terça-feira, 9 de abril de 2013

DENGUE MATA-ACRÓSTICOS DE SILVIA ARAÚJO MOTTA/BELO HORIZONTE/MINAS GERAIS/BRASIL

-//-

DENGUE
 é um dos principais problemas de saúde pública no mundo. 
A Organização Mundial da Saúde (OMS) 
estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas
 se infectem anualmente, em mais de 100 países, 
de todos os continentes, exceto a Europa. 
Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização 
e 20 mil morrem em consequência da dengue.

 QUE É DENGUE? (1º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5029
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
Q-Que é DENGUE? Infecção pelo arbovírus:
U-Uma enfermidade causada por um VÍRUS
E-E que apresenta alta taxa de Mortalidade...
 -
É-Em 4 tipos imunológicos.A transmissão da
 -
D-Dengue acontece pela picada da fêmea que
E-Está contaminada pelo mosquito macho...
N-Nomeado [Aedes aegypti ou Aedes albopictus]
G-Garante a alimentação,apenas de seiva de plantas;
U-Uma incubação extrínseca de oito a doze dias.
E-É doença reconhecida há mais de duzentos anos.
-
Belo Horizonte, MG,Brasil, 6 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4226429
---***---

                                                                  Esvazie garrafas sem uso.

-//-

-//-




MULTA PARA RELAPSOS EM MINAS GERAIS-(2º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5030
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
M-[Minas Gerais] Jornal oficial, 5-4-2013 publicou
U-Um Decreto Nº 46.208 do Governador Anastasia:
L-Leva novas regras para Fiscalização e Multas
T-tendo por base , na promoção da Saúde ou Vigilância,
A-A regulamentação da LEI 19.482 de janeiro de 2011;
 -
P-Providências urgentes e necessárias terão dez dias
A-Ao controle dos locais com RISCO, em potencial:
R-Responsáveis advertidos, todos serão cadastrados,
A-A partir de lotes privados com edificações ou não;
 -
R-Recipientes que acumulem ou possam acumular, no
E-Espaço pequeno ou grande, com água parada;
L-Locais serão controlados pelos Órgãos de Saúde;
A-As Equipes de [Agentes de Controle de Endemia]
P-Podem acionar [Órgãos Municipais da Capital],
S-Sinalizando junto aos [Agentes Comunitários de Saúde]
O-Oferecendo o combate mais vigoroso contra o mosquito,
S-Sem dúvida, o TRANSMISSOR da doença DENGUE!
 -
E-Estado de Minas Gerais, com o rigor na avaliação em
M-Médio ou Alto Risco, dependendo da localização,
 -
M-Mostra todo o empenho para punir os relapsos e
G-Garantir a aplicação prevista na legislação atual.
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 6 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4226435
---***---


Use areia molhada nos pratos dos vasos de plantas!
-//-



DIREITO À VIDA E À SAÚDE PÚBLICA-(3º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5031
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
D-Decreto Nº 46.208/2013 do Governador de MG
I-Inclui a intervenção da autoridade competente,
R-Referendada para garantir ao cidadão mineiro,
E-Especialmente, o Direito Constitucional vigente;
I-Imóveis deverão ser visitados pelos AGENTES:
T-Tanto no caso de recusa ou no caso de ausência,
O-O proprietário ficará sujeito à entrada forçada...
 -
À-Agentes da Saúde Pública fazem notificação para
 -
V-Visita de retorno, no prazo máximo de dois dias.
I-Imóvel que estiver fechado, durante 30 dias, após
D-Duas ou mais visitas receberá importante AVISO
A-AFIXADO na fachada ou em local bem visível,
 -
E-Exigindo acesso ao interior, para fiscalização.
 -
À-Após várias tentativas de acesso ou recusas,
 -
S-Serão avaliados os riscos à comunidade local,
A-A condição econômica identificada do infrator...
Ú-Uma MULTA é prevista, na Lei em vigor:
D-Deve variar de R$ 1500 até R$52,5 mil...
E-É preciso conscientizar a POPULAÇÂO
 -
P-Porque a DENGUE MATA e a SAÚDE é
Ú-Um DIREITO de todos! A penalidade estará
B-Bem esclarecida, onde houver o PERIGO,
L-Limitando espaços, com a força da colaboração
I-Individual, Comunitária, Pública, Institucional!
C-Com certeza,vamos eliminar, por vontade,
A-A presença do agente transmissor da DENGUE.
-
Belo Horizonte, MG,Brasil, 6 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4226440
---***---


                                                               Tampe caixas d´água.

