sexta-feira, 18 de abril de 2014

JANTAR EM GRANDE ESTILO-70 ANOS DA ABD-DIA 23 DE JULHO DE 2014-CONVITE DE MARLY BÁRBARA-PRESIDENTE


Prezados, 
a ABD comemorará os seus 70 anos de existência 
com um jantar em grande estilo, no dia 23 de Julho,de 2014,
 onde seus artistas, escritores, associados, 
amigos e convidados poderão se confraternizar 
e brindar os 70 anos de uma das maiores 
e mais antigas entidades culturais. 
Confiram no convite as condições 
de participação neste evento!
Presidente
Marly Bárbara

SILVIA ARAUJO MOTTA-TOMA POSSE NA ALAF-ACADEMIA DE LETRAS E ARTES DE FORTALEZA-DIA 18 DE ABRIL DE 2014-MEMBRO CORRESPONDENTE


-
SILVIA ARAUJO MOTTA-TOMA POSSE NA ALAF-ACADEMIA DE LETRAS E ARTES DE FORTALEZA-DIA 18 DE ABRIL DE 2014-MEMBRO CORRESPONDENTE, aprovada dia 21 de janeiro de 2014.
-
SILVIA ARAÚJO MOTTA-
CORRESPONDENTE DA ALAF
-
Acróstico de agradecimento nº 5490
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
M-Membro Correspondente da ALAF,
E-Em aprovação curricular, em reunião,
M-Muito me honra e me causa alegria:
B-Belos laços já criamos na participação
R-Realizada na publicação da Antologia.
O-O CONVITE feito pela Sra. Presidenta
 -
C-Com Mandato para Biênio 2013/2015:
O-Onde assina: Acadêmica Ângela Peliccone;
R-Reafirmo agradecimentos à DIRETORIA;
R-Reconheço o valor da indicação Literarte
E-E sua Equipe que atende à rica parceria:
S-Senhora Presidenta Izabelle Valladares;
P-Podem contar comigo para engrandecer
O-Os fortes laços literoculturais nacionais;
N-Nesta Academia de LETRAS E ARTES
D-De Fortaleza, estarei se Deus quiser,
E-Em dezenove de abril, pleno sábado,
N-No Hotel Holiday in, para receber,
T-Toda feliz, o Diploma, a Pelerine azul,
E-E a linda Medalha de Honra ao Mérito.
         ---MUITO OBRIGADA!---
Belo Horizonte, 21 de janeiro de 2014.

-//-




Texto  enviado 
para publicar na 5ª ANTOLOGIA DA ALAF
-
ACADEMIA DE LETRAS E ARTES DE FORTALEZA
-
Acróstico-informativo nº 5461
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
A-Academia de Letras e Artes de Fortaleza,
C-Criada na Capital do Estado do CEARÁ:
A-ASSOCIAÇÃO sem fins lucrativos:ALAF;
D-Dentre seu Objetivos pretende congregar
E-Escritores, Poetas, Artistas e Jornalistas,
M-Membros intelectuais brasileiros ou naturalizados;
I-Interessar por Trabalhos Pessoais e Coletivos dos
A-Acadêmicos; promover PUBLICAÇÕES,
 -
D-Debates, Palestras, Concursos variados
E-Exposições Artísticas; promover intercâmbio
 -
L-Ligado à Cultura, com Órgãos Governamentais
E-Entidades Congêneres litero-artísticas-culturais,
T-Tanto do ESTADO quanto da UNIÃO;
R-Recebe seis CATEGORIAS de SÓCIOS:
A-Aqueles Fundadores, 40 Efetivos, Honorários,
S-Seus Beneméritos, Eméritos e Correspondentes.
 -
E-Entre outras OUTORGAS homenageia
 -
A-AMIGOS da ALAF, Presidente de HONRA...
R-Realiza grandes Eventos! Faz a entrega de
T-Tantas Medalhas de Mérito Cultural /ALAF!
E-Estatuto com trinta Artigos está registrado
S-Sob a aprovação do Cartório de Títulos e Documentos
 -
D-Da Comarca de Fortaleza, do Estado do Ceará.
E-Em 1º /01/ 2014, recebi o CONVITE honroso para
 -
F-Fazer parte da QUINTA ANTOLOGIA da ALAF!
O-Oportunidade fantástica:esta de ser MEMBRO
R-Reconhecido e avaliado Correspondente/ALAF!
T-Trago AGRADECIMENTOS especiais à Presidente
A-Ariza Souza, ao Secretário-Geral Rogério Araújo, à
L-LITERARTE, pela indicação feita pela Presidente
E-E Fundadora: Izabelle Valladares e sua Equipe;
Z-Zelosos Organizadores, aceitei! Muito obrigada!
A-A todos desejo êxitos nos eventos e empreendimentos!
-
Belo Horizonte, quarta-feira,  janeiro de 2014.
-

Breve Curriculum Vitae: SILVIA ARAÚJO MOTTA/BH/MG/Brasil.
Comendadora, Profa. Dra. em Filosofia,Língua Portuguesa e Inglesa;Pedagogista, Gran-
Colar,Chanceler,Trovadora,Presidente-Fundadora do Clube Brasileiro da Língua Portuguesa; Presidente Fundadora da AL Brasil-MGerais e da ANICAL.Rainha Internacional dos Acrósticos, com sete mil acrósticos, 400 sonetos clássicos, 4mil Trovas.Publicações:44 livros-solo,4 idiomas;Cem Antologias;600 Premiações no Brasil, Portugal, França, Itália, Chile, Suisse, Espanha, Venezuela, Argentina, Ohio/USA/IWA.Casada.3 Rapazes!1 Enteada! 1Genro, 4 netos!Membro Titular e Correspondente de 27 Academias de Ciências, Letras de Artes no Brasil e exterior.Embaixadora da Paz/Suisse/France. Email: clubedalinguaport@gmail.com.

