quarta-feira, 13 de maio de 2015

Beethoven - Silencio-VER ACRÓSTICOS DE SILVIA ARAÚJO MOTTA-SÉRIE: TEMA SILÊNCIO- Nº 5614 (11) até 5886 (22)



-//-


Sumário:

-
SILÊNCIO NO MAR SALGADO
Acróstico Nº 11 da Série: SILÊNCIO
-
SILÊNCIO! ELE ESTÁ DORMINDO.
Acróstico 5615-Nº 12 da Série: SILÊNCIO
-

SILENCIOSAMENTE ESTÃO VOLTANDO AS FLORES
Acróstico nº  5616-Nº 13 da Série SILÊNCIO
-
GRITOS DE DOR SILENCIOSO
Acróstico nº 5617-Nº 14 da série: SILÊNCIO
-
PÉTALAS NOS PASSEIOS PÚBLICOS
Acróstico nº 5618-N.º 15 da série: SILÊNCIO
-
MEUS SONHOS DESEMBARCARAM NO INFINITIVO
Acróstico nº 5619- Nº 16 da série : SILÊNCIO
-

RETORNO AO SILÊNCIO VITAL
Acróstico nº 5620-Nº 17 da série: SILÊNCIO
-
LENDA SILENCIADA
Acróstico nº 5621-Nº 18 da série SILÊNCIO
-
SILÊNCIO FAZ O DISCURSO
Acróstico nº 5883 -Nº 19 da Série SILÊNCIO.
-
SILÊNCIO E A NATUREZA-
Acróstico nº 5884-Nº 20 da Série: SILÊNCIO
-
PAZ É FRUTO DO SILÊNCIO
Acróstico nº 5885-Nº 21 da Série SILÊNCIO
-
SILÊNCIO É PRUDÊNCIA
Acróstico nº 5886-Nº 22 da Série SILÊNCIO

--------------------*--------------------


5614-SILÊNCIO NO MAR SALGADO
-
Acróstico Nº 11 da Série: SILÊNCIO
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG
-
S-Sabemos que certos dias chegam
I-Inusitados de dor e tristeza que
L-Levam para longe as alegrias...
Ê-E, sem motivos aparentes
N-Nossa vida fica SEM SAL...
C-Com tanto sal dentro do mar
I-Indicando a brisa da felicidade,
O-Oxigênio para o amor alcançar...
 -
N-Na certeza da dor da humanidade
O-O mar traz tsunames e calmaria,
 -
M-Mostra os altos e baixos da vida,
A-Apontada para Sírius, nos sextantes!
R-Razões para salvar os navegantes,
 -
S-Sírius dispensa GPS computadorizado
A-A doação de sua LUZ dividida
L-Liga o céu à terra, no leme encerra
G-Garantia de SUPERAÇÃO merecida!
A-Água salgada, faz limpeza da alma,
D-Dor acalma, deságua no coração
O-O valor da difícil Missão cumprida!
-
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4964806

-//-

5615-SILÊNCIO! ELE ESTÁ DORMINDO.
-
Acróstico 5615-Nº 12 da Série: SILÊNCIO
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG
-
S-Silêncio! Placa na porta do quarto do HOSPITAL
I-Indica a necessidade de evitar o mínimo barulho!
L-Leve, deve ser o caminhar ao ver quem passa mal!
Ê-Está dormindo, o paciente que está em fase terminal.
N-Na Família unida, silenciosa, nada mais tem a dizer...
C-Constantemente, trocam beijos, abraços e lágrimas!
I-Irmão seresteiro aguarda seu final. Lembrança carinhosa!
O-O relógio indica a preparação para a triste despedida!
 -
E-É fácil preparar o doente para a certeza da MORTE,
L-Levando reflexões na beleza de Ensinamentos Bíblicos!
E-É difícil na Família, enfrentar na perda, o corte que encena!
 -
E-É a saudade que quer antecipar chegada de ações básicas...
S-Ser forte e equilibrado reflete na Missão terrena cumprida.
T-Tratar com naturalidade qualquer PERDA pessoal ou coletiva,
Á-Assombra qualquer SER HUMANO comum,com DEVIDA VÊNIA!
 -
D-Dizer para todos, que é a VONTADE DO PAI que está no céu
O-Ou rezar a ORAÇÃO DO PAI NOSSO do AMOR e PERDÃO
R-Requer conhecimento, coragem, sem lamento dos Aisssss!
M-Medo, renúncia, desilusão, conformação, dor, separação
I-Intimida qualquer pessoa, naturalmente...sem exceção!
N-Navegar é preciso com precioso GPS.Viver é indeciso!
D-Deixar o NAVIO, seguir sem sextante, é ação desumana.
O-O PRANTO salgado do sangue, comprova o SAL do AMAR!
-
Belo Horizonte, quarta-feira, 17 de setembro de 2014.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4965176