-//-





MONITORAMENTO INTELIGENTE DA DENGUE NA UFMG  -(4º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5032
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
M-Monitoramento Inteligente da DENGUE
O-Oferece um Sistema de Controle do Vetor
N-Na transmissão da enfermidade; é capaz de
I-Informar sobre a existência dos vários focos,
T-Tamanhos e até localização na área urbana,
O-Observação durante as 24 horas por dia...
R-Realizando informações georeferenciadas
A-Através de mosquitos coletados em armadilha,
M-Monitoradas por meio do Banco de Dados e
E-Enviadas [via internete], em tempo real,
N-Nos dispositivos móveis de comunicação,
T-Todos [on line]:Celulares, PDAs ou [Handhelds].
O-O M.I. Dengue, desenvolvido por Pesquisadores
 -
I-Informantes da Universidade Federal de MG,
N-No cruzamento dos monitores, via GPS...
T-Tecnologia devolve aos Gestores de Saúde
E-E Vigilância Entomológica e Epidemiológica
L-Luta para o Combate à Dengue, mediante
I-Instruções, para pvenir Endemias da Doença,
G-Garantindo o acesso em cada quadra,
E-Em monitoramento nos Municípios.
N-Nov./2006, a tecnologia foi premiada com
T-Tech Museum Awards of Innovation,
E-Em Califórnia-EUA, no Vale do Silício
---Recebeu Congratulações de Bill Gates!---
       PARABÉNS, BRASILEIROS!
-
Belo Horizonte, MG,Brasil, 7 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4227647
---***---


                                                                 Esvazie pneus velhos!
-//-








VETORES DE TRANSMISSÃO-(5º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5033
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
V-Várias espécies de mosquitos(vetores)
E-Estão catalogados no gênero Aedes,
T-Transmissores da doença DENGUE;
O-Os principais são:[Aedes albopictus]
R-Reconhecido Vetor de DENGUE,
E-Em regiões do sudeste da Ásia/1930;
S-Sua descoberta deu-se, em Cingapura,
 -
D-DEN-2, também encontrado em USA,
E-E em Cariacica/Espírito Santo, Brasil.
 -
T-Temos 4:DEN-1,DEN-2,DEN-3, DEN-4;
R-Responsáveis pela enfermidade que mata.
A-[Aedes Scutellaris] ocorre em Ceram,
N-Nas Ilhas Aru, Nova Guiné e outras.
S-Sinalizado vírus isolado [Aedes Africanus]:
M-Moçambique, Angola, Guiné, Zaire, Libéria,
I-Inúmeros no Quênia, Etiópia, Zâmbia, Nigéria,
S-São Tomé e Príncipe, Sudão, Senegal, Uganda...
S-São encontrados [Aedes luteocephalus] em
Ã-Angola, Camarões,Benim, Gana, Nigéria,
O-Ou no Sudão,Tanzânia,Zâmbia, África do Sul!
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 7 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4227648
---***---


-//-


 DENGUE CLÁSSICA-(6º da Série: DENGUE)
-
Acróstico-informativo Nº 5034
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
D-Dengue Clássica traz sintomas brandos
E-E após 7 a 14 dias da contaminada picada
N-No corpo, pelo mosquito Aedes Aegypti,
G-Garantida transmissão pela fêmea do vetor;
U-Uma pessoa doente tem FEBRE ALTA,
E-E sente DORES na CABEÇA e dores nas
 -
C-COSTAS e na região atrás dos OLHOS;
L-Limite de cinco dias para conseguir ceder
Á-A febre, mas os sintomas, só com 10 dias.
S-São poucas as complicações na saúde...
S-Sério, vai ficando a partir da 2ª picada!
I-Inicialmente, os mosquitos AEDES
C-Comem seiva de plantas, mas na
A-Área urbana, o alimento é o sangue humano.
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 7 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4227649
---***---








 DENGUE HEMORRÁGICA -(7º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5035
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
D-Doença que mata mais no verão,
E-Época em que os mosquitos estão
N-Na fase de reprodução; gostam de
G-Grandes cidades, pois conseguem
U-Uma quantidade maior de sangue
E-Em seres humanos. Comprovado,
 -
H-Hoje, que a partir da segunda picada:
E-É que após o 5º dia, além dos sintomas
M-Mostrados na DENGUE CLÁSSICA,
O-Ocorrem hemorragias em vários órgãos,
R-Revelando mortal choque circulatório,
R-Respiração com dificuldades, vômitos...
Á-As DORES abdominais são intensas,
G-Garantem presença de sangue nas fezes,
I-Incontáveis pacientes sentem tontura;
C-Com tratamento médico inadequado
A-As complicações tornam-se gravíssimas.
             ---DENGUE MATA!---
Belo Horizonte, MG, Brasil, 8 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4229967
---***---




-//-



 MUDANÇA DE ATITUDE-(8º da Série:DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5036
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
M-Meses de janeiro a maio apontam
U-Um período específico de controle
D-Dessa Doença tipicamente urbana:
A-Avaliados os 70% dos diagnósticos;
N-Não há vacina disponível para Dengue!
Ç-Comportamento do mosquito é incrível!
A-Ação conjunta entre o Poder Público,
 -
D-Definição de metas com Setor Privado
E-E colaboração de toda a população
-
A-Admitem a grande complexidade:
T-Todos devem ter RESPONSABILIDADE
I-Integrando ações, nos Programas Nacionais, nas
T-Três esferas: Municipal(local)-Estadual-Federal.
U-Uma preocupação existe desde 1996, do Ministério
D-Da SAÚDE (PEAa) mas até hoje, não conseguiu
E-Erradicar esta enfermidade:grave epidemia que mata!
        ---COLABORE! CUIDE! DENUNCIE!---
Belo Horizonte, MG,Brasil, 8 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4230265
---***---