-//-

CONVITE PARA
PARTICIPAR DA ANTOLOGIA DA ALAF-FORTALEZA

Senhora Acadêmica,
Silvia de Lourdes Araújo Motta
Nome literário:
SILVIA ARAÚJO MOTTA

             A Academia de Letras e Artes de Fortaleza, convida a todos para a participação na 5ª Antologia Poética da ALAF, que será produzida em parceria com a  Literarte, terá seu lançamento no evento de posse acadêmica que será realizado no dia 19  de abril de 2014 (Sábado) , no Hotel Holiday Inn em Fortaleza.
Regulamento Antologia:  5ª ANTOLOGIA POÉTICA DA ALAF
Academia de Letras e Artes de Fortaleza
CNPJ: 14310201-0001-08  REG: 13024-9

Regulamento

Prazo para envio dos textos; 20  de Fevereiro de 2014
Tema: Livre
DA PARTICIPAÇÃO
1.1. A  5ª antologia da ALAF  é promovida pela ALAF- Academia de Letras e Artes de Fortaleza e pela Literarte- Associação Internacional de Escritores e Artistas
1.2. Poderão participar da antologia todas as pessoas físicas maiores de 18 anos, ou menores com permissão do responsável, residentes legais no Brasil, bem como brasileiros residentes no exterior. Também poderão participar da Antologia escritores de outras nacionalidades, desde que a língua mantida seja a língua portuguesa.
1.3. Das características da antologia: A Antologia receberá única e exclusivamente poesias, trovas, haikais e sonetos, sendo que a criatividade e imaginação do escritor darão o toque e estilo ao trabalho.
A mesma contará com um caderno especial dos novos membros da ALAF, que serão convidados a ocuparem as 15 vagas existentes para correspondentes na Academia e será lançada no mês de abril de 2014 durante o evento de posse da ALAF e da entrega do Prêmio Melhores Poetas 2014 da mesma entidade.

1.4. Poderão participar da antologia autores com menos de vinte e um anos, mediante autorização por escrito de um responsável legal, acompanhada de fotocópia do original de documento de identidade do mesmo para conferência e registro de inscrição.
1.5. A participação se dará no sistema de cotas, sendo que cada autor deverá proceder ao pagamento  da seguinte forma:
  • O Valor de participação será de R$ 150,00  (cento e cinquenta reais)- PARA NÃO ACADÊMICOS-que deverá ser paga em cota única  , este valor abrange 2 páginas da obra , sendo depositado até o dia  10 de março de  2014.
  • O Valor de participação será de R$ 100,00  (cento  reais)- PARA ACADÊMICOS E EFETIVOS E CORRESPONDENTES QUE INGRESSARAM NA ACADEMIA ATÉ O ANO DE 2013 -que deverá ser paga em cota única  , este valor abrange 2 páginas da obra , sendo depositado até o dia  10 de março de  2014.
  • ( Caso receba notificação que seu texto foi aprovado)
1.6 Os participantes receberão um total de  4  exemplares da Antologia por participação.
o frete de entrega dos livros será por conta do autor.

Título; 5ª Antologia Poética da ALAF
Formato: 210 X 140 mm (fechado)
Papel: OFF SET

1.7. A presente antologia será confeccionada pela  Editora Literarte, será registrada , receberá ISBN , mas cada autor é responsável por registrar suas obras.

2)DA ACEITAÇÃO
2.1- Os textos deverão ser enviados em times new Roman, tamanho 12, acompanhados de biografia de 5 linhas e foto para divulgação.
2.2. Não serão aceitos fanfics que pertençam ao  universo de personagens já existentes criados por outro autor.
2.3. Os textos devidamente formatados deverão ser enviados para  o email:
editora@grupoliterarte.com.br   
Assunto: Livro da ALAF  ,   junto com os dados de inscrição e demais documentos de autorização.

3) NÃO SERÃO ACEITOS TEXTOS:

(a) Que possam causar danos a terceiros, seja através de difamação, injúria ou calúnia, danos materiais e/ou danos morais;

(b) ofendam a liberdade de crença e as religiões;

(c) contenham dados ou informações racistas ou discriminatórias;

(d) tenham a intenção de divulgar produtos ou serviços alheios aos objetivos da antologia ou que tenham qualquer finalidade comercial;

(e) façam propaganda eleitoral ou divulguem opinião favorável ou contrária a partidos ou candidatos;

(f) tenham sido produzidos por terceiros;
(g) que não venham formatados nas normas estabelecidas por esse regulamento e descritas no item 2.1.

4.O. Da divulgação:
Ao se inscrever na Antologia o autor autoriza automaticamente a veiculação de seu texto, sem ônus para a Editora  nos meios de comunicação existentes ou que possam existir com a intenção de divulgar a antologia.

5) SOBRE AS INSCRIÇÕES:
5.1. As inscrições para a Antologia  serão abertas às 24h00min do   dia  01 de  Janeiro  de 2014 e encerradas no dia 20 de  fevereiro de 2014, podendo ser encerradas antes,caso o número de textos recebidos e avaliados sejam aprovados antes da data, no formato e padrão já descritos.
As inscrições só poderão ser feitas pelos e-mails acima citados ou pelo site.
O LIVRO SERÁ LANÇADO NO  DIA 18 DO MÊS DE ABRIL DE 2014  EM FORTALEZA .
OS NOMES DOS SELECIONADOS SERÃO COMUNICADOS POR EMAIL OU PELO sitedoescritor.ning.com  

5.2 . Um determinado poema pode ter  mais de um autor, num número limite de dois. Um determinado autor poderá participar da antologia com mais de um poema, desde que observado o parágrafo 1.5 e 2.5 desse regulamento.

5.3. Para participar os candidatos deverão, além de enviar um ou mais textos de acordo com as regras estabelecidas neste regulamento, fornecer as informações a seguir:
(a) nome completo do autor do conto e de seu responsável legal(se for menor de idade);
(b) data de nascimento;
(c) número do documento de identidade pessoal e do responsável legal(se for menor de idade);
(d) endereço físico e eletrônico, completo e legível;
(e) telefone fixo e celular;
(f) informação de onde e como ficou sabendo da antologia;
(g) autorização por escrito assinada pelo responsável (se for menor de idade) e fotocópia legível do documento de identidade do mesmo (cópia escaneada e enviada junto com o e-mail);
(h) mini biografia de no máximo cinco  linhas para cada autor
(i) frete de entrega dos livros será por conta do autor.

5.5. Só serão aceitas inscrições através dos procedimentos previstos neste regulamento. Os dados fornecidos pelos participantes, no momento das inscrições, deverão estar corretos, claros e precisos. É de total responsabilidade dos participantes a veracidade dos dados fornecidos à organização da Antologia .

5.6. Em caso de fraude comprovada, o texto  será excluído automaticamente da antologia.

5.7. Os participantes concordam em autorizar, pelo tempo que durar a antologia com a editora, que a organização  faça  uso do seu texto ou poema, suas imagens, som da voz e nomes em mídias impressas ou eletrônicas para divulgação da Antologia, sem nenhum ônus para os organizadores, e para benefício da maior visibilidade da obra e seu alcance junto ao leitor.