-//-


5616-SILENCIOSAMENTE ESTÃO VOLTANDO AS FLORES
-
Acróstico nº  5616-Nº 13 da Série SILÊNCIO
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
S-SÍRIUS  agora, descobriu-se entre Constelações;
I-Imortalizou seu AMOR pessoal, agora impessoal!
L-Ligar o computador? É pouco! Escrever, o quê?
E-ENTRECORTADA da SAUDADE, que traduz ideal!
N-Nas veias, o sangue puro, não demonstra reação!
C-Coração? Está batendo em imensurável calmaria!
I-Inacreditável é a dor da separação por perder
O-Os SONHOS do poder inconsequente do dia...
S-Sonhar é viver sobre as nuvens, sem ver chover
A-A mais perfeita forma de usar o prazer irracional!
M-Mais que perfeita é a sintonia do querer ter e ser!
E-É de fato difícil, aceitar a realidade do impossível!
N-Na verdade, já não pode mais olhar nenhuma árvore:
T-Tantas pétalas que vão caindo...são pisadas ao chão!
E-E, de que adianta ver que algumas flores estão voltando?
 -
E-É no SILÊNCIO da flor PISOTEADA, que a faz retroceder;
S-Serenamente, as cortinas das janelas estão fechadas!
T-Ter a lua lá fora? Para que se não pode ver nela a luz,
Ã-A queimar seu coração, repleto do desprazer de viver?
O-Olhos fechados! Lâmpadas apagadas! Velas sem chamas!
 -
V-Vê que as noites estreladas tornaram-se mais longas...
O-O tempo, a hora, o minuto e segundos demoram passar!
L-Levanta-se cedíssimo! Vai deitar tardíssimo! Por quê?
T-Transpira sem inspiração; sem SOL e Lua, sem estrelas!
A-A Primavera deveria trazer-lhe linda flor do amor sem dor!
N-Na Estação do AMOR, suas lágrimas, tomaram decisão
D-Definitiva. Não quer mais o perfumes de rosas, em jarras,
O-Ofertas de ramos floridos; nem vai visitar tantos jardins!
 -
A-As praças, os montes, os vales mostram flores naturais,
S-Sempre coloridas, obrigando os homens olharem para o céu!
 -
F-Flores em setembro, estão por toda a parte, menos dentro dela!
L-Limitações estão cansadas de dar marteladas nas invocações!
O-O que foi quase possível, perdeu toda possibilidade...sem ela!
R-Resta-lhe ir morar nas ESTRELAS porque é lá que sua alma
E-Está sonhando cada vez mais. Tudo é lindo, entre constelações!
S-Sírius já não quer morar na Terra, porque descobriu-se Estrela!
-
Belo Horizonte, quinta-feira, 18 de setembro de 2014.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4966663