-//-




 MITOS E ERROS MAIS COMUNS-(9º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5037
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
M-Muitas duvidas devem ser esclarecidas...
I-Infelizmente, a Dengue está tirando vidas!
T-Todo paciente deve ter cuidados médicos:
O-O tratamento, em casa não é suficiente...
S-Sempre deve ter encaminhamento urgente
 -
E-E o Sistema de Saúde é que pode avaliar!
 -
E-Existem mitos e erros que são inverdades:
R-Repelentes, nem sempre combatem os
R-Responsáveis pela transmissão da Dengue!
O-O pratinho-suporte do vasinho de plantas,
S-Seco ou molhado guarda muitos ovinhos...
 -
M-Mas, mesmo se estiverem secos, trazem riscos!
A-Ar condicionado não mata mosquitos da dengue!
I-Inúmeros mosquitos são habitantes de nossa casa!
S-Seus ovos ficam aguardando água para reprodução!
 -
C-Comer alho, cebola e vitaminas não afastam vetores!
O-Os ventiladores apenas espantam os transmissores
M-Mas, não são capazes de eliminá-los do ambiente!
U-Um conhecimento básico deve ser buscado na fonte:
N-Nem toda picada de mosquito é de fêmea contaminada!
S-Sabe-se que todo cuidado é pouco! Lutemos contra dengue!
-
Belo Horizonte, MG,Brasil, 8 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4230340
---***---

-//-


CRIADOURO DA DENGUE-(10º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5038
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
C-Criadouro de Aedes Aegypti é todo
R-Recipiente que possa acumular,
I-Intencionalmente, ovos da fêmea, na
A-Água parada em garrafas, lajes, caixas
D-D´água, pneus, tonéis, calhas, tampinhas...
O-Ou até mesmo nos vasinhos de plantas!
U-Uma conscientização maior da população...
R-Recomendações exigem ações urgentes:
O- O ideal é eliminar os criadouros da dengue!
 -
D-Dos mosquitos transmissores da DENGUE,
A-As larvicidas que estiverem na caixa d´água
 -
D-Devem receber tratamento adequado:
E-Especialmente, com produtos que as matem!
N-Na experiência atual, ÁGUA SANITÁRIA
G-Garante a MORTE das LARVAS da dengue!
U-Uma CIRCULAÇÃO VIRAL pode ser fatal,
E-Em caso de FEBRE Hemorrágica - [FHD.]
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 9 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4231240
---***---




-//-


 TRATAMENTO DA DENGUE-(11º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5039
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
T-Toda pessoa com DENGUE deve
R-Repousar e beber muito líquido,
A-Após o diagnóstico do médico:
T-Tratamento deve excluir remédios
A-À base de ácido acetil salicílico:
M-Melhoral, Doril, Sonrisal, Cibalena,
E-Engov, Alka-Seltzer, Doloxene,
N-Não pode tomar Buferin, nem AAS.
T-Tantos pacientes com dores no corpo
O-Orientam-se, medicam-se sem prescrição
 -
D- Do médico, mas devem evitar analgésicos.
A-A Dengue não aceita antiinflamatórios,
-
D-Definitivamente, pois facilitam sangramento
E-Em casos comprovados nos ambulatórios, e,
N-No caso de quem já teve a doença pela 1ª vez,
G-Guardará o cuidado redobrado para não adoecer:
U-Uma segunda contaminação pode ser mortal:
E-Evolução para a febre de forma hemorrágica.
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 9 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4231241
---***---




 INCIDÊNCIA NO MUNDO-(12º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5040
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
I-Infecção em pessoas com dengue foi
N-Noticiada para o mundo em 2013,
C-Com artigo na Revista [ Nature ]
I-Internacional, [on line]: pesquisadores
D-De vários países criaram um modelo,
Ê-Em computador, para a coleta de dados;
N-No total, concluíram que 390 milhões de
C-Casos por ano, foram estimados!
I-Impossível cruzar os braços! Comprovado:
A-Ásia é o continente mais atingido
 -
N-No resultado de 70% de casos, mas
O-O total de casos na Índia reúne 34%;
 -
M-Mostrados 14% estão nas Américas,
U-Um destaque/2013 para Brasil e México!
N-Na África, declarado estado de alerta!
D-Do impacto global da difusão da doença
O-Os EUA e Europa só cuidam da prevenção!!!
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 9 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4231267
---***---




