sábado, 25 de fevereiro de 2017

ACADÊMICOS DO TUCURUVI 2017 Samba campeão


-

Notícias :

A Acadêmicos do Tucuruvi, da Zona Norte de São Paulo, levará para o desfile das escolas de samba do carnaval 2017 homenagem aos artistas de rua. Serão quase três mil integrantes durante o desfile na avenida. Entre os homenageados estão os malabarista de semáforo e os cantores de calçada.
“Esse ano, a Acadêmicos do Tucuruvi vai fazer homenagem à arte de rua em todas as suas vertentes. Essa nova expressão que vem contagiando o mundo inteiro”, disse o carnavalesco da escola, Wagner Santos. Com 40 anos de história, a Acadêmicos do Tucuruvi tem esperança de ganhar o primeiro título no carnaval de 2017.

Fonte:
 http://g1.globo.com/sao-paulo/carnaval/2017/noticia/desfiles-das-escolas-de-samba-de-sp-comecam-nesta-sexta-veja-enredos.ghtml



-
  • Samba-enredo: 'Eu sou a arte: meu palco é a rua'
  • Presidente: Hussein Abdo El Selam, o 'seo' Jamil
  • Carnavalesco: Wagner Santos
  • Diretor de bateria: Mestre Guma Sena
  • Intérprete: Alex Soares
  • Mestre-sala e porta-bandeiras: Kawan e Waleska
  • Rainha de bateria: Daniela Albuquerque
  • Número de componentes: 3.000
  • FIQUE DE OLHO: A escola terá o casal mais jovem de porta-bandeira e mestre-sala dentre as escolas. Waleska Gomes tem 24 anos e Kawan Alcides, 20. Eles dançam desde a infância.

Tucuruvi 2017 - Samba Oficial-MEU PALCO È A RUA-SÃO PAULO




-

Publicado em 17 de ago de 2016
Após a escolha do seu samba enredo para o carnaval 2017, o Acadêmicos do Tucuruvi realizou uma gravação da obra na voz do seu intérprete oficial Alex Soares. Confiram abaixo o samba dos compositores Carlos Jr, Fabiano Sorriso, Marcio André, Marcos Vinicius, Wellington da Padaria, Beto Rocha e Biel.

A Tucuruvi levará o enredo "Eu sou a arte: Meu palco é a rua" para o Anhembi no carnaval 2017
-




Samba-Enredo-Tucuruvi-2017


Publicado em 31 de jul de 2016

Compositores: Carlos Junior, Fabiano Sorriso, Márcio André, Marcos Vinicius, Wellington da Padaria, Beto Rocha e Biel

Intérprete: Carlos Junior 

Modéstia à parte sou exemplo de união
Faço da arte minha própria tradução
Eu vou me emocionar, ao ver você aplaudir
É "nóis", Tucuruvi!

Eu vou revelar
A minha história de inspiração
O homem desenhou na pedra
Sua forma de expressão
O tempo traz no vento a poesia
No Olimpo a chama acendeu
Peças teatrais, cenas visuais
Uma sociedade alternativa
Desabafa em calçadas marginais

Desafiei reinos e leis
Pro desespero do burguês
O saltimbanco a debochar
Fez o nobre enlouquecer!
Todo povo gargalhar!

Nas esquinas me transformei
Cantei e dancei pelo mundo
Sou uma voz a gritar, Hip Hop no ar
Herança dos guetos
Aqui em Sampa, a “caminhada” continua
Nas quebradas, pelas ruas
Traços coloridos, mentes geniais
Sou luz que ilumina a cidade
Estrela da comunidade

Presença imortal, no palco do meu carnaval!