sábado, 13 de junho de 2015

FLOR DO AMOR PLATÔNICO - SAM 007-Poema com versos livres Nº 5933 Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil

-

5933-FLOR DO AMOR PLATÔNICO
-
SAM 007-Poema com versos livres Nº 5933
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil
-
Um novo horizonte já mostra:
-Mostra-me uma noite escura;
escura por causa dos sofrimentos...
Sofrimentos por tantos lamentos;
lamentos que espantam a luz;
luz do LUAR entre montanhas;
montanhas de Belo Horizonte;
Belo Horizonte, uma capital;
capital que me dá a opção:
-Opção do que posso FAZER;
fazer para então, ESCOLHER;
escolher ver o amanhecer...
Amanhecer, que vem com LUZ;
luz do SOL para clarear;
clarear TUDO o que SINTO:
-Sinto, triste no universo vazio;
vazio, sem uma ESTRELA,
estrela, que deveria  brilhar;
brilhar na trilha dos SONHOS;
sonhos do RECOMEÇAR;
recomeçar a espalhar,
espalhar muitas sementes
sementes em meu JARDIM;
jardim que pode florir,
florir e também perfumar;
perfumar o meu VIVER;
viver que está colorido,
colorido bem rosáceo;
rosáceo, mas que tem a enorme...
Enorme flor MARGARIDA;
margarida, símbolo da VIDA;
VIDA e PAZ, com miolo dourado;
dourado pela RIQUEZA;
riqueza de suas pétalas,
pétalas da longa VIDA,
vida plena de ENERGIA;
energia e apesar da folha,
folha seca que se exibe,
exibe grande só para lembrar
lembrar que o que foi passado;
passado em um galho seco,
seco, velho, mas que fez brotar
uma linda e vermelha FLOR:
-FLOR do AMOR PLATÔNICO.
-
Belo Horizonte, MG, 13 de junho de 2015

-
{Não posso escolher, como me sinto,
mas posso escolher o que fazer a respeito.
William  Shakespeare.}
-
http://academiadeletrasdobrasildeminasgerais.blogspot.com.br/2015/06/flor-do-amor-platonico-sam-007-poema.html
-
http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdedicatorias/5276390