SÍNDROME DO CHOQUE-(13º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº  5041
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
S-São muitas as complicações
Í-Inerentes, associadas à Dengue:
N-Nas alterações neurológicas:
D-Delírio, sonolência, depressão
R-Revelam demência, amnésia;
O-O excesso de irritabilidade...
M-Mais graves levam à psicose,
E-E à abolição da sensibilidade,
 -
D-Da mobilidade voluntária;
O-O estado patológico do Coma:
 -
C-Caracterizado por sonolência profunda,
H-Hiato ou perda da consciência;
O-Os sintomas cardiorrespiratórios,
Q-Quadro de derrame pleural,
U-Uma insuficiência hepática
E-Enfim, a hemorragia digestiva fatal.
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 10 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4232945
---***---


Agentes da FORÇA TAREFA EM BELO HORIZONTE_MINAS GERAIS_CAMPANHA

-//-

DENGUE NO BRASIL-(14º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5042
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
D-Dos Estados Brasileiros, a dengue
E-Está sendo monitorada em dezesseis...
N-Nos Mapas do Ministério da Saúde;
G-Garantia de 178 municípios com ameaças;
U-Um milhão de pessoas já contaminadas,
E-Estão recebendo tratamento adequado!
 -
N-Nos hospitais e postos de atendimento,
O-Óbitos confirmam o registro: 550.
 -
B-Bem evidente que o NORTE do país
R-Revela que tem maior parte dos casos,
A-Assinalados com suspeitos por dengue!
S-São 15, os Estados com mortes por dengue!
I-Instalado um Grupo Interministerial no Brasil:
S-Ligado às Políticas Públicas do Governo Federal.
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 10 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4232948
---***---


---***---




 Governador Anastasia na LUTA CONTRA A DENGUE EM MINAS GERAIS!
-//-


FAÇA SUA DENÚNCIA CONTRA A DENGUE-(15º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5043
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
F-Focos identificados de DENGUE devem ser
A-Anunciados, sem demora, às Equipes dos
Ç-Centros de Vigilância Sanitária local!
A-A população é responsável pela denúncia!
 -
S-Somos todos interessados em querer
U-Uma visita dos Agentes para extinção,
A-Aos locais onde pessoas poderão ter
 -
D-Dengue: a enfermidade que pode matar!
E-Em todos os Estados temos números de telefones,
N-Novos contatos, novos endereços das comunidades,
Ú-Unidas aos Programas do Serviços de Saúde
N-Nos diversos Setores. Alguns possuem emails e,
C-Com certeza, sempre haverá um cidadão
I-Interessado em atender e fazer a notificação.
A-A sua denúncia pode salvar mais uma vida.
-
Belo Horizonte, 4ª feira, 10 de abril de 2013.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4232949
-//-
Ligue 155 e fale diretamente no DISQUEDENGUE,
da Secretaria de Saúde.
-//-
FAÇA SUA DENÚNCIA CONTRA A DENGUE:
-
DISQUE SAÚDE:  0800 61 1997
Ministério da Saúde
(61)  3315-2400  -  UNIÃO (Brasília – DF)

Secretaria de Vigilância em Saúde/Ministério da Saúde
(61)  3315-3641 – UNIÃO (Brasília – DF)

