terça-feira, 12 de julho de 2016

Tema-OTIMISMO-Por Sílvia Araújo Motta ALJGR/PMMG-BH-MG-Brasil TROVAS de Nº 2.140 a 2.149






Tema-OTIMISMO-Por Sílvia Araújo Motta ALJGR/PMMG-BH-MG-Brasil
TROVAS de Nº 2.140 a 2.149
-
TROVA nº 2.140
Lagares fala a Verdade:
-Klinger faz-nos refletir...
Se OTIMISMO nos invade,                    
Fé e Amor podem luzir.
Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil.
-                
TROVA nº 2.141
Ao contrário do OTIMISMO
que ilumina e nos conduz;
não aceito o pessimismo:
-Nas trevas, impede a luz.
Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil.
-
TROVA nº 2.142
No espectro Superior
reina a Fé de um OTIMISTA;
a estrela-guia do AMOR
desconhece o pessimista.
Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil.
-
TROVA nº 2.143
Todo OTIMISTA coopera
para a maior consciência;
cultiva a FÉ, em calma espera
e não perde a paciência.
Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil.
-
TROVA nº 2.144
“OTIMISTA é Fé em ação”
canal à Luz infinita;
tem cósmica interação
busca energia bendita.
Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil.
-
TROVA nº 2.145
Ambiência harmoniosa
é uma dádiva divina;
é o viver de forma honrosa
que o OTIMISTA nos ensina.
Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil.
-
TROVA nº 2.146
OTIMISTA é um Ser real;
externa as potências da alma:
-Processo atitudinal
dá vazão à Fé que acalma.
Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil.
-
TROVA nº 2.147
Todo pessimista diz:
-Viver é um fardo pesado,
mas o OTIMISTA bendiz:
-Eu tenho DEUS imanado.
Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil.
-
TROVA nº 2.148
Na tendência evolutiva
OTIMISTA não reclama:
-Sofre, mas de forma altiva,
nesta travessia humana.
Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil.
-
TROVA nº 2.149
Gosto de ser OTIMISTA:
-Faço o máximo possível...
Quem coloca AMOR na pista,
chega a fazer o impossível.
Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil.
-
http://www.recantodasletras.com.br/trovas/5697291
-

SONETO À VERDADE- (XIX da Série) OTIMISMO E PESSIMISMO
-
Noneto-Poético-Teatral Nº 46-Soneto-nº 6.127
Intervenção-interpretativa da Reflexão de
Klinger Sobreira de Almeida/ALJGR/PMMG.
Por Sílvia Araújo Motta/BH/MG/Brasil (*)
-
MODUS VIVENDI mostra a ação que prega
que o otimismo fica na memória;
consciência de alto nível vem sossega,
com interação, a paz espera a glória.
-
Sempre altruísta, Keller surda e cega
leva o leitor a crer no Bem da história!
Quem sabe amar, a estrela-guia pega.
Sem harmonia, o mal semeia inglória.
-
O pessimista não entende estrelas,
sem atitude, sem sonhar, não ama!
Cultua trevas, males vão retê-las.
-
Sabedoria é rota que conduz;
usa potências da alma, não reclama:
_Ser Otimista tem canal de Luz.
-
Belo Horizonte,  julho de 2016.
-
(*)Soneto-Clássico-sáfico- heroico; com sílabas fortes//
na 4ª, 6ª, 8ª; 10ª sílabas - Rimas: ABAB, ABAB,CDC, EDE;
Noneto com 9 solos: jogral-teatral-toante-cantante-poético:
CORO:Rimas: AACEE-somente uma voz com apenas 5 instrumentos musicais apenas.
SOLOS: Rimas: BAB-BAB-DC-D-9 vozes acompanhadas por solos de instrumentos musicais.
(Noneto musical criado por Villa Lobos)
(Noneto poético recriado por Silvia Araújo Motta)
Mensagem conclusiva no 14º Verso( Último do segundo terceto).
-
http://www.recantodasletras.com.br/sonetos/5610284
-

Reflexão:
Prezados Confrades e Confreiras,
A garimpagem continua. No confronto Otimismo x Pessimismo – conceitos antitéticos – buscamos rastrear os ângulos da verdade. Esta é a abordagem do tema XIX que submeto à apreciação dos obreiros de nosso areópago.
Saudações Acadêmicas
Ver anexo.
 -------------------------------------*------------------------------------