6) OUTRAS INFORMAÇÕES

6.1. Dúvidas relacionadas a esta antologia e seu regulamento poderão ser enviados para o e-mail secretaria.fortaleza@gmail.com
Ou na editora pelo telefone 22-2645-2368
6.2. Todas as dúvidas e casos omissos neste regulamento serão analisados por uma comissão composta pela equipe organizadora e sua decisão será irrecorrível.

6.3. Para todos os efeitos legais, os futuros participantes da presente Antologia, declaram ser os legítimos autores dos textos inscritos, isentando a editora pessoa Jurídica  de qualquer reclamação ou demanda que porventura venha a ser apresentada em juízo ou fora dele.

6.4. A Literarte, reserva-se o direito de alterar qualquer item desta Antologia, bem como interrompê-la, se necessário for, fazendo a comunicação expressa para os participantes.

6.5. A participação nesta Antologia implica na aceitação total e irrestrita de todos os itens deste regulamento.

-
ALAF-ESTATUTO
ACADEMIA DE LETRAS ARTES DE FORTALEZA
-
CAPÍTULO I
DA ENTIDADE E SEUS OBJETIVOS

ARTIGO 1º - A Academia de Letras e Artes de Fortaleza – ALAF – é uma associação civil, sem fins lucrativos.


ARTIGO 2º - A ALAF tem por objetivo:

    I- Congregar intelectuais brasileiros ou naturalizados (jornalistas, artistas, poetas, escritores) sem distinção de raça, crença, religião e política, que tenham interesse em fomentar a cultura sob os mais variados aspectos;

       II- Defender os interesses comuns coletivos dos acadêmicos, quando prejudicados no desempenho de suas funções;

         III- Promover intercâmbio cultural com Órgãos Governamentais e Entidades Congêneres, tanto do Estado quanto da União;

       IV- Promover palestras, debates, publicações, exposições artísticas e concursos variados.


CAPÍTULO II 
DA CATEGORIA DOS SÓCIOS
ARTIGO 3º - São categorias de sócios da ALAF os acadêmicos:
         I- FUNDADORES: aqueles que assinaram a Ata de Fundação;
        II- TITULARES EFETIVOS: os fundadores e os que, após a fundação, vierem a compor o quadro de 40 (quarenta) acadêmicos;
        III- HONORÁRIOS: os que forem propostos a 
aprovados em Plenária pelo contributo sócio-cultural prestado ao Estado e/ou à ALAF
        IV- BENEMÉRITOS: os indicados e aprovados pela Diretoria e que tenham proporcionado doações, patrocínios, ou prestados relevantes serviços à ALAF
        V- EMÉRITOS: os indicados e aprovados pela Diretoria por sua extremada dedicação à cultura e reconhecida competência intelectual, sendo essa a mais alta categoria de sócios da agremiação;
        VI- CORRESPONDENTES: personalidade ligada à cultura, com o interesse em pactuar intercâmbios entre a ALAF e seu município (excetuando-se Fortaleza), e/ou municípios de outros Estados brasileiros e de outros países. A indicação do sócio correspondente far-se-á mediante a apresentação de curriculum vitae, será expressa por interesse próprio ou quando apresentado por um sócio titular;
        VII- OUTRAS OUTORGAS:
       a) AMIGOS DA ALAF: pessoas ligadas ao colegiado por laços afetivos e que promovam, espontaneamente, no contexto social;
              b) MEDALHA MÉRITO CULTURAL ALAF: personalidades voltadas ao labor artístico e literário;
          c) PRESIDENTE DE HONRA: personalidade de reconhecido valor intelectual, que apóia, incentiva e promove o engrandecimento da associação.

ARTIGO 4º - Constituem Direitos dos Sócios Titulares:
        I- participar de todos os 
eventos da ALAF
        II- votar e ser votados, conforme as disposições deste Estatuto. Para isso, deverão ter no mínimo 3 (três) meses de aprovação, e ingressado na ALAF
       III- usufruir dos benefícios prestados pela Academia e de todos os direitos assegurados na Carta Magna;
       IV- solicitar, de livre arbítrio e espontânea vontade, o seu desligamento da Academia em petição escrita, destinada à Diretoria;
        V- reunir-se em Assembléia Geral para eleger, destituir os dirigentes, aprovar as 
contas e alterar o Estatuto.

ARTIGO 5º - São deveres dos acadêmicos:
        I- cumprir as normas deste Estatuto e comunicar à Diretoria qualquer violação do mesmo;
        II- defender, permanentemente, os objetivos e ideais que norteiam a Entidade;
        III- manter uma conduta ética e apartidária na Academia e, quando por designação da Presidência, representá-la;
        IV- comparecer às reuniões ordinárias, extraordinárias e às Assembléias Gerais;
         V- exercer, com transparência e dedicação, as funções para as quais foram eleitos ou designados;
        VI- cumprir suas obrigações pecuniárias e outros encargos financeiros, quando pertinentes;
       VII- respeitar os seus pares e em particular à Presidência, autoridade máxima da agremiação, bem como as determinações da Diretoria e da Assembléia Geral.

Parágrafo Único: O associado que violar os incisos IV e VI do presente artigo, deixando de cumprir as obrigações pecuniárias e de comparecer por mais de 6 (seis) meses, será automaticamente desligado, podendo impetrar recurso na Assembléia Geral até 30 dias, após ser comunicado oficialmente.

CAPÍTULO III
DO PATRIMÔNIO 
ARTIGO 6º - O Patrimônio da ALAF será constituído por:
       I- contribuições dos acadêmicos;
       II- contribuições e doações de terceiros;
       III- subvenções, juros, correções ou dividendos resultantes de aplicações das contribuições e/ou doações recebidas;
       IV- móveis e utensílios.

ARTIGO 7º - A Diretoria será responsável pelos bens patrimoniais móveis e imóveis, não podendo acioná-los a não ser com autorização da Assembléia Geral para tal fim.

ARTIGO 8º - Ao assumir a Diretoria, os membros eleitos providenciarão um levantamento e o recebimento dos bens patrimoniais existentes, mediante termo e cadastramento.

Parágrafo único: Observadas quaisquer alterações, essas devem ser notificadas à Diretoria precedente.
CAPÍTULO IV
DOS PODERES SOCIAIS 
ARTIGO 9º - A Assembléia Geral é o Órgão máximo da entidade nos termos deste Estatuto, composta por todos os acadêmicos em pleno gozo de seus direitos sociais, com o seu poder de atuação expresso no Código Civil.