Coordenação Geral do Programa Nacional de Controle da Dengue
(61)  3315-2755 // 315- 3702 UNIÃO (Brasília – DF)
Ministério da Saúde – Esplanada dos Ministérios – Bloco G – Brasília/DF – Fone: 3315-2425 – CEP: 70.058-900
Centros de Vigilância Sanitária Estaduais
-
1-ACRE:
Av. Antônio da Rocha Viana, nº 1294 – Bairro Vila Ivonete
Rio Branco/AC – CEP: 69.914-610
Tel.: (68) 3223-3432
Fax: (68) 3223-3432
Secretaria Municipal de Visa
Tel.: 3342.1006 ou 1215
2-ALAGOAS:
Rua Sete de Setembro, nº 50 Centro
Maceió/AL – CEP: 25.020-700
Tel.: (82) 3326-3624 ou 3315-3779
E-mail: sinavisa@saude.al.gov.br
3-AMAPÁ:
Av. Fab, nº 69 – Centro
Macapá/AP – CEP: 68.910-000
Tel.: (96) 3212.6119/ 3212.6182
Fax: (96) 3212-6182
E-mail: visa.ap@anvisa.gov.br
4-AMAZONAS:
Rodovia Deputado Vital de Mendonça, s/nº, Km 09 – Flores
Manaus/AM – CEP: 69.048-660
Tel./Fax: (92) 3228-9202
E-mail: devisa@fvs.am.gov.br
5-BAHIA:
Centro Administrativo da Bahia, 4ª Avenida, nº 400, Plataforma VI. lado B, 2º andar, Salvador/BA – CEP 41.750-300
Tel.: (71) 3115-4230 / 3115-4291
Fax: (71) 3371-2566
E-mail: suvisa@saude.ba.gov.br
6-ITA CÁCIA AGUIAR CUNHA:
Centro de Atenção à Saúde Profº Dr. José Maria de Magalhães Netto
Av. Antonio Carlos Magalhães, s/nº, Iguatemi,
Salvador/BA – CEP 41.820-000
Tel.: (71) 3270-5778 /5779/ 5775
Fax: (71) 3270-5776 / 3270-5777
E-mail: divisa@saude.ba.gov.br
Site: http://www.saude.ba.gov.br/divisa
7-CEARÁ:
Avenida Almirante Barroso, 600 – Praia de Iracema.
CEP: 60.060-440
Tel.: (85) 3101-5287
Fax: (85) 3101-5286
E-mail: nuvis@saude.ce.gov.br, coprom@saude.ce.gov.br
Site: http://visa-ce.saude.ce.gov.br
Comunidade Virtual: http://comnuvis.saude.ce.gov.br
Ouvidoria Geral da Secretaria de Saude do Estado.
End. Avenida Almirante Barroso, Centro, 600.
CEP: 60060-440
Alô Saúde: 0800 851520
Divisão de Zoonoses:
Secretaria de Estado da Saúde do Ceará
Sérgio de Oliveira Franco – Diretor do Centro de
Controle de Zoonoses –
Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza
Avenida Senador Fernades Távora 2433 – Autran Nunes
Fortaleza/CE – CEP: 60.534-280
Tel.: (85) 33101-7847
8-DISTRITO FEDERAL:
SGAN Quadra 601 lotes O/P; Bairro: Asa Norte.
Brasília/DF
Tel.: (61) 3325.4811/ 4812
Fax: (61) 3322.2182
E-mail: divisa@saude.df.gov.br
Site: www.saude.df.gov.br
Núcleo de Inspeção de Brasília:
SAIS – Área Especial nº. 10 70602900
Brasília/DF
Tel.: 3245-4110/3345-8554/3345842
Fax: 3245-4090
9:ESPÍRITO SANTO:
Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, 2025 3º andar – Bento Ferreira
Vitória/ES – CEP: 29.060-270
Tel.: (27) 3137-2427/ 3137-2433/ 3382-5071
Fax: (27) 3137- 2432/2472
E-mail: visa@saude.es.gov.br
Site: www.saude.es.gov.br
10-GOIÁS:
Avenida Anhanguera, 5195; Bairro: Setor Coimbra
Goiânia/GO – CEP: 74.043-001
Tel.: (62) 3201.4100
Fax: (62) 32014101/ 32014136/ 32014727
E-mail: visago@visago.goias.gov.br
Site: http://www.visa.goias.gov.br
Vigilância Sanitária Municipal no endereço Avenida República do Líbano, 336 – Setor Aeroporto – Goiânia.
Tel.: (62) 3524.2500 / 2503
11-MARANHÃO:
Avenida Professor Carlos Cunha, s/n, Bairro Calhau
São Luís/MA – CEP: 65076-820
Tel.: (98) 3218-8728
Fax: (98) 3218-8724
E-mail: visa@saude.ma.gov.br
12-MATO GROSSO:
Centro Político Administrativo – Bloco V – 2º piso Palácio Paiaguás
Cuiabá/MT – CEP: 78.070-970
Tel.: (65) 3613-5369 / 3313-2670 / 3313-2281
Fax: (65) 36135377
13-FÁBIO JOSÉ DA SILVA:
Cuiabá/MT – CEP 78050-970
Tel.: (65) 3613-5370
Site: www.saude.mt.gov.br
14-MATO GROSSO DO SUL:
End.: Rua do Poeta, Bloco 07 – Parque dos Poderes
Campo Grande/MS – CEP: 79031-902
Tel./Fax: (67) 3318-1670
Site: www.saude.ms.gov.br
E-mail: cvisa@saude.ms.gov.br
15-MINAS GERAIS:
Avenida Afonso Pena, 2300 – 5º andar – Bairro Funcionários
Belo Horizonte/MG – CEP: 30.130-006
Tel.: (31) 3261.8763 / (31) 3261.8776
Fax: (31) 3261.8776








