quarta-feira, 13 de maio de 2015

"O SILÊNCIO" (Carlos Gardel) Cantor e pianista Silvio Brito. ver acrósticos Nº 5887 (23) e Nº 5889 (24) Série: SILÊNCIO- Por Silvia Araújo Motta-


-

O SILÊNCIO (Tango de Carlos Gardel)

Silvio Brito

Silêncio na noite
Está tudo calmo
A cidade dorme
Ambição descansa
Embalando o berço
É uma mãe que canta
Um canto querido que chega até a alma
Porque neste berço está a sua esperança

Eram cinco filhos e ela era uma santa
Eram cinco beijos que toda manhã
Ela recebia no seu rosto amigo
Essa mãe querida de cabelos brancos
Eram cinco filhos que lhe adoravam

Silêncio na noite
Está tudo calmo
A cidade dorme
Ambição descansa
Um clarim se ouve
Perigo a pátria
E aos gritos de guerra os homens se matam
Cobrindo de sangue os campos de frança

Está tudo acabado, florescem as plantas
Um hino a vida é o que todos cantam
E essa mãe querida de cabelos brancos
Fica tão sozinha
Com cinco medalhas que por cinco heróis premiou a pátria

Silêncio na noite
Está tudo calmo
A cidade dorme
Ambição descansa
Um coro de anjos e de mães que cantam
Um hino a vida e a novas esperanças
Silêncio nas noites
Silêncio nas almas

Letra enviada por Playlists Do Vagalume


Link: http://www.vagalume.com.br/silvio-brito/o-silencio.html#ixzz3a3zqhgei

-//-




5887-SUBLIME SILÊNCIO
-
Acróstico Nº 5887-Nº 23 da Série: Silêncio
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
S-Sentidos  adormecidos!
U-Um quarto escuro esconde
B-Brilho do espelho partido,
L-Levado ao conserto do parto
I-Insuportável para quem fica
M-Mercê de jogar fora os cacos
E-E acertar a moldura que indica
 -
S-Solidão, na causa do espaço vazio,
I-Inexplicável, sem ter a esperança
L-Libertadora de sentimentos...
Ê-Enxuga o pranto, ainda quente...
N-Não se cansa de se despir da
C-Camuflagem de fortaleza aparente...
I-Inaceitável inveja  tudo desfaz, mas
O-O silêncio é capaz de perdoar quem mente.
-
Belo Horizonte, MG, 14 de maio de 2015.
----------------------*---------------------


5888-CASA SILENCIOSA NA VELHICE
-           
Acróstico Nº 5888-Nº 24 da Série: Silêncio
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
C-Com família tão grande
A-A infância e a adolescência
S-Salientavam  paz e união!
A-Alegria de tantas festanças
 -
S-Sinalizavam o aniversariante!
I-Impossível esquecer dos sons:
L-Lindas vozes a cantar! Orações
E-Estão lembrados até dos 50 anos:
N-Nas Bodas de Ouro faltaram
C-Cantores e aquelas canções
I-Inventadas para as ocasiões!
O-O relógio agora, quer que a viúva vá
S-Sozinha para a cama tão fria!
A-A vida continua na casa silenciosa!
------------C´est La vie!------------


Belo Horizonte, MG, 14 de maio de 2015.