-//-


5617-GRITOS DE DOR SILENCIOSO
-
Acróstico nº 5617-Nº 14 da série: SILÊNCIO
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
G-Guardarei meu segredo
R-Reservado pelo pranto,
I-Incontido que mede o medo!
T-Tantos mistérios inexplicáveis;
O-O universo observa, apenas,
S-Sinais das cenas desejáveis!
 -
D-Desde o porvir indeciso,
E-Entrelaçado à angústia do ir,
 -
D-Do vir, das idas e voltas...
O-O tempo é que vai transmitir
R-Redução da dor do amor...
 -
E-É prudente fechar os lábios,
M-Mas é evidente o AMAR!
 -
S-São gritos insuportáveis,
I-Insistentes que se calam...
L-Língua inerte, enrola-se toda
Ê-Entre os sons e tons que guardam
N-Novos soluços, sem planos e rumos.
C-Com domínio sobre o consciente
I-Importante é ser inteligente
O-Organizando-se no decorrer dos anos!
-
Belo Horizonte, Minas Gerais, 18-09-2014.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4966689
-//-


5618-PÉTALAS NOS PASSEIOS PÚBLICOS
-
Acróstico nº 5618-N.º 15 da série: SILÊNCIO
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
P-Posso ver no mês de setembro
É-Espetáculo da Natureza...
T-Tantas voltas o mundo dá,
A-Até que o universo da incerteza,
L-Luz nascente vai ao poente
A-Abraçar a linha do horizonte,
S-Saudosa, que lhe receberá com prazer!
 -
N-Nos passeios públicos coloridos
O-Olho com cuidado para o chão!
S-As FLORES possuíram bons tempos !
 -
P-Passantes depois, com elas não se incomodam!
A-Antes, aplaudidas, as pétalas que perfumavam
S-Somente...atualmente, são pisadas e choram...
S-Seria apropriada a desilusão? Decepção existe!
E-Esperança e fé estão de férias determinadas!
I-Inusitados passos levemente, serão marcados:
O-Orgulho do AMOR FERIDO, sem perfume, reclama:
S-Sem vida, sem sal,  sem cor, clama sem chama.
-
P-Pétalas das flores de variadas e velhas árvores
Ú-Unem-se à guerra na terra e se tornam pó...
B-Bendizem é claro, da alegria que cada uma passou...
L-Lembranças do tempo bom e tão apreciado...
I-Indiscutível SILÊNCIO deixa registrado na semente
C-Certa do florir e reflorir que o vento forte leva à morte!
O-O tronco engrossou! Galhos secaram! Da perda
S-Somente restou o tronco cortado e a raiz queimada!
-
Belo Horizonte,quinta-feira 18 de setembro de 2014.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4966707
-//-
5619-MEUS SONHOS DESEMBARCARAM NO INFINITIVO
-
Acróstico nº 5619- Nº 16 da série : SILÊNCIO
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
M-Mal sabe quem me rodeia...
E-Estou com frio na ESTAÇÃO!
U-Um olhar longínquo vagueia
S-Sobre montanhas de emoção.
 -
S-SILÊNCIO ao fim da viagem!
O-O movimento acabou. E eu?
N-Não sei para onde ir! Mensagem sem
H-Hífen na cama horizontal que liga
O-O enclítico-mesoclítico dependente
S-Sem traço de união, mas de separação!
 -
D-Determinado, o fim da linha chegou
E-E o bilhete da viagem, comigo ficou!
S-Sem motivo cantante ou hilariante
E-Esta peça teatral não me faz rir mais,
M-Mas a Câmara Hiperbárica é superior:
B-Bate em mim vontade de colocar
A-A ordem natural na fila que anda...
R-Reconheço que ocupo o último lugar!
C-Com a transposição da pressão do ar,
A-Aquele destinatário do sentimento
R-Recebe uma SÍLABA de resposta imensa...
A-A lágrima da expressividade do Lácio,
M-Maior hipérbato traz em sua LUZ intensa.
 -
N-No exagero do enunciado do lamento
O-Os dois pontos só possuem um FOCO,
-
I-Interligado pelo SEXTO SENTIDO humano;
N-No ventrículo lateral do cérebro amado
F-Funciona o mecanismo da feliz memória
I-Inexistente na Constelação da história,
N-Na vontade de dissimular a manifestação.
I-Intenção do amor latente, não faltará jamais,
T-Traduzindo enigmas decifrados nas entrelinhas!
I-Importante é comandar núcleos do hipotálamo,
V-Vencendo a hipotensão, sem ter hipotenusa!
O-Os sonhos desembarcaram no infinitivo do viver!
-
Belo Horizonte, Minas Gerais,19 de setembro de 2014.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4967547
-//-