E-mail: svs@saude.mg.gov.br
Vigilância Municipal de Belo Horizonte:
Tel.: 3277-5930
16-PARÁ:
Rua Presidente Pernambuco, 489 – Bairro Batista Campos
Belém/PA – CEP: 66.015-200
Tel.:/Fax.: (91) 4006-4278
E-mail: visapa@bol.com.br e dvs@sespa.pa.gov.br
Fundo Estadual de Saúde
Tel.: (91) 3212-2518
Fax: (91) 3223-7551
17-PARAÍBA:
Av. João Machado, 109 – 1º andar – Centro
João Pessoa/PB – CEP: 58.013-520
Tel.: (83) 3218-5927 / 3218-5928
Fax: (83) 3218 6781
Telex: 832228
E-mail: vigapb@openline.com.br
18-PARANÁ:
Rua Piquiri, 170 2º andar / Bairro: Rebouças
Curitiba/PR – CEP: 80230-140
Tel.:: (41) 3330.4300 / 4537 / 4467 / 4478
Fax: (41) 3330.4535
E-mail: sesa@pr.gov.br
Divisão de Alimentos
Tel.: (41) 3330.4472/4473;
Fax: (41) 330.4479/ 4535/4407.
E-mail: alimentos@pr.gov.br
19-PERNAMBUCO :
Praça Oswaldo Cruz, s/nº – Boa Vista
Recife/PE – CEP: 50.050-210
Tel.: (81) 3181.6424/ 6425
Fax: (81) 3181.6355
E-mail: apevisa@saude.pe.gov.br
Site: www.apevisa.pe.gov.br
20-PIAUÍ :
Rua 19 de Novembro nº 1865 – Bairro Primavera
CEP: 64.002-570 Teresina/PI
Tel.: (86) 3216-3660 / 3216-3663
Fax: (86) 3216-3653
Site: Secretaria Estadual da Saúde do Piauí
E-mail: visa@saude.pi.gov.br
21-RIO DE JANEIRO :
Rua México, 128 – 3º andar sala 231 Castelo
Rio de Janeiro/RJ – CEP: 20.231-031
Tel.: (21) 2299-9245/ 9246
E-mail: mlourdes@saude.rj.gov.br
22-RIO GRANDE DO NORTE:
Av. Junqueira Aires, 488 – Centro
Natal/RN – CEP: 59.025-280
Tel.: (84) 3232-2562
Fax: (84) 3232-2557
E-mail: visa@rn.gov.br
23-RIO GRANDE DO SUL :
Rua Domingos Crescêncio, nº. 132 – Santana
Porto Alegre/RS – CEP: 90650-090
Tel.: (51) 3901-1090/ 3901-1066/ 3901-1107/3901-1113
Tel. e Fax: (51) 3901-1161/ 3901-1104
PABX: (51) 3901-1100
E-mail: dvs@saude.rs.gov.br
Secretaria Estadual de Saúde
Av. Borges de Medeiros, 1501 – Centro
CEP 90119-900
Tel.: (51) 32885000
Fax: (51) 32263309
Site: www.saude.rs.gov.br
24-RONDÔNIA :
End.: Rua Padre Angelo Cerri s/nº – Esplanadas das Secretarias
Porto Velho/RO – CEP: 78.900-000
Tel.: (69) 3216-5357 / 5350 / 5351 / 5352 / 5353 /5354
Fax: (69) 3216-5354
Tel.:visaro@saude.ro.gov.br
25-RORAIMA :
End.: Rua MadriI, s/n – Bairro: Aeroporto
CEP: 69.310-043
Tel.: (95) 3623-9282
Fax: (95) 3623-2880
E-mail: visa_rr@yahoo.com.br
26-SANTA CATARINA:
Av. Rio Branco, 152 – Centro
Florianópolis/SC – CEP: 88015-200
Tel.: (48) 3251-7960
Tel. geral: (48) 3251-7800
Fax: (48) 3251-7907 – da Direção
E-mail: dvs@saude.sc.gov.br – da Direção
Site: www.vigilanciasanitaria.sc.gov.br
VISA Municipal de Florianópolis:
Tel.: (48) 3212-3904
27-SÃO PAULO :
Av. Drº Arnaldo 351 anexo 3, bairro de Cerqueira Cesar
São Paulo/SP – CEP: 01246-901
Tel.: (11) 3066-8000
E-mail: cvs@cvs.saude.sp.gov.br ou secretarias@cvs.saude.sp.gov.br
28-SERGIPE :
Rua Urquiza Leal, 617 – Bairro Salgado Filho
Aracajú/SE – CEP: 49.020-490
Tel.: (79) 3246-5236
Fax: (79) 3246-4191
29-TOCANTINS:
Quadra 104 Norte, Av LO 2 nº 13 conj 1 lote 30
Tocantins/Palmas – CEP: 77.006-022
Tel.: (63) 3218-3264/3258
Fax: (63) 3218-3263
E-mail: visa@saude.to.gov.br
-
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4232949
---***---







-//-


FORÇA JOVEM DE MINAS GERAIS CONTRA A DENGUE-2013

FORÇA JOVEM DE MINAS GERAIS 
FEZ ENCONTRO DIA 29 DE MARÇO EM BH-
(16º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5044
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
F-Força Jovem de Minas Gerais
O-Organizou um grande Encontro:
R-Recebeu suas lideranças para
Ç-Conscientização maior e melhor
A-A respeito da dengue que mata!
 -
J-Jovens de vários Municípios
O-Ofereceram suas sugestões
V-Valiosas e receberam orientações
E-Especiais sobre as formas de
M-Matar as larvas assassinas!
 -
D-Dengue mata e os transmissores
E-Estão proliferando sempre mais!
-
M-Minas Gerais pede seu Cadastro:
G-Guarde bem: {DENMOB}:
-[denguetemqueacabar.com.br].
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 11 de abril de 2013.

