quarta-feira, 26 de abril de 2017

Flores do campo-Poema do Coronel Saul Alves Martins classificado, em 1951, pela Federação de Letras do Brasil, um dos dez melhores sonetos mineiros da fase contemporânea



-
Publicado em 21 de fev de 2015
Homenagem ao ilustre Januarense Saul Alves Martins.
Poema musicado por Fernando Bernardino.
-

http://academiadeletrasdobrasildeminasgerais.blogspot.com.br/2017/04/flores-do-campo.html
-

 Flores do Campo
Poema do Coronel Saul Alves Martins classificado, em 1951, pela Federação de Letras do Brasil, um dos dez melhores sonetos mineiros da fase contemporânea.



FLORES DO CAMPO

Saul Alves Martins

Quando, em setembro, chega a Primavera,
Aparecem nos campos, nas queimadas,
Ou mesmo nos barrancos das estradas,
Até na palha seca da tapera,

Belas flores de pétalas bordadas,
De raro olor e de aparência austera,
Lindo jardim que a natureza gera
para alegrar a vida nas chapadas.

Debalde cultivá-las no canteiro!
Só poderemos vê-las soberanas,
No seu meio, no peito de um vaqueiro,

Nos tapumes de humílimas cabanas,
Depois da chuva, à tona de um ribeiro,
Ou nas tranças de frívolas ciganas.