Medalha Cultural “Cel. Saul Alves Martins”. O Acadêmico Presidente Ad Vitam – Jair Barbosa da Costa – consagrado Mestre do Idioma Camoniano e um dos baluartes do Sodalício, brindar-nos-á com uma palestra sobre a Trajetória Evolutiva de nossa Academia.
Em anexo, o convite que estamos enviando às pessoas que vão abrilhantar nossa Sessão Solene. Envio-lhes, apenas para conhecimento, porque cabe a todos nós, membros deste Areópago Rosiano, receber os convidados a partir das 08h00 no Salão Nobre da APM, Rua Diábase, Prado, participando do Café-Mineiro.
Conto com a presença de todos. E será um prazer o acompanhamento dos familiares.
Saudações Rosianas,

Klinger Sobreira de Almeida – Cel. QOR
Presidente ALJGR/PMMG
-

Cadeira 7-Acadêmico JAIR BARBOSA DA COSTA
ACADÊMICO-FUNDADOR
Ex-Presidente da ALJGR-PMMG

Acróstico-biográfico nº 0177-Por Sílvia Araújo Motta

J-Jair, Acadêmico atuante, Presidente “Ad-Vitam.”
A-Autor de “Ensaiando a Crítica”. Palestrante.
I-Ideário temático, íntegro, literário e estético:
R-Relaciona o Saber e Poder ao Pedagógico.

B-Brilhante Coronel-PM, Professor Universitário,
A- A defender a unidade, a pureza e a beleza,
R-Requintes da  culta e rica Língua Portuguesa.
B-Base para o valor da Comunicação Social.
O- O criador  de  “Vesperal de Vésperas”,
S-Semeia “contos” frutos, na arte da prosa,
A-Amadurecida herança, lusíada cultural.

D-Dedicado Presidente dos Elos Lusófonos
A- A trabalhar pelos ideais luso-afro-brasileiros.

C-Co-autor das valiosas “Palestras Camonianas”.
O- O exímio Editor e Redator em Jornais de Minas.
S-Sustenta atuação em Tese Elista Internacional,
T-Transcende ideologias e mares para valorizar
A- A“Força Bruta da Comunicação de Massa.”
-
Belo Horizonte, 6 de junho de 2000.
(*) Ten-Cel  Jair Barbosa da Costa,
ocupa a Cadeira 07 na ALJGR/PMMG
Acadêmico  Fundador e Presidente “Ad Vitam”
Patrono: José Lourenço de Oliveira.

-

JAIR BARBOSA DA COSTA
LANÇA LIVRO CANTO CAVALARIANO DIA 13 DE AGOSTO
DURANTE A REUNIÃO DA ALJGR/PMMG
-
Acróstico-crítico-textual nº 3831
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG
Parceira-Assessora da ALJGR/PMMG.
-
J-Jair Barbosa da Costa, Tenente-Coronel,
A-Acadêmico Efetivo-Comunial-Escritor,
I-Inesquecível atuante Presidente-Fundador da
R-Reconhecida Academia de Letras JGR/PMMG...
 -
B-Bem marcada ficou a data de 13/agosto/2011:
A-Apresentação de uma Obra de valor literário!
R-Reminiscências de TEXTOS extraordinários.
B-Bela capa traz o CANTO CAVALARIANO:
O-Onde lanças cruzadas no animal, lembram as lutas,
S-Significativas para seu êxito e do ser humano,
A-A partir da Cavalaria da Corporação Tiradentes...
 -
D-Da trilogia: LANÇA x CAVALO x HOMEM,
A-A sensibilidade epilírica luso (filo) fônica.
 -
C-Com 296 páginas de memórias e homenagens,
O-Organizado em Língua Portuguesa, na Capital,
S-Seleciona temas sobre sua Carreira Militar...
T-Trabalho árduo, críticas literárias e vitórias...
A-Aprovação do seu valor de Escritor Imortal.
                      ---PARABÉNS!---
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/3158488
Belo Horizonte, sábado, 13 de agosto de 2011.
-

JAIR BARBOSA DA COSTA
Nascido em Rio Casca-23 de setembro
-
Acróstico Histórico-Biográfico nº 0074
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
Belo Horizonte, 6 de junho de 2000.
Ex-Ocupante da Cadeira 24
Patrono: Ayres (Aires)  da Mata Machado
Área: Ciências Humanas
Seção: Filologia
Fonte:Publicação virtual no Site Recanto das Letras:
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/73653


-

https://academiadeletrasdobrasildeminasgerais.blogspot.com.br/2017/09/palestra-de-cel-jair-barbosa-da-costa.html
-

Boa tarde Sr.Cel Klinger,
Incumbiu-me a senhora Tenente Débora (chefe da SMA/CAE) de informar que o Sr.Cel Queiroz, Comandante da APM, autorizou a cessão do Auditório Pau Brasil para o evento da Sessão Solene de comemoração dos 22 anos da Academia de Letras João Guimarães Rosa/PMMG, que ocorrerá no dia 07 de outubro (sábado).
Informamos que a chave do referido auditório será deixada no Serviço de dia da APM, e o Oficial de dia da APM (1º Ten PM LUIZ EDUARDO Mateus Machado) será responsável pelo acompanhamento do evento.

Qualquer dúvida entrar em contato com a seção da SMA/CAE através do telefone (31) 2123-9588.
Gentileza acusar o recebimento deste email,


Respeitosamente,

Alessandra
Aux.SMA/CAE
-