---***---



PODE SER DENGUE-(17º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5045
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
P-Possíveis dúvidas devem ser sanadas:
O-Os médicos ou enfermeiros podem
D-Dizer, mediante exames laboratoriais...
E-E se as dúvidas estão confirmadas!
 -
S-Será que você identifica a dengue
E-E sua contaminação humana-urbana?
R-Reconheça os primeiros sintomas:
 -
D-Dores de cabeça, dor no corpo
E-E nas juntas, incômodo e dor
N-No fundo dos olhos; febre alta
G-Garntida acima de 38 graus...
U-Uma fraqueza e desânimo,
E-Embora não manifeste um resfriado!
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 11 de abril de 2013.

-//-






Recomendações de utilização da água sanitária:
1) A utilização de 2 ml de água sanitária por litro de água é suficiente para o combate das larvas do mosquito da dengue.

2) Destaca-se que nesta concentração, a solução aquosa de água sanitária só deve ser utilizada para desinfecção, não sendo própria para ingestão de humanos ou animais. Essa diluição é aproximadamente 20 vezes maior que a concentração máxima permitida para ingestão que é de 2mg/l de cloro residual livre.

3) Recomenda-se a utilização de água sanitária pela população para combate as larvas do mosquito da dengue nos seguintes criadouros:
- Vasos sanitários que não são de uso diário: adicionar 1 colher de chá (5ml) de água sanitária;
- Caixa de descarga sanitária que não é de uso diário: adicionar 2 colheres de sopa (30ml) de água sanitária;
- Ralos externos (captam água de chuva e de limpeza) e internos que não são de uso diário: adicionar 1 colher de sopa (15ml) de água sanitária;
- Tambores de armazenamento (200 litros) de água não utilizada para consumo humano: adicionar 2 copos americanos (400ml) de água sanitária;
- Bromélia: Preparar previamente a solução com 1 colher de café (2ml) para cada litro de água e preencher os locais onde acumulam água.

4) O tratamento deve ser repetido semanalmente, preferencialmente em dia fixo, de modo a garantir que a solução continue efetiva no combate as larvas.

5) Essa é uma ação adicional e não exclui as atividades de remoção e proteção dos potenciais criadouros, que são fundamentais para o controle da Dengue.
-//-








-//-



TODOS CONTRA A DENGUE-(18º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5046
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
T-Todos os cidadãos do mundo devem
O-Organizar mutirões e mobilizações
D-Diante desta enfermidade que mata;
O-Os Grupos devem receber orientações
S-Sob a coordenação da Secretaria de Saúde;
 -
C-Cada um deve fazer a sua parte integral!
O-Observações dentro da própria residência,
N-Nos ralos, nas plantas, nos lixos, banheiros;
T-Todos os recantos da parte externa da casa;
R-Realização de Palestras, Reuniões na comunidade,
A-Ação conjunta integrada aos Planos e Campanhas;
 -
A-A dengue chega e subtrai a vida humana-terrena!
 -
D-Dengue pode ser erradicada se o povo colaborar
E-E esta possibilidade só vai depender de cada um;
N-No mundo, nos estados, nos municípios e cidades,
G-Grandes Projetos Federais, Estaduais, Municipais
U-Unem às ações individuais e das classes sociais:
E-É uma guerra! Todos devem lutar contra a dengue!
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 11 de abril de 2013.

---***---









FORÇA TAREFA EM MINAS GERAIS-(19º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5047
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
F-Força Tarefa em Minas Gerais,
O-Orientada pelo Programa Estadual
R-Reconhecido Permanente e eficaz no
Ç-Controle e prevenção à DENGUE,
A-Assinala inovação que é capaz de
 -
T-Trazer a conscientização ao cidadão nas
A-Áreas da Assistência, Epidemiologia,
R-Reavaliando sempre a Comunicação!
E-É uma ARMA de Mobilização Social
F-Formada por Soldados do Exército,
A-Aeronáutica e Agentes de SAÚDE.
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 12 de abril de 2013.
-





NOTAS:
1-Um caminhão da Força Tarefa, conhecido como Dengue Móvel, circula pelos municípios mineiros trocando pneus, latas e garrafas pets por cadernos, lápis e borrachas. 


2-A Força Tarefa é formada por 432 pessoas, sendo 200 soldados do Exército, 40 da Aeronáutica, e 192 homens treinados pela Secretaria de Estado de Saúde no combate aos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. 

3-Também integram a Força Tarefa, nove caminhões, dez ônibus para dar suporte às equipes de trabalho, 70 carros fumacê cedidos pelo Ministério da Saúde e 600 bombas costais e 20 Dengômetros nas áreas de convívio e informação sobre a dengue.  