5620-RETORNO AO SILÊNCIO VITAL
-
Acróstico nº 5620-Nº 17 da série: SILÊNCIO
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
R-Rever tantos conceitos dos planos perfeitos,
E-ENTRECORTADOS de segredos profundos...
T-Termos legais, enlaces, pulsações nos peitos
O-Olhados em computadores do mundo virtual;
R-Riscos foram traçados e separados nas mensagens!
N-Não havia mais prosopopeia e verve para escrever!
O-O ESPELHO viu a emoção fracionada em segundos!
 -
A-As LETRAS fugiram dos dedos da mão e da mente!
O-O SILÊNCIO apresentou a mala totalmente arrumada!
 -
S-SALTOS de ALEGRIA, na calçada aprendiz de felicidade!
I-Infeliz foi aquela pétala ex-querida, toda pisoteada!
L-Linda FLOR perfumada, pisada, desnorteada, sofrida
E-Encolhe-se no passeio público da existência vivida,
N-Na esperança de evitar outras pisadas de estranhos!
C-Compasso que mede a distância do metro quadrante:
I-Impossível é ver um FUTURO brilhante, atualmente!
O-Ornado de outros [LÁCIOS], sem laços e abraços.
 -
V-Viver sem amar é nadar sem roupa apropriada,
I-Inadequada para o ambiente da razão inteligível.
T-Transgressões de costumes pedem passagem...
A-Acenam DATA VÊNIA! CENA TRANSFIGURADA!
L-Ligeiramente o cenário traz artífices da imagem!
-
Belo Horizonte, sexta-feira,19 de setembro de 2014.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4967638
-//-

5621-LENDA SILENCIADA
-
Acróstico nº 5621-Nº 18 da série SILÊNCIO
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
L-Lenda é um HOMEM sensível,
E-Elegante, carinhoso, educado...
N-Nada se compara à simplicidade
D-Do que se diz, do que se faz e fala!
A-A beleza da realidade é a VERDADE!
 -
S-Sentir-se BEM torna a vida CARA!
I-Inteligência já está ficando bem rara!
L-LENDA é uma MULHER DISPONÍVEL:
E-Essa que AMA sem pedir para NADA...
N-Nada de ciúme e até nada material!
C-Como é fácil entender os HOMENS!
I-Inaceitável é ser uma mulher-biscate,
A-Aquelas faladas pelo sexo masculino!
D-DECIFRAR é fácil; difícil é concluir:
A-A MULHER sabe surpreender com arte.
-
Belo Horizonte, 19 de setembro de 2014.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/4967699
-//-

5883- SILÊNCIO FAZ O DISCURSO
-
Acróstico nº 5883 -Nº 19 da Série SILÊNCIO.
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
S-Silêncio traz a voz interior,
I-Incrível que retorna com
L-Lembranças já adormecidas...
E-Eu posso afirmar que as vozes
N-Não estiveram esquecidas...(?!!!...)
C-Com certeza, guardam o real VALOR,
I-Inesquecível do que nunca passou.
O-O presente grita sem precisar tambor!
 -
F-Falar VERDADE é preciso, sem rancor!
A-Acordei-me das marés e ondas perdidas
Z-Zelosas, que quiseram afundar navios.
 -
O-Os sonhos visitaram o fundo do mar...
 -
D-Do profundo oceano com seres vivos,
I-Indizível lição trouxe reação, sem proporção:
S-Sensível lágrima falou pelo coração e rolou...
C-Criou-se a nuvem cinzenta carregada no peito;
U-Um tempestade em copo d´água, interditou
R-Realizações profícuas, nas bruscas temperaturas:
S-Semáforos vermelhos...nas metas futuras...Que pena!
O-O tempo registrou perdão à DOR que o mar levou.
-
Belo Horizonte, terça-feira, 13 de maio de 2015.
-//-