Rastreando a Verdade(XIX)
OTIMISMO→ Luz ↔ PESSIMISMO→ Trevas
Atitude é a maneira de relacionar-se consigo mesmo, com o mundo e a vida. É o modus vivendi em sentido amplo: postura mental, palavras ou ações. No processo atitudinal, usando as potências da alma, o ser dá vazão às suas qualidades de caráter ou aos seus defeitos, externa conhecimentos e habilidades, e deixa à mostra o nível consciencial. Visualizada abstratamente no contexto individual, posiciona-se nas duas extremidades de um espectro: na inferior, Pessimismo; na superior, Otimismo. Nas extremidades, certamente poucos. A maioria se ondula na tendência evolutiva.
Pelo ângulo dos dois polos, algumas posturas exemplificativas:
Do PESSIMISTA: viver é um fardo pesado, vale de lágrimas; todos lhe querem mal; trabalho, um castigo – melhor, o plácido repouso; uns privilegiados nascem ricos, outros infelizes, pobres; tudo é defeituoso, não adianta querer consertar; arriscar, só para os tolos, vai-se ao certo; aproveitar o máximo possível, o próximo que se dane; paradigma – ludibriar, dissimular, fugir; natureza ingrata; esperança, mera ficção...
Do OTIMISTA: viver é uma dádiva divina, travessia que proporciona a ascensão cósmica – oportunidade de construir um mundo de paz, fraternidade e justiça social; trabalho, lei da natureza – dignifica o ser humano; talento e riqueza – concedidos pelo Criador – destinam-se ao bem comum; identifica o melhor e belo nas pessoas, situações ou coisas; cria, no entorno, em quaisquer circunstâncias, ambiência harmoniosa...
O Pessimista, indivíduo de baixo nível consciencial, tem como premissas de vida: Egoísmo, Hipocrisia, Cinismo, Covardia... O Otimista, no seu elevado nível consciencial, orienta-se pela Fé, Altruísmo, Esperança... Sua estrela-guia, o Amor.
O metafísico RW Trine, in “Em Harmonia com o Infinito”, afirma sobre esses modelos humanos antitéticos: “O otimista, com juízo e conhecimento superiores, forja o seu próprio céu e à medida que o prepara, coopera para forjar outro maior para todo o mundo. O pessimista, levado por vistas rasteiras, forja o seu próprio inferno; e à medida que o forja, coopera para forjar outro para todo o gênero humano.
Reportando-se à história universal, constata-se que os Pessimistas, quando tiveram alguma proeminência, não lideraram; em regra, representaram tragédias: Calígula, Nero, Herodes... Os Otimistas, ao contrário, alavancaram o desenvolvimento humano em todas as searas do bem: política, letras, empresa... Eis uma referência histórica que personificou o otimismo: Helen Keller, Jun1880/Jun1968.  Cega e surda aos 18 meses; aos 10 anos, falou e compreendeu o significado das coisas. Diplomou-se em universidade e espantou o mundo por seu empreendedorismo em defesa dos deficientes. Elevou-se em conhecimento e nível consciencial. Apesar da cegueira e surdez que a acompanharam até seu falecimento, foi jornalista, escritora, filósofa e conferencista; visitou 35 países, inclusive o Brasil. Em todas as comunidades, semeou otimismo e desbravou veredas. Figura humana incomum, legou pensamentos substanciosos, dos quais pinçamos duas pérolas: “O otimismo é a fé em ação. Nada se pode levar a efeito sem otimismo”; “Jamais um pessimista descobriu o segredo das estrelas, nem navegou para terras encantadas ou abriu um novo paraíso para o espírito humano”.
Enquanto a atitude de otimismo proporciona a interação cósmica, abrindo ao Otimista um canal de luz, tornando sua psicosfera radiante, o pessimismo leva seu cultor ao reino das trevas.  A energia que emana daquele é salutar a todos os ambientes. A energia que flui do Pessimista é percebida por seus miasmas deletérios.
Constitui sabedoria eleger o otimismo como rota de ascensão humana.
Klinger Sobreira de Almeida – Mil. Ref./PMMG, membro fundador, cadeira 12  /Academia de Letras João Guimarães Rosa /PMMG-Membro Correspondente da Academia Valadarense de Letras.