terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

SONETO À VERDADE: MELHORIA RUMO AO INFINITO-(Qualidade Total) Noneto-Poético-Teatral Nº 61-Soneto nº 6.248 Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil (*) Interação-interpretativa da reflexão de Klinger Sobreira de Almeida

-

SONETO À VERDADE: MELHORIA RUMO AO INFINITO-(Qualidade Total)
Noneto-Poético-Teatral Nº 61-Soneto nº 6.248
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil (*)
Interação-interpretativa da reflexão de
Klinger Sobreira de Almeida:
(Tema XXI-5"S"-Alicerce da Qualidade Total)
-
Vivenciar os CINCO "ESSES" tal
cultura que o Japão, do topo à base
traz titular Progresso, é sinal
que o TQC percorre cada fase...
-
Na MELHORIA em tudo, ser leal,
busca excelência, não aceita o "quase"...
Defeito zero quer ter o TOTAL,
faz a união, espera que à luz case...
-
Prova final:-Valor obtém sucesso;
o desafio cumpre seu dever:
_Se ensinamento avança, firme, expresso.
-
Esse alicerce forte foi plantado
com Deming e Juran, por querer vencer,
que os "cinco ESSES" tenham o SER mudado.
---"TQC: redenção das organizações públicas ou privadas"---
Belo Horizonte,MG, de janeiro de 2017
-
http://www.recantodasletras.com.br/sonetos/5898906

-
(*)Soneto-Clássico-sáfico- heroico; com sílabas fortes//
na 4ª, 6ª, 8ª; e 10ª sílabas - Rimas: ABAB, ABAB,CDC, EDE;
Noneto com 9 solos: jogral-teatral-toante-cantante-poético:
CORO:Rimas: AACEE-somente uma voz com apenas
5 instrumentos musicais apenas.
SOLOS: Rimas: BAB-BAB-DC-D-9 vozes acompanhadas por solos de instrumentos musicais.
(Noneto musical criado por Villa Lobos)
(Noneto poético recriado por Silvia Araújo Motta)
Mensagem conclusiva no 14º Verso( Último do segundo terceto).
-
http://www.recantodasletras.com.br/sonetos/5891940
-

 CURIOSIDADES e SIGLAS:

(*)-1- SEITON significa providenciar a ARRUMAÇÃO e deixar tudo em ORDEM – todos os materiais (sejam quais forem) necessitam ser mantidos em ordem, para que possam ser encontrados de imediato e estejam prontos para uso sempre que necessários. Deixar as coisas no lugar certo, para não se perder tempo e gastar energia desnecessária, procurando-as.
-
(*)_2. SEIRI significa evitar o DESNECESSÁRIO – separar o desnecessário do necessário, e guardá-lo num lugar que lhe é próprio, para que não atrapalhe a rotina de trabalho ou qualquer outra atividade. Disponibilizar as coisas realmente necessárias ao trabalho e aquelas desnecessárias guardá-las ou “passá-las para frente”. Guardá-las, porque futuramente poderão ser necessárias; “passá-las para frente” (doar) porque aquilo que é desnecessário para um, pode ser útil para outro

-(*)_3. SEISO significa manter sempre LIMPO –  o local de trabalho ou qualquer outro lugar, com tudo em ordem e somente com o necessário, para que a sujeira não atrapalhe a produtividade nem provoque má qualidade na produção.
-
(*)_4. SEIKETSU significa manter a HIGIENE – tornando o ambiente saudável e agradável para todos.
-
(*)_5-5. SHITSUKE significa DISCIPLINA – não só aprender e seguir os princípios anteriores como hábitos salutares e invioláveis, como também se educar com caráter reto,  firme e honrado, para vencer na vida
-
KAIZEN é uma palavra japonesa que significa mudança para melhor ou  aprimoramento contínuo e que permeia toda a Administração Japonesa. Kaizen pode então, até servir de sinônimo de  Administração Japonesa.

E a chamada Administração Japonesa de hoje, na realidade, é toda uma tradição de educação de berço do japonês, complementada por conhecimentos do management norte-americano . Em outras palavras, valores humanos japoneses complementados por conhecimentos técnicos em Administração norte-americanos, e aplicados em empresas japonesas.
-
(*) TQC – Total Quality Control como um todo processo integrado, conforme o americano “W.Deming enfatizou a importância da interação constante entre pesquisa, projeto, produção e vendas para a empresa chegar à melhor qualidade, que satisfaz os consumidores”.
-
http://www.infobibos.com/Artigos/2006_2/5s/Index.htm
-