5884-SILÊNCIO E A NATUREZA-
-
Acróstico nº 5884-Nº 20 da Série: SILÊNCIO
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
S-Silenciosamente, contempla-se
I-Identificação da essência divina,
L-Ligada à existência humana.
E-É fácil ver-se à frente do espelho
N-Na real ironia da Lei do Retorno,
C-Com certeza, do que se recebe troco,
I-Igualdade existe entre as diferenças...
O-O PERDÃO está acima das CRENÇAS.
 -
E-É fácil observar o reflexo solar a entrar;
 -
N-Nas frestas das janelas podem anunciar
A-Amanheceres apesar das dificuldades imensas;
T-Torna-se lição a verdura da folha a balançar;
U-Um fio de grama, um ponto de areia do mar
R-Refletindo produtos que se dividiram e se doam
E-Em partes que vão formar uma COLETIVIDADE
Z-Zapeando, incansavelmente o fruto global
A-Adocicado ou agridoce da verdade na realidade.
-
Belo Horizonte, Minas Gerais, 13 de maio de 2015.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5240015
-//-


5885-PAZ É FRUTO DO SILÊNCIO
-
Acróstico nº 5885-Nº 21 da Série SILÊNCIO
Por Silvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
P-Para conseguir fazer o outro calar
A-A resistente árvore do silêncio pende
Z-Zelo para a PAZ interior encontrar.
 -
É-É preciso saber CALAR-SE primeiro,
 -
F-Face ao ensinamento de Sêneca,
R-Realça a prática de conhecimento,
U-Uma espécie de puro pensamento;
T-Trabalho árduo é o mental-essencial:
O-Organizador da VIRTUDE do SEGREDO ;
 -
D-Do silêncio, pode surgir a harmonia
O-Ou evitar o vocabulário da DOR.
 -
S-Silêncio que vem repleto de SABEDORIA,
I-Incondicional fica perante qualquer cólera!
L-Lindas palavras podem valer prata
Ê-E o silêncio vale ouro, para chineses.
N-Na opção consciente, o silêncio é liberdade,
C-Como instrumento de simples libertação.
I-Indiferença requer experiência e habilidade
O-O silêncio, às vezes é a melhor decisão.
-
Belo Horizonte, Minas Gerais, 13 de maio de 2015.
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5240019
-//-


5886-SILÊNCIO É PRUDÊNCIA
-
Acróstico nº 5886-Nº 22 da Série SILÊNCIO
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
S-Silêncio é o Santuário da Prudência!
I-Impressiona-me a Voz do Silêncio;
L-Louvo o valor do momento de reflexão,
E-Extravagância que exige paciência.
N-Na pauta musical, o ponto, a pausa,
C-Contrapontos pedem técnica e arte
I-Indispensáveis ao ritmo e à melodia;
O-O Maestro sabe a hora exata de parar
 -
É-E o Coral, de Vozes afinadíssimas,
 -
P-Precisa perceber o sinal que busca no ar;
R-Respirar no ínfimo trecho da composição;
U-Um discurso é tão fácil de escrever e ler...
D-Difícil é a interpretação entre os aplausos,
Ê-E penetrar na entrelinha da alma de outrem,
N-No olhar que contém claro aborrecimento,
C-Corrente sanguínea de tantas suposições,
I-Impossíveis de traduzir latentes emoções:
A-A semelhança seria mera coincidência???
-
Belo Horizonte, Minas Gerais, 13 de maio de 2015.
-
Cantiga de ontem, de hoje e de sempre:
em Portugal, em Fátima e no mundo cristão:
-
A treze de maio, na Cova da Iria,
visitam Maria, a Mãe de Jesus...
Avê, avê, Ave Maria,
Avê, avê, Ave Maria.
-
http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/5240028