---***---











DENGÔMETRO -(20º da Série: DENGUE MATA)
-
Acróstico-informativo Nº 5048
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
D-Dengômetro fornece muitas orientações:
E-Espaço itinerante de Convivência Social;
N-No acesso à troca de entulhos contra dengue
G-Garantia de instruções e prêmios do SES-MG;
Ô-O Programa da Secretaria de Saúde Estadual
M-Mantém a participação do povo na prevenção e
E-Controle da Dengue que mata sem piedade!
T-Tem Postos instalados nos vários locais, Praças,
R-Ruas de maior tráfego e movimentação diurna,
O-Onde a população em massa, deve ser abordada.
-
Belo Horizonte, MG, Brasil, 12 de abril de 2013.

---***---
-






                                                            Uso de água sanitária
-//-
-//-

DENGUE: UMADOENÇA QUE TODOS CONHECEM
Blog do PCO:29/4/2013(*)

Quase 30 anos depois de a dengue ter se instalado no Brasil e apesar de todo o conhecimento sobre o ciclo do mosquito transmissor – o Aedes aegypti –, a doença ainda é um problema de saúde pública. 

Até meados de março já foram registradas 132 mortes e mais de 714 mil casos da doença em todo o país. 

Em 2012, no mesmo período, as notificações chegaram a 190 mil. 

Para os gestores da saúde, a população subestima a gravidade da doença.

“Não tem quem não saiba o que é e o que deve fazer para prevenir. Mas as pessoas ainda estão subestimando o poder dessa doença, ela mata", alertou Gilsa Rodrigues, coordenadora da vigilância epidemiológica da Secretaria de Saúde do Espírito Santo, estado que registrou a maior incidência da doença na Região Sudeste, com 1.171 casos até o fim de março. 

“Aqui no Espírito Santo, mais de 70% dos focos são encontrados nos domicílios, um dado que nos faz refletir sobre a responsabilidade do cidadão.

A secretaria tem orientado as famílias a fixarem um dia na semana para inspecionar o quintal e a laje, verificar se a caixa d'áqua está coberta, eliminar todas as possibilidades de o mosquito depositar os ovos”, explicou Gilsa.

(*)Fonte:
http://www.blogdopco.com.br/coluna-do-pco/uma-doenca-que-todos-conhecem-2013-04-29/
 
-//-



EXPERIÊNCIA INTERNACIONAL
(*)Blog do PCO:29/4/2013

Segundo a pesquisadora do Instituto Oswaldo Cruz, Denise Valle, um modelo de combate à doença que deve ser seguido é o adotado em Singapura, no Sudeste Asiático.

"Singapura conseguiu praticamente zerar a epidemia de dengue basicamente com uma campanha de mobilização, estimulando as pessoas a eliminar os criadouros uma vez por semana.

Cerca de 16 mil voluntários [para uma população de cerca de 5 milhões de pessoas], durante seis finais de semana seguidos, ficaram estimulando e orientando a sociedade a eliminar todos os criadouros.

Eles conseguiram eliminar a epidemia no pico, o que é muito difícil”, conta a pesquisadora.

Baseado nisso, o Instituto Oswaldo Cruz lançou a campanha 10 Minutos contra a Dengue, para que as pessoas façam a limpeza dos principais criadouros do mosquito em suas casas.

O instituto ainda lançou vídeos explicativos pra informar a população sobre o ciclo da doença e como evitá-la. Para Maria Aparecida Araújo, diretora da Vigilância Epidemiológica da Bahia, não dá pra responsabilizar só um setor pelas epidemias de dengue.

“Muitas vezes, os agentes não têm acesso às casas, o município não tem coleta de lixo adequada, não tem água encanada, o que leva a um armazenamento de água algumas vezes perigoso."
-
(*)Fonte:
http://www.blogdopco.com.br/coluna-do-pco/experiencia-internacional-2013-04-29/

-//-

FALTAM POLÍTICAS PÚBLICAS
BLOG DO PCO(*)
-
O superintendente de Vigilância em Saúde do Paraná, Sezifredo Paz, constatou que todas as cidades que tiveram epidemia no estado tinham problemas com o manejo inadequado de resíduos sólidos e dos materiais recicláveis, como copos plásticos e garrafas PET.

Segundo ele, a troca de gestão também contribuiu para agravar a situação.

“Constatamos que 70% dos municípios do Paraná onde houve epidemia tiveram mudança de prefeito.

O prefeito que assumiu em janeiro já encontrou um quadro ruim.

"Para Simone Mendes, coordenadora de Dengue e Febre Amarela do Tocantins, a mudança de comportamento é lenta.”

“Ainda há muita coisa a ser feita para que as pessoas se conscientizem. Temos que continuar fazendo mobilizações. Informação tem que ter o tempo todo."

Em dezembro de 2012, o Ministério da Saúde anunciou o repasse de R$ 173,3 milhões para ações de qualificação das atividades de prevenção e controle da dengue.

Em 2011, foram R$ 92,8 milhões.

O ministério também orienta os agentes de saúde a visitarem as residências a cada dois meses para checar se há focos do mosquito e para alertar a população sobre os riscos da doença.

(*)Fonte:
http://www.blogdopco.com.br/coluna-do-pco/faltam-politicas-publicas-2013-04-29/

-/-