ARTIGO 10 – As Assembléias Gerias, órgãos deliberativos da ALAF, têm caráter Extraordinário, Eleitoral e Solene:
       I- a Assembléia Geral Ordinária será realizada, anualmente, no mês de abril, com a finalidade de aprovar os Balancetes Anuais e o Relatório Administrativo do Exercício Findo, bem com a proposta orçamentária para o ano seguinte;
        II- a Assembléia Geral Extraordinária é de competência do Presidente, podendo também ser requerida por 2/3 (dois terços) dos sócios regulares;
        III- para deliberação de assuntos relevantes, tornada pública pOr Edital, com antecedência mínima de 8 (oito) dias incluído-se a Pauta.
        IV- A Assembléia Geral Eleitoral será realizada, bienalmente, no segundo sábado do mês de abril, para eleger a Diretoria Executiva;
        V-  A Assembléia Geral Solene será realizada, quando se fizer necessário e devidamente programada pela Diretoria.


CAPÍTULO V 
DAS PENALIDADES
ARTIGO 11 – Serão apenados com advertência, por escrito, os sócios titulares que infringirem as normas estatutárias e regimentais, sistematicamente, sem procurar os aspectos legais para notificá-las. Poderá também ser afastados temporariamente por no mínimo 6 (seis) meses, permanecendo com suas obrigações pecuniárias.

ARTIGO 12 – Serão apenados com punição sumária, desligamento ex-ofício, os sócios titulares que:
       I- agredirem verbalmente um ou mais sócios, prejudicando a sua imagem, no recinto acadêmico;
       II- demonstrando rebeldia, procurando agitar os pares contra a Diretoria e as normas estatutárias;
          III- incentivando a discórdia oralmente ou por escrito;
    IV- apresentando comportamentos anti-sociais (sociopatias aparente) a ponto de interferirem na harmonia, disciplina das reuniões e conceito da academia no meio sócio-cultural.

Parágrafo Único: Em obediência ao devido processo legal, o Presidente designará uma comissão formada por 3 (três) acadêmicos, inclusive, médicos, para realização do processo de que trata este artigo (12). No caso de acusação, ou mesmo, comprovação, tem o acadêmico amplo direito à defesa, devendo a comissão apresentar ao Presidente um Relatório conclusivo, o qual será submetido ao seu julgamento de forma monocrática.

CAPÍTULO VI
DA DIRETORIA
ARTIGO 13 – A Diretoria da ALAF terá mandato de 2 (dois) anos, e cada membro poderá ser reeleito  por dois ou mais mandatos, desde que disputados em eleições, conforme Capítulo IV, Artigo 10, inciso IV, deste estatuto e deverá ser constituída pelos seguintes membros eleitos em Assembléia Geral Eleitoral:
      I- PRESIDENTE;
      II- VICE-PRESIDENTE;
      III- 1º SECRETÁRIO;
      IV- 2º SECRETÁRIO;
      V- 1º TESOUREIRO;
      VI- 2º TESOUREIRO;
      VII- DIRETOR DE EVENTOS
      VIII- CONSELHO FISCAL (3 + 3 suplentes);
 
ARTIGO 14 – Compete ao PRESIDENTE:
       I- representar a ALAF onde se fizer necessário;
       II- convocar e presidir as sessões Ordinárias, Extraordinárias bem como Assembléias Gerais;
      III- praticar “ad referendum” da Diretoria os atos que se fizerem necessários, comunicando-os aos acadêmicos na reunião seguinte;
      IV- assinar a documentação financeira com o Tesoureiro, ou com o Secretário, quando os assuntos forem de natureza administrativa, como editais, correspondências, notificações, títulos, certificados;
      V- empossar os membros da Diretoria, podendo, inclusive, indicar membros efetivos para cargos criados após as Eleições, e comissões especiais, todos com a aprovação da Diretoria;
      VI- cassar a palavra de qualquer associado, que use a tribuna para debates de interesse particular ou agitar os pares, fomentado a discórdia no recinto;
     VII- suspender as sessões a bem da ordem e do quadro social;
    VIII- confirmar, em comum acordo com a Diretoria, o desligamento dos sócios faltosos e inadimplentes, bem como a análise dos casos omissos no presente Estatuto.

ARTIGO 15 – Compete ao VICE-PRESIDENTE:
       I- auxiliar o Presidente no exercício de sua função;
       II- substituí-lo, quando necessário, no exercício do cargo.

ARTIGO 16 – Compete ao SECRETÁRIO:
      I- redigir e dar divulgação aos Editais, Notificações e outros documentos, assinando-os com o Presidente;
     II- lavrar e lar as Atas das Reuniões Ordinárias, Extraordinárias e Assembléias Gerais, guardando os livros na secretaria da ALAF e sob sua total responsabilidade;
    III- redigir e assinar com o Presidente a Correspondência Oficial;
    IV- manter em dia e organizada a documentação da secretaria constante de pastas, arquivos, documentos de Constituição, Cadastro de Sócios Acadêmicos, Cadastro de Sócios Honorários, Beneméritos e Eméritos, e tudo o mais que disser respeito à documentação da ALAF
     V- programar reuniões, comunicando antecipadamente aos acadêmicos, seguindo estatuto ou a orientação da Presidência;
    VI- não ultrapassar os seus limites, interferindo nas diretrizes e planejamentos da Presidência ou Diretoria.

ARTIGO 17  - Compete ao 2º SECRETÁRIO:
       I- auxiliar o Secretário Geral nos seus misteres;
       II- substituí-lo nos seus impedimentos.

ARTIGO 18 – Compete ao TESOUREIRO:
      I- manter sob o seu controle todos os documentos Contábeis e Financeiros;
      II- manter em dia a Escrituração Contábil da ALAF
     III- apresentar, mensalmente, nas Reuniões Ordinárias de Diretoria, o Balancete do Movimento financeiro do mês anterior;
    IV-assinar com o Presidente, Balancetes Mensais, Balanço Geral Anual, Cheques, Requisições e todo e qualquer documento externo que diga respeito à responsabilidade da Tesouraria, como Recibos, Termos, etc.

ARTIGO 19- Compete ao 2º TESOUREIRO:
       I- auxiliar o Tesoureiro Geral nos seus misteres;
       II- substituí-lo nos seus impedimentos, ou seguindo orientação do Presidente.