RASTREANDO A VERDADE

Prezados Confrades e Confreiras,
Retomo, nas asas do otimismo e da esperança, após um interregno de dois meses, a série “Rastreando a Verdade”. Espero reencontrá-los no mesmo clima, irradiando confiança e alegria, numa vontade incoercível de superar os óbices rumo à ordem e ao progresso. Isto é bom! Salutar! Nutriente!
Nesse intervalo, alguns leitores e leitoras, a respeito do último tema de 2016 – MELHORIA;Progressão Qualitativa; – questionaram-me: Como vencer as dificuldades para implementar  um programa de Qualidade Total? Tentarei, dentro de minhas naturais limitações, mas lastreado em experiência e razoável estudo, responder com o tema XXXI – 5S;Alicerce da Qualidade Total – que, a meu ver, constitui o portal indesviável para ingresso no universo do TQC: redenção das organizações públicas ou privadas. Creio que, assim, compartilho algum conhecimento e disponibilizo-me para buscar novas luzes nas trilhas da perfeição que o Mestre nos convoca.
Abraços
Klinger Sobreira de Almeida – Cel. PM Ref.
Membro Fundador-Efetivo Academia de Letras João Guimarães Rosa
Membro Correspondente Academia Valadarense de Letras
-

-
Rastreando a Verdade (XXXI)
5S_ Alicerce da Qualidade Total


“Sede vós pois perfeitos, como é perfeito vosso Pai que está nos céus”-Mt 5:48


Bons tempos! Percorrendo a garagem de Salvador/BA, em 1998, uma obreira dos serviços de higienização dos ônibus abordou-me: “sô coronel, tô muito feliz; meu marido e filhos tão fazendo o 5S em nosso barraco”. Implantávamos o TQC, começando por um treinamento 5S do topo à base. O depoimento espontâneo da companheira de trabalho testificava que a ensinança fora assimilada e bem internalizada. Não só a empresa vivenciava o 5S; este se estendera aos lares.


O TQC (Controle da Qualidade Total) na vida organizacional é um caminho desafiador, difícil de ser alcançado, mas, nele se adentrando, o rumo ascensional é infinito; não há volta. Esta assertiva é a evidência do PDCA – vetor fundamental da metodologia – abordado no tema 30: MELHORIA;Progressão Qualitativa;.
Esse caminho desafiador e difícil foi aplainado pelos japoneses que, na década de 50, acolhendo a metodologia de Deming e Juran – resistida pelos americanos – introduziram, como vestibular ao TQC, a cinco vias:  (1) SEIRI = Utilização, (2) SEITON = Arrumação, (3) SEISO = Limpeza, (4) SHITSUKE = Autodisciplina e (5) SEIKETSU = Saúde – valores secularmente integrantes da cultura nipônica.
Em meados década de 80, o TQC chega ao Brasil, alcançando principalmente as empresas visionárias. As cinco vias, denominadas, em linguagem nativa, “cinco sensos” ou, simplificadamente, 5S, erigem-se como vestíbulo para o ingresso na então novel metodologia gerencial.   A implantação, buscando-se a conscientização do todo – assimilação e internalização – se faz por etapas.


Utilização – Exame de tudo que está estocado ou depositado nas salas, nos escritórios, nos pátios etc. O que é útil? O que não é usado?  O inútil é descartado, vendido em ferro velho ou doado, ou jogado no lixo.


Arrumação – Desimpedido os ambientes das inutilidades, procede-se a organização do que é utilizável: “cada coisa no seu porta coisa”.
Limpeza – Nos anos 80, visitei a montadora de motocicletas Honda, em Manaus. Surpresa! Todos operários de branco. Cada tarefa em área quadricular. Ao final do turno, o titular promovia a limpeza dos resíduos. O uniforme permanecia alvo.


Autodisciplina – Normas de procedimento: ordem, hierarquia, respeito e harmonia.  Impera a consciência do dever. Não há fiscalização nem sanções.

Saúde – Na Honda, os obreiros dispunham de áreas de lazer, desportos e leitura.
Alimentação sadia. Responsabilidade acurada de higiene pessoal e segurança.

O TQC, embora tacanhamente, vai progredindo em muitas empresas brasileiras, mormente naquelas que vislumbram a competitividade interna e externa, ou aspiram a excelência. Na caminhada, algumas fracassaram; não alcançaram o desiderato final. 


Causa: descuidaram-se; não implementaram a “Cultura 5S”. Ausente esta, o avanço não se fez em alicerce firme, percorreu terreno movediço. Então: estagnação, ou desistência.

Cultura 5S! Na organização, na família, ou individual: Conditio sine qua non – o alicerce vigoroso – rumo à Qualidade Total.

Klinger Sobreira de Almeida – Cel. PM Ref – membro ALJGR-

-
http://academiadeletrasdobrasildeminasgerais.blogspot.com.br/2017/02/soneto-verdade-melhoria-rumo-ao.html




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.