domingo, 1 de janeiro de 2017

A ESCADA de JACÓ (370 páginas) - Acróstico-informativo nº 6210 Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil

6210-A ESCADA DE JACÓ (370 páginas)
-
Acróstico-informativo nº 6210
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
A-A Escada de Jacó tem 370 páginas,
-
E-É obra do Pe. Aloísio Derossi Costa, 2ª ed.
S-Sob Nihil Obstat de Pe. Lelis Lara, C, SS.R.
C-Com dedicatória aos encarcerados para
A-A recuperação moral, estímulo e esperança
D-Do maravilhoso potencial do ser humano
A-Até o mundo sombrio da prova e expiação...
 --
D-Das 366 mensagens, para a leitura diária...
E-Extraordinário é o caminho para reflexão:
 -
J-Jorra o AMOR cósmico e interior consolador;
A-A compreensão da MISSÃO é individual;
C-Consequência e benefício da paciência...
Ó-O amanhã pode ser mudado totalmente.
---Editora VOZES, limitada. São Paulo.---
Belo Horizonte, domingo, 1º de janeiro de 2017
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5869444-

-
 -


-





-
Saiba mais
wikipédia:


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Escada de Jacob por William Blake (c. 1800, British Museum, Londres)

Jacob a sonhar - El sueño de Jacob (1639) de José de Ribera, no Museo del Prado, Madrid.
A Escada de Jacob (em hebraico: Sulam Yaakov סולם יעקב) refere-se à escada mencionada na Bíblia (Gênesis 28,11-19), que se caracteriza o meio empregue pelos anjos para subir e descer do céu. Foi imaginada pelo patriarca Jacó num dos seus sonhos, depois de ter fugido da confrontação com o seu irmão Esaú:[1] Quando Jacob teve essa visão durante o sono, de uma escada, cujos pés repousavam sobre a terra, e cujo topo chegava aos céus. Anjos continuamente subiam e desciam através dela prometendo-lhe a bênção de uma numerosa e feliz posteridade. Quando Jacob acordou, ele estava cheio de gratidão, e consagrou o local como a casa de Deus.
-
origem
A descrição da Escada de Jacob aparece no Genesis 28:10-19,
"E saiu Jacob de Beer-Shéba, e foi a Haran. E chegou ao lugar ( Makom 13), e pernoitou ali, porque se havia posto o sol. E tomou das pedras do lugar, e colocou-as à sua cabeceira, e deitou-se naquele lugar. E sonhou, e eis que uma escada estava apoiada na terra, e seu topo chegava aos céus: eis que anjos de Deus subiam e desciam por ela. E eis que o Eter-no estava sobre ela, e dizia: “Eu sou o Eterno, DEUS de Abrão, teu patriarca, e D”S de Isaac. A terra sobre a qual tu estás deitado , a ti darei-a, e à tua semente . E será tua semente como o pó da terra, e te espalharás ao oeste, e ao leste, e ao norte, e ao sul. E se abençoarão em ti todas as famílias da terra, e em tua semente ... ”. E despertou Jacob de seu sono, e disse: “Certamente o Eterno está neste lugar, e eu não sabia. E temeu e disse; “Quão espantoso é este lugar! Este não é outro que a casa de Deus, e esta é o portal dos Céus ... e chamou o nome daquele lugar Betel.'"[2]
-
Interpretaçõs:

Esta escada, tão marcante para a história do povo judeu, encontra o seu análogo em todas as antigas iniciações. Seja ela uma coincidência, ou uma teoria; ou se derivado de uma base comum de simbolismo, é certo que a escada como um símbolo de progresso moral e intelectual existia quase universalmente, apresentando-se como uma sucessão de degraus, ou portões, ou modificada de alguma outra forma. O número de degraus variava, embora o favoritismo tenha recaído sobre o número sete, provavelmente devido ao caráter mistico deste número aceito em quase todos os lugares.[3][4]
Essa escada também é interpretada pelos cristãos como a prefiguração de Jesus Cristo (João 1.47-51), pois ele dá acesso ao Pai em um Espírito (Efésios 2.18), que é o único "mediador entre Deus e os homens" (1 Timóteo 2.5). O nome de Betel significa "a casa de Deus."
-
https://pt.wikipedia.org/wiki/Escadas_de_Jacob

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.