ARTIGO 20 – Compete ao DIRETOR SOCIAL:
       I- promover as festividades sociais da ALAF
       II- organizar o Cadastro Social dos Acadêmicos, acompanhando os acontecimentos a ele pertinente;
      III- representar a ALAF nos eventos sociais para os quais tenha sido convidada, sendo designado pelo Presidente ou seu substituto legal.

ARTIGO 21 – Compete ao DIRETOR DE COMUNICAÇÃO:
       I- divulgar os eventos da Entidade nos meios de comunicação;
       II- assumir o cargo de mestre de cerimônias nos eventos sócio-culturais, podendo, na ausência desse diretor, haver a designação de outro;
      III- saber conduzir os acontecimentos, quando houver problemas envolvendo a imagem da instituição;
      IV- responsabilizar-se pelas publicações jornalísticas.

ARTIGO 22 – Compete à ASSESSORIA JURÍDICA:
       I- defender os interesses da ALAF  e dos seus associados, em qualquer Instância, Juízo ou Tribunal, sempre que a querela envolver assunto afetando ou prejudicando a imagem da Instituição.
CAPÍTULO VII 
DOS CONSELHOS: FISCAL E DE ÉTICA

ARTIGO 23 – Compete ao CONSELHO FISCAL:
       I- examinar a Escrituração Contábil da ALAF apresentada pela Tesouraria;
      II- encaminhar, após análise, o Balancete do Movimento Financeiro à Assembléia, bem como o Balanço Financeiro Anual, emitindo parecer;
     III- fiscalizar a aplicação financeira orçamentária anual, pronunciando-se favorável ou não à proposta, emitindo assim o seu parecer;
    IV- reunir-se no mínimo a cada 6 (seis) meses para análise dos balancetes apresentados, aprovando-os ou não, observada a aprovação final da Assembléia Geral Extraordinária.

ARTIGO 24  - Compete ao  CONSELHO DE ÉTICA:
      I- analisar o procedimento de Sócios Efetivos, quando designados pela Presidência, optando ou não por penalidades constantes no Capítulo V, Artigos 11 e 12, sendo os seus componentes eleitos pela Diretoria;
      II- avaliar a vida sócio-cultural do candidato a uma Cadeira Acadêmica, juntamente com a Diretoria, emitindo um parecer favorável ou não.
 
CAPÍTULO VIII 
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS  
ARTIGO 25 – Este Estatuto da ALAF deverá ser registrado no prazo de 60 (sessenta) dias a partir da data de aprovação, e o Regimento Interno terá o prazo de 60 (sessenta) dias após o registro do Estatuto, para ser concluído.

ARTIGO 26 – Será adotado um logotipo identificável obrigatoriamente no medalhão, “botton”, nos documentos impressos e oficiais, contendo as cores simbólicas da ALAF

Parágrafo Único: Os Sócios Efetivos deverão usar, nas sessões solenes, a indumentária representativa da Academia de Letras e Artes de Fortaleza

ARTIGO 27 – Respeitar-se-á também como oficial, além dos feriados já existentes no País e no Estado, a data de fundação da ALAF

ARTIGO 28 – O presente Estatuto só poderá ser modificado em Assembléia Geral, especialmente convocada para esse fim e com a presença de 2/3 (dois terços) dos sócios em dia com as suas obrigações acadêmicas e em pleno gozo de seus direitos e, na 2ª convocação, com o número de acadêmicos presentes.

ARTIGO 29 – Revogadas as disposições em contrário, este Estatuto entrará em vigor após sua aprovação em Assembléia Geral Ordinária especialmente para esse fim e, logo após, registrado no Cartório de Títulos e Documentos desta Comarca.

ARTIGO 30 – Em quaisquer publicações (acadêmicas ou alheias à Academia), o autor só poderá usar o nome da ALAF, havendo análise das mesmas por uma Comissão.
-
-//-


SILVIA (de Lourdes) ARAÚJO MOTTA/17/12/2013
http://www.recantodasletras.com.br/autores/silviaraujomotta
Perfil e 5.578 TEXTOS-poéticos – (555.845 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última
atualização em 30/11/2013 às 10:18h)

***************************************************
PARTE I:SÍLVIA ARAÚJO MOTTA
DADOS PESSOAIS:

1-Nome literário: SÍLVIA ARAÚJO MOTTA
2-Natural: Belo Vale-MG/Brasil
3-Nascimento: 07 de janeiro de 1951
4-Filiação: (Pais falecidos)
4.1. Sílvio Fernandes de Araújo (†)
4.2. Ana Catarina de Andrade Araújo (†)
5-Identidade [M...] -SSP-MG
6-Casada com José Deusdedit da Motta
7-Filhos(3)  e netos(3)
-
ENDEREÇO:Nome Literário:
SILVIA ARAÚJO MOTTA
-
Sílvia de Lourdes Araújo Motta
Rua dos Pampas-538-Apto 1002-Bloco B
Prado
CEP-30 411-030-Belo Horizonte-MG-Brasil
-
Email: clubedalinguaport@gmail.com
(31) 32952798-32950708

PARTE II:LIVROS e ANTOLOGIAS ORGANIZADAS POR
SILVIA ARAUJO MOTTA

1-MOTTA, Sílvia Araújo. “DE MÃOS DADAS”com Maria -
Amélia”-Gráfica Emil,1997, lançado em Trancoso, Portugal-
2-MOTTA, Sílvia Araújo. “FRAÇÕES DE UMA VIDA”-Gráfica
Emil, Belo Horizonte, Julho de 1997.
3-MOTTA, Sílvia Araújo. “EFEMÉRIDES da Arcádia de MG”
2003. Belo Horizonte. 268 pp.
4-MOTTA,Sílvia Araújo Motta.SONETOS.Origem e Metodologia
Poética. Belo Horizonte. 1999. 164 pp.
5-MOTTA, Sílvia Araújo.“VERSOS E CARVERSOS
SAZONADOS”,Emil, BH, 2003. 515 pp.
6-MOTTA,Sílvia Araújo. “ELISTAS NOS VERSOS DA RAZÃO E NO
CORAÇÃO”, Emil, BH,2004. 98pp.
7-MOTTA, Sílvia Araújo. “ZENÍLIA PAIXÃO”, Emil, 2004 .
Belo Horizonte.64pp.
8-MOTTA, Sílvia Araújo. “DENISE, MENINA E MÃE”, Afonso
Pena/BH..2004.155pp.
9-MOTTA, Sílvia Araújo Motta. Afonso
Pena/BH/MG/Brasil:“ALMAS GÊMEAS VIRTUAIS.”
VOLUME (1):411pp.(2004)“ALMAS GÊMEAS VIRTUAIS.”
VOLUME (2):401 pp (2005)“ALMAS GÊMEAS VIRTUAIS.”
10-MOTTA, Sílvia Araújo Motta. “FESTA PEQUENA PARA GENTE
GRANDE” BH.2005.139pp.
11-MOTTA, Sílvia Araújo Motta. Coletânea:“DARCY JOIA
RARA” .Belo Horizonte.2005. 258pp.
12-MOTTA, Sílvia Araújo Motta. “DE PADRE MIGUEL A
MONSENHOR FALABELLA”.2005. 275pp.
13-MOTTA, Sílvia Araújo Motta. Coletânea “IWA em BEAGÁ-
International Writers and Artists Association-
Toledo/Ohio/USA”-Belo Horizonte-MG-Brasil-2005. 130 pp.
14-MOTTA, Sílvia Araújo Motta. “CAPANEMA EM
AÇÃO”.Coletânea 2005.Belo Horizonte-MG-Brasil 120pp.
15-MOTTA, Sílvia Araújo Motta/ Coletânea “NÚPCIAS
DOURADAS” de Pedro Paulo Marques e Maria Luíza Moreira
Marques. BH-MG-Brasil. 2005.236pp.
16-MOTTA, Silvia Araújo e PILÓ. Coletânea “DO ALUNO AO
EDUCADOR”.Análise da Obra Literária de Maria Ribeiro
Pires.BH-MG.2005.94pp.
17-MOTTA, Sílvia Araújo Motta. Coletânea “UM HOMEM DA
VERDADE”.Vida e Obra de Saul Alves Martins. Belo
Horizonte.2005- 350 pp.
18-MOTTA, Sílvia Araújo Motta.Bodas de Ouro Matrimoniais
de Armando e Lenir Araújo
Rodrigues.Fotobiografia.2005.230 pp.
19-MOTTA, Sílvia Araújo Motta. LIÇÃO DA HUMANISTA MARCIA
DE SOUSA ALMEIDA, 2005.320pp
20-MOTTA, Sílvia Araújo Motta. POETRIX Versus HAI-KAI.
Belo Horizonte.2005.256 pp.
21-MOTTA,Sílvia Araújo Motta, Coletânea IMPRENSA EM ÉPOCA
DE GUERRA, O Jornal O Jequitinhonha e a Guerra do
Paraguai"-Maria de Lourdes Dias Reis,Belo Horizonte, 2005.
22-MOTTA, Sílvia Araújo Motta, Coletânea IDOSOS EM PROSA,
VERSO E LEGISLAÇÃO.Afonso Pena. Belo Horizonte.2005.199pp.
23-MOTTA,Sílvia Araújo Motta, Coletânea Wilton Alves
CANTA E ENCANTA, Belo Horizonte,2005.185 pp.
24-MOTTA, Sílvia Araújo, Coletânea HOMENAGEM aos
Parceiros-Assessores da ALJGR e à Polícia Militar de
Minas Gerais.Afonso Pena. Belo Horizonte,1º de julho de
2006.244PP.
25-MOTTA, Sílvia Araújo Motta.Coletânea :EMAA em Prosa e
Verso. Uma contribuição de 53 anos de História
Educacional.Afonso Pena.2006.295 pp.
26-MOTTA,Sílvia Araújo Motta.LAÇOS POÉTICOS ITALIANOS E
BRASILEIROS.Belo Horizonte.2007.260 pp.
27-MOTTA, Sílvia Araújo Motta. COTIDIANO POÉTICO- Foto-
poemas-acrósticos .Belo Horizonte. 2007. 70 pp.
28-MOTTA,Sílvia Araújo Motta. VIDA OU MORTE.Poesia-
acróstica.Belo Horizonte. 2007. 223 pp.
29-MOTTA,Sílvia Araújo Motta.LAÇOS POÉTICOS ITALIANOS E
BRASILEIROS.Belo Horizonte.2007.299 pp.2ª ed.com fotos.
30-MOTTA, Sílvia Araújo Motta-LAÇOS POÉTICOS JAPONESES E
BRASILEIROS.Belo Horizonte.2008.190 pp.
31-MOTTA, Sílvia Araújo Motta-DO VIRTUAL PARA O REAL:
4 Volumes.Belo Horizonte.(De 2004 a 2008)
32-MOTTA & LANA, Sílvia Araújo Motta e Zeni de Barros
Lana.Belo Horizonte.2101-209p.
33-MOTTA, Sílvia Araújo Motta.QUE É POESIA EM CEM
ACRÓSTICOS DIDÁTICOS HISTÓRICOS.Belo Horizonte.2010.92
p.1ª ed.2ª edição:120pág.
34-MOTTA, Sílvia Araújo Motta.O MAIS BELO VALE DE
MINAS.Belo Horizonte. 2ª ed. 2010.
35-MOTTA&MOTTA, Sílvia&Desusdedit Araújo . REDES NEURAIS
E ARTIFICIAIS. 2010.Belo Horizonte. 86 pág impressas e 86
slides em CD.
36-MOTTA,Sílvia Araújo Motta.ALDRAVIAS EM
ACRÓSTICOS.Belo Horizonte,74pág.2011
37-MOTTA, Sílvia Araújo. I PRÊMIO MAC DE POESIA -2011-
Coletânea Instituto Cultural Manoel Antonio de
Carvalho.Belo Horizonte Abril de 2010.120 pág.
38-MOTTA, Silvia Araújo Motta, FAGUNDES VARELLA EM VERSOS
TROVADORES. Coletânea-Posse na Academia Brasileira de
Trova-Rio de Janeiro.Pronunciamento e anexos com poemas e
biografias da autora e do patrono.118 páginas.BH/MG/Brasil.
39-MOTTA, Sílvia Araújo Motta. Coletânea MEMORIAL
FOTOBIOBIBLIOGRÁFICO DA ALB-MG-499PÁG.Belo Horizonte.ago-
2011.
40-Participação do Salão do Livro em Paris-Coletânea bilíngue: Francês-Português com 33 autores Mineiros.Período de 16 a 19 de março de 2012.32º Salon Livre-France.
41-Antologista preparou com 36 autores o livro para o 33º Salon Du Livre/Paris/Porto de Versailles: LES PLUS BELLE HORIZONTES DE LA PROSE ET DE LA POÈSIE.
Lançado em março de 2013/França.
42-Motta, Silvia Araújo. ANITA DUARTE BRANDÃO, CENTENÁRIA. Iguatama/MG.2013-Afonso Pena.342 páginas
43-MOTTA, Silvia Araújo et al.Coord.da Antologia Guaçui/ES em Prosa e Verso-Nov/2013, no prelo, com 240p.
44-MOTTA,Silvia Araújo Motta.BARÃO DE PARAOPEBA-Patrono Cad. 40 na ALB/RMBH, no prelo, 180p.2013.(Fase de Revisão).
BREVE CURRICULUM VITAE:PARTE  III
SILVIA ARAÚJO MOTTA(Nome literário)

Sílvia de Lourdes Araújo Motta, mineira, nasceu em Belo Vale, radicada em Belo Horizonte, há mais de 40 anos; Presidenta do Clube Brasileiro da Língua Portuguesa, Pedagogista, desde 17-02-2000, Profa.-Doutora em FILOSOFIA:PhI; Profa. de Língua e Literatura Portuguesa-Inglesa; Assessora Especial da Presidência Associação Internacional de Poetas Del Mundo (115 países);Cônsul de Poetas de Mundo para Belo Horizonte; Embaixadora Universal da Paz:Brasil/Orange-France/Genève-Suisse;Presidenta-FUNDADORA-VITALÍCIA da ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL-MINAS GERAIS. Já fez palestras em Língua Portuguesa em 22 Estados do Brasil. Curadora do I PRÊMIO INTERNACIONAL MAC de Poesia e de vários outros Concursos de POESIA. Pertence a várias Academias de Ciências Letras e Artes: ALB/MG, ALJGR-PMMG,ACLA-MANHUAÇU-/MG,  ANLPPB, AVPB, AVBL, AVSPE, ACLCL, ANELCA, APOLO, CAPPAZ, REBRA, UBT-BH, ABT-RJ, ARCÁDIA de MINAS GERAIS, IWA/Ohio/USA, LITERARTE, Brasil e em vários países: Venezuela, Itália, Colômbia, e outras... Premiações com 400 Medalhas e Troféus, e mais de 600 condecorações no Brasil e exterior. É Titular entre os Onze OURIVES SONETISTAS do Brasil. Recebeu o título de RAINHA DOS ACRÓSTICOS (Guiness Book); em homenagem ao seu nascimento real, 6 de janeiro , o Dia Nacional do Acrosticista. Tem mais de 7000 poemas publicados em 44 livros-solo de sua autoria, em quatro idiomas. Acadêmica, Humanista, Ativista Cultural, Escritora-Crítica-Poética-Textual, Sonetista,Violonista,Cantora, Soprano em Corais, Musicóloga, Compositora, Trovadora, Acrosticista em quatro idiomas, Lidera Trabalhos Voluntários Sociais. Comprova quatro décadas de ações Voluntárias, com Campanhas nas Comunidades carentes, Colaboradora de Projetos aos Doentes Mentais, aos Familiares de AAA-Alanon e Alateen, Crianças com Síndrome de Down, Crianças com Paralisia, Visitas a Hospitais, Creches e Presídios, Visitas para atender Doentes Terminais e seus Familiares e outros. Palestrante Voluntária para Grupos de Terceira Idade. Palestrante Missionária Ecumênica Presencial e Virtual.Ver Comenda  Coordenadora de doze Concursos de Poesia/Coletâneas e de Eventos Nacionais de relevo Internacional. Sílvia Araújo Motta tem exposição fixa, do SONETO: NATUREZA, de sua autoria, em 230 azulejos, ocupando 4,5metros na parte externa do MURO da Escola Prof. PEDRO ALEIXO à Av. Bandeirantes nº 2300 Alto da Av. Afonso Pena, Mangabeiras; ao lado da Praça da Bandeira-Belo Horizonte-MG-Brasil.Obra do Artista Plástico-Ceramista-Português JORGE DA COSTA PRATA.Vale ressaltar a inesquecível honraria: em 2009:Comenda-Colar do Mérito Cívico JOAQUIM JOSÉ DA SILVA XAVIER "ALFERES TIRADENTES" da Ordem dos Cavaleiros da Inconfidência Mineira, em Ouro Preto, oferecida pelo Sereníssimo Grão Mestre Geral da Ordem dos Cavaleiros da Inconfidência Mineira, Chanceler, Comendadora da Cidade do Rio de Janeiro-CIDADE MARAVILHOSA e Comendadora Grão Colar da FEBACLA. Acadêmica Imortal Internacional Cadeira 026-Patrono Conde de Linhares/Febacla; Cadeira 040, no Grau, Honra e Posição de ACADÊMICA IMORTAL DE GRANDE HONRA-Patrono Rubem Braga/FEBACLA; Cadeira 02/ALB-MG-Comenda Affonso Penna, Patrono Estadual da ALB-MG:23-8-2011 e Comenda Internacional CAUSAS IMORTAIS Miguel Máximo Angel Robles Tejada/ALB.Entre outros, em agosto de 2011 recebeu dois Títulos Honoríficos de Portugal, da ACLA-onde ocupa a Cad. 11 de Membro Titular, Troféu Destaque 2011 da ANBA ,Comenda da ANELCA e da Academia Alquimia das Letras, e outros da CRUZADA BRASILEIRA DA ARTE E CULTURA-Participou do Salão do Livro em Paris-Coletânea bilíngue: Francês com 33 autores Mineiros.Período de 16 a 19 de março de 2012.Em 13 de março de 2012 participou do Jantar de Gala no Cercle Republicain Francais.DIA 14-3-2012 RECEBEU A MEDALHA E O DIPLOMA DE MEMBRO CORRESPONDENTE, CADEIRA 16, DA ACADEMIA DE LETRAS INTER-SUÍÇA.Recebeu também, em Paris, 15-3-2012,  a Medalha e o Diploma da ORDEM FEDERATIVA DE HONRARIAS E MÉRITOS, incluindo o Diploma da LAMÉ NOUVEAU.  Titular de 27 Academias de Ciências Letras e Artes. Membro Correspondente de 23 Academias de Ciências Letras e Artes no Brasil e Exterior.Cadeira nº 10 ACADÊMICA TITULAR DA ACADEMIA BRASILEIRA DE MEDALHÍSTICA MILITAR-ABRAMMIL, Francisco Silva Nobre, Diploma, Medalha e Quadro emoldurado GRAU COMENDADORADA ABRAMMIL/RJ. Diretora de Meio Ambiente e Turismo da ACLA-Minas Gerais.Certificado de Honra ao Mérito, da Cruzada Brasileira de Arte e Cultura, em prol da Arte e Cultura de nosso País e na Promoção da PAZ Mundial; Certificado de Honra ao Mérito do CÍRCULO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE (Signatário do Pacto Global da ONU nº 11.097), por conscientizar, conservar,educar, preservar, reciclar, reutilizar e respeitar nossos recursos naturais e nossas culturas tradicionais com responsabilidade socioambiental, para um mundo melhor e sustentável. Ocupa a Cadeira Patronímica nº 48 na ANLPPB.Vice-Presidente da ALB-Região METROPOLITANA de BH/Minas Gerais, Membro Titular ocupante da Cadeira nº 40. Membro Efetivo, Cadeira 02-ALB-MG:Diretora de Relações Institucionais da ALB-Nacional.
-
Parte IV: ACROSTICISTA
AUTOBIOGRAFIA nº 2686
Sílvia de Lourdes Araújo Motta- Acróstico nº 2686
-
S-Sou de 6 de jan. de cinquenta e um!
I-Iluminado religioso Dia de Reis!
L-Limites já não ponho à alegria!
V-Vivo a brindar dia sete e o dia seis!
I-Invento, canto, faço música e poesia,
A-Amor perfeito! Amo ao meu jeito!
-
D-De Sílvio e Ana Araújo nasci!
E-Em Belo Vale vivi na infância:
-
L-Lugar aconchegante, mineiro,
O-Onde convivi com oito irmãos!
U-Um espaço do turismo brasileiro!
R-Residi em Congonhas de Campo,
D-Depois cumpri a vocação: Professora
E-Em belovalense Colégio Pe.Virgílio!
S-Sonhos realizo! Feliz, sou escritora!
-
A-A Capital dá-me ÓTIMAS oportunidades!
R-Resido em Beagá há mais de 40 anos! Sou casada!
A-Aqui fiz cursos nas Faculdades FAFI-BH,
Ú-UFMG e na FAMIG. Culturalmente, feliz;
J-Já pertenço às Academias de Ciências,Artes e Letras,
O-Ou luso-ítalo-chilena-espanhola-norte-americana-suíça,
mineiras-brasileiras.Sou Grão-Colar, Chanceler/Comendadora.
-
A-Atendo ao currículo Educacional-Pedagogista-sociocultural,
R-Respondo ao Guiness Book: “Rainha dos Acrósticos”
A-Assim, sou Embaixadora Universal da
Paz/BR/Orange-France/Genéve-Suisse/Chile,
Ú-Um prêmio “THE BEST” da IWA /USA aos meus 1800
poemas/2006.
J-Já sou Cônsula dos POETAS Del MUNDO para BH(115 países)
O-O Clube Brasileiro da Língua Portuguesa, criei em 17-
fev-2000/ANICAL.Presidente-Fundadora da ALB-MG/2011.
-
M-Meus:Aristides(22),Deusdedit(24)Dr.Ronaldo(33):
O-Os amores-perfeitos com lindos laços maternos!
T-Trago no peito irmãos, cunhados, parentes e amigos.
T-Tenho plena consciência dos meus sonhos e atos!
A-Agradeço a Deus pela vida! A todos,beijos- abraços!
-
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, dezembro de 2013
Comemoro duas datas:(dia 6 /Jan:nasc.)e (dia7 (Registro)
Dia Nacional e Internacional do Acrosticista:seis de janeiro,
criado para brindar meu nascimento real:Rainha dos Acrósticos.-//-
-//-

MINAS GERAIS CONTEMPORÂNEA
TEM CAPITAL COM 116 ANOS
-
Homenagem poética nº 5434
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
Em Belo Vale nasci e em Belo Horizonte vim morar!
Serras, vales, montanhas, da janela vejo ao amanhecer.
Trabalhador por aqui, tem motivo de sobra para sorrir:
em todo fim de semana, encontra amigos, ao anoitecer!
Deixa tristeza partir. Gosta de ir ao bar, dançar e cantar.

O mineiro é bem festeiro. Sabe agradar seus visitantes.
Estado da Região Sudeste do Brasil tem 586.528 km²
de extensão territorial, com 20  milhões de habitantes!
Muito ouro no Tempo Colonial. Atende 853 Municípios.
Hoje, cuida da semente da união, amizade, fé, liberdade.

Capital inaugurada no dia doze de dezembro de 1897.
Sou Mineira e tenho amor às várias cidades turísticas:
Ouro Preto, Diamantina, Congonhas, São João Del Rei...
Na Bandeira de Minas Gerais tem o Brasão das Armas!
Seu lema inspira esperança: [Libertas Quae Sera Tamen.]
-
Quanta lição traçada pela Conjuração de Minas Gerais!
Inesquecível Revolução de 30! Campanhas políticas
organizadas fizeram mudanças na Constituição do Brasil.
Quem conhece minhas terras não as esquece jamais:
tem excelente clima ano inteiro e lindo céu de anil.
-

SILVIA ARAÚJO MOTTA-17/Dezembro de 2013
(*)Profa. Dra. em Filosofia, Profa. de Língua e Literatura Portuguesa e Inglesa. Pedagogista aposentada. Comendadora, Chanceler, Gran-Colar, Poeta, Sonetista, Contista, Trovadora, Compositora, Conferencista, Produtora/Ativista Literária e Cultural. Diretora no Círculo Nacional do Meio-Ambiente e Turismo/ACLA-MG; Rainha dos Acrósticos autora de mais de 7mil poemas-acrósticos,  em 4 idiomas, nos seus 44  livros-solo. Presidente-Fundadora da ALB-MG,/2010/2011;Vice-Presidente da ALB-RMBH/MG, Diretora das Relações Institucionais da ALB Nacional; Presidente-Fundadora do Clube Brasileiro da Língua Portuguesa desde 2000; Membro Correspondente da ALB-Suíça Cadeira 16.Pertence a 27 Academias de Letras, Ciências e Artes no Brasil e exterior. Palestrante em 22 Estados Brasileiros. Antologista em português/ francês/inglês. Assessora da Presidência da Associação Internacional de Poetas Del Mundo. Embaixadora da Cultura e da Paz/França e Suíça. Membro Honorário e Benemérito das entidades culturais Brasil/Chile/França/Portugal.Várias Premiações nacionais e internacionais. 600 Medalhas e Condecorações! Participação coletiva em 124 Antologias Coletivas. Email:clubedalinguaport